A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Linguística: história e teoria – 1/2011 Professora Sabine Mendes

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Linguística: história e teoria – 1/2011 Professora Sabine Mendes"— Transcrição da apresentação:

1 Linguística: história e teoria – 1/2011 Professora Sabine Mendes

2 Língua versus fala. Sincronia versus diacronia. Significante versus significado. Paradigma versus sintagma.

3 Linguística histórico-comparativa: diacrônica. Dia (através) + Chrónos (tempo) = através do Tempo. Syn (juntamente) + Chrónos (tempo) =ao mesmo tempo. O ponto de vista sincrônico vê a língua como um sistema em que um elemento se define pelos demais elementos – ao mesmo tempo e não históricamente.

4 Ponto de vista diacrônico sobre o verbo comer: do latim edere, cujo radical é ed-. Como no presente do indicativo suas formas se confundiam com o verbo esse, no latim vulgar, na Península Ibérica, passou a ser acompanhado de cum-

5 Ponto de vista sincrônico sobre o verbo comer: com- é um radical que se define em relação aos demais elementos linguísticos presentes na palavra. Presente em comilança, comilão, comida e funciona distintivamente em relação aos radicais dos demais verbos da mesma língua – beber e cair, por exemplo. Quanto mais um sistema de valores seja complexo e rigorosamente organizado, tanto mais necessário se faz, devido à sua complexidade, estudá-lo sucessivamente, segundo seus dois eixos (Saussure, 1970:96) - Possibilidade, ainda, de estudo pancrônico (Pimenta- Bueno, 2004).

6 A língua é coletiva e a fala é particular. A língua é um dado social e a fala é um dado individual. A língua é sistemática e a fala é assistemática. Saussure estudava a língua, embora considerasse as duas pois uma mudança no sistema (língua) pode advir de uma mudança na fala. - Pessoas que falam a mesma língua conseguem se comunicar mesmo havendo diferentes falas.

7 Para Saussure, signo é a relação entre uma imagem acústica (significante) e um conceito (significado).

8

9

10 O signo é arbitrário – diferentes línguas têm diferentes sistemas de classificação.

11

12 Paradéigma – modelo, exemplo. Relações associativas entre os signos. Sintagma – relações combinatórias entre os signos.

13

14 Martinet (1978)– dupla articulação da linguagem: - Unidades dotadas de sentido: morfemas. - Unidades com valor distintivo: fonemas. (lobo que vira bobo). Coseriu (sistema versus norma versus fala, 1987). Língua = sistemas+normas do lugar.

15 Elabore ou cite exemplos de frases/diálogos para cada um dos critérios abaixo, mencionados por Maingueneau: - Gramaticalidade e agramaticalidade. - Correção - Interpretabilidade. - Aceitabilidade. - Pertinência. (Grupos de até 5 pessoas – a questão vale 1,0 ponto na P1).


Carregar ppt "Linguística: história e teoria – 1/2011 Professora Sabine Mendes"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google