A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Informática Educativa. Equipe de Professores Profª Tatiana Façanha Profª Daniela Cristina Prof. Rodrigo Façanha.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Informática Educativa. Equipe de Professores Profª Tatiana Façanha Profª Daniela Cristina Prof. Rodrigo Façanha."— Transcrição da apresentação:

1 Informática Educativa

2 Equipe de Professores Profª Tatiana Façanha Profª Daniela Cristina Prof. Rodrigo Façanha

3 2ª Série - 1º Turno Anna Karenina A. de P. E. Oliveira Anna Karenina A. de P. E. Oliveira Gabriel Vicente Guigon Gabriel Vicente Guigon Guilherme Bergman de Souza Guilherme Bergman de Souza Ian Teixeira Stablein Ian Teixeira Stablein Layla Andrade Luna Torres Layla Andrade Luna Torres Marco Cabral Campelo Marco Cabral Campelo Pedro Breda P. Nogueira Pedro Breda P. Nogueira Stephanie de Moura Ramos Utrini de Lima Stephanie de Moura Ramos Utrini de Lima Vitor Britto Vilardo Vitor Britto Vilardo

4 TEMAS TRABALHADOS 100 Anos de imigração Japonesa 100 Anos de imigração Japonesa Razões da Imigração Razões da Imigração A Paisagem A Paisagem Os costumes Os costumes A criança japonesa A criança japonesa Alimentação Alimentação Arquitetura Arquitetura As bandeiras As bandeiras Nosso Objetivo: Mostrar a vida dos japoneses no Japão e aqui no Brasil. Mostrar a vida dos japoneses no Japão e aqui no Brasil. Solicitar que os alunos mostrassem sua percepção do que foi aprendido. Solicitar que os alunos mostrassem sua percepção do que foi aprendido. Todos os alunos gostaram muito da atividade proposta e soltaram sua criatividade. Todos os alunos gostaram muito da atividade proposta e soltaram sua criatividade.

5 Matéria sobre Culinária Muitas pessoas pensam que comida japonesa é somente peixe cru e que o sushi seria o “arroz e feijão” deles, presente diariamente em quase todas as refeições. Na verdade o sushi é um prato que representa a culinária japonesa, mas é consumido com menor freqüência devido ao seu custo e dificuldade de preparo. Um dos pratos que pode ser considerado o “arroz e feijão” do Japão é o kare, versão japonesa do curry indiano. Existem muitas variações do kare. O Kare rice (curry com arroz) é uma opção comum para almoço e jantar. Além do arroz pode ser servido com macarrão ou pão. O curry japonês é mais grosso e inclui geralmente vegetais como cebola, cenoura, batata e algum tipo de carne como frango, carne, porco ou frutos do mar. Pode ser acompanhado também por algum tipo de conserva. No Japão existe um tempero pronto à base de curry que você acrescenta ao caldo com a carne e os vegetais, que tempera e dá uma consistência cremosa ao prato. Esses temperos variam do mais suave ao extremamente picante. Ele pode ser encontrado em alguns supermercados ou mercearias orientais aqui no Brasil.

6 Sushi: Iguaria típica japonesa marcada pela simplicidade São Paulo é famosa por oferecer uma enorme varidade de restaurantes japoneses, alguns de renome internacional. Mas a cidade não é a única no Brasil. As opções de comida japonesa, embora um pouco menos comuns, também aumentam a cada dia em cidades como Rio de Janeiro, Curitiba, Florianópolis e outras. Pratos típicos japoneses no Japan Fest é o ano comemorativo do Centenário da Imigração Japonesa ao Brasil Para celebrar o Centenário, o “Seinenkai”, jovens nisseis de Brasília, promoveram a “Japan Fest” para divulgar a cultura, os costumes e a culinária do Japão. O festival foi realizado no dia 15 de março de 2008.

7 A JICA foi convidada a apoiar o evento Imbuído no espírito voluntário, os funcionários da JICA, integrantes da missão japonesa, Secretário da Embaixada do Japão, cozinheiro da Embaixada do Japão e associados da ABRAEX participaram com um stand, para divulgar as atividades da JICA, e um quiosque onde foi servido o “Takoyaki”, bolinho de polvo, o Karé, curry com arroz e o Kakikori, raspadinha de gelo com calda, tudo muito típico em festivais japoneses. Sendo iguaria típica não comum em Brasília, logo se formaram longas filas para apreciar a novidade. Foi preparada uma quantidade suficiente para durar até o final do festival. Porém, a procura foi tão grande que tivemos que encerrar as vendas bem antes do previsto, por falta de material. O lucro obtido no quiosque da JICA não virou cerveja para os voluntários. Foi doado para o Seinenkai no intuito de incentivar novas atividades. É sabido que em Brasília, nas festividades nikkeis, sempre é servido “Yakissoba”. Talvez, doravante, possa ser conhecido por servir “Yakisoba”, “Takoyaki” e “Kare”. Ainda tem o “Lamen”, macarrão na sopa, muito apreciado no Japão, que ainda pode demorar algum tempo para aparecer nos festivais nikkeis de Brasília. Mauro Inoue Funcionário do Escritório da JICA no Brasil JICA Brasil Newsletter #10 Março/2008 JICA Brasil Newsletter #10 Março/2008 JICA Brasil Newsletter #10 Março/2008

8 itamae-san - chef principal irrashai mase - significa: "entre, seja bem-vindo" gari - gengibre em conserva ohashi - pauzinhos shoyu - molho de soja sushi-suki? - você gosta de sushi? wasabi - condimento do tipo raiz forte Ian Teixeira Stablein & Guilherme Bergman de Souza

9 Mas a culinária japonesa, assim como outros aspectos de sua cultura, acabou sofrendo influência da cultura local. Como não poderia deixar de ser, o brasileiro também acrescentou ingredientes de sua cultura nesse prato tão exótico. Hoje, é muito comum a preparação de sushis com condimentos que não tenham sua origem no Japão. Veja alguns exemplos: uramaki - atum, robalo, salmão, folha de alga para sushi, cebolinha verde, maionese, gergelim; uramaki - atum, robalo, salmão, folha de alga para sushi, cebolinha verde, maionese, gergelim; ebi maki com queijo - camarão, queijo, arroz, gergelim e alga marinha; ebi maki com queijo - camarão, queijo, arroz, gergelim e alga marinha; sushi de caranguejo - carne de caranguejo, arroz, gergelim e alga marinha; sushi de caranguejo - carne de caranguejo, arroz, gergelim e alga marinha; maki de morango - morango, arroz, gergelim e alga marinha; maki de morango - morango, arroz, gergelim e alga marinha; kappa maki - pepino, arroz, gergelim e alga marinha; kappa maki - pepino, arroz, gergelim e alga marinha; califórnia abacate - abacate, manga, kani, pepino, arroz, gergelim e alga marinha; califórnia abacate - abacate, manga, kani, pepino, arroz, gergelim e alga marinha; califórnia - manga, kani, pepino, arroz, gergelim e alga marinha; califórnia - manga, kani, pepino, arroz, gergelim e alga marinha; maki de patê - salmão, atum, arroz, gergelim e alga marinha maki de patê - salmão, atum, arroz, gergelim e alga marinha berinjela com tomate seco - berinjela desidratada, tomate seco, arroz e alga marinha. berinjela com tomate seco - berinjela desidratada, tomate seco, arroz e alga marinha.

10 100g de filé mignon 100g de filé mignon 125g de macarrão n. 8 grano duro 125g de macarrão n. 8 grano duro 35g de cenoura 35g de cenoura 35g de vagem 35g de vagem 35g de couve-flor 35g de couve-flor 35g de brócolis 35g de brócolis 50g de repolho 50g de repolho 50g de acelga 50g de acelga 2xícaras (chá) de caldo de frango 2xícaras (chá) de caldo de frango 1/3xícara(s) de shoyu 1/3xícara(s) de shoyu 2 colheres(sopa)de amido de milho diluído(s) 2 colheres(sopa)de amido de milho diluído(s) 1colher(chá)de óleo de gergelim torrado 1colher(chá)de óleo de gergelim torrado quanto baste de glutamato monossódico quanto baste de glutamato monossódico quanto baste de pimenta-do-reino branca quanto baste de pimenta-do-reino branca quanto baste de sal quanto baste de sal quanto baste de óleo de soja quanto baste de óleo de soja MODO DE FAZER Tempere o filé com um pouco de pimenta-do-reino,glutamato mossódicoe sal e corte os legumes.Cozinhe o macarrão Anna Karenina A. de P. E. Oliveira

11 INGREDIENTES: 70 gramas de farinha de trigo 70 gramas de farinha de trigo 300ml de dashi 300ml de dashi 1 ovo 1 ovo 1 colher de chá de fermento 1 colher de chá de fermento 1 ou 2 pitadas de sal 1 ou 2 pitadas de sal ½ colher de óleo ½ colher de óleo PREPARO: misture tudo, sem deixar formar grumos. Aqueça a forma, unte cada cavidade com óleo e despeje a massa. Distribua pedaços de polvo, gengibre, repolho, cebolinha, camarão seco pequeno, enfim, cada um tem sua receita. Asse até começar a borbulhar e vire, formando uma bolinha. Essa parte exige uma certa prática. Sirva quente, com molho próprio. Ou tente uma mistura de ketchup, shoyo e molho inglês. Polvilhe com nori verde e flocos de bonito seco. Gabriel Vicente Guigon

12 Ingredientes 2 colher(es) (sopa) de óleo de soja 2 colher(es) (sopa) de óleo de soja ½ unidade(s) de cebola picada(s) ½ unidade(s) de cebola picada(s) 1colher(es) (café) de curry 1colher(es) (café) de curry 2 copo(s) de arroz lavado(s) e escorrido(s) 2 copo(s) de arroz lavado(s) e escorrido(s) 4 copo(s) de água fervente 4 copo(s) de água fervente quanto baste de sal quanto baste de sal Modo de preparo Doure a cebola no óleo, o arroz e refogue bem. Acrescente a água fervente e o sal, deixando cozinhar em fogo brando sem mexer. Retire do fogo e sirva. Layla A. L. Torres & Pedro B. P. Nogueira

13 Ingredientes Ingredientes 3 doses de saquê 3 doses de saquê 1 kiwi fatiado 1 kiwi fatiado 1 e 1/2 colher (sobremesa) de açúcar 1 e 1/2 colher (sobremesa) de açúcar 2 pedras de gelo 2 pedras de gelo Modo de fazer Modo de fazer Em um copo baixo, corte o kiwi em fatias, acrescente o açúcar e com um socador amasse bem a fruta. Coloque o gelo, o saquê e mexa com um palito. Pode substituir o açúcar por mel! Os tradicionalistas devem tremer nas bases ao ver o saquê deles misturado, chacoalhado e bebido de canudinho em forma de caipirinha ou capisaquê. As mais gostosas dessas misturas, são as que levam lichia (e criam uma harmonia japa perfeita, com um perfume alucinante) e a mistura de kiwi com mel feita no Spot é simplesmente deliciosa. Stéphanie de Moura Ramos Utrini de Lima

14 Acompanhamento -2 xicara(s) de (cha) de arroz japonês -2 xicara(s) (cha) de água INGREDIENTES -500 gr de músculo bovino em cubos médios -500 gr de músculo bovino em cubos médios -2 unidade(s) de cebola em pétalas -2 unidade(s) de cebola em pétalas -2 unidade(s) de cenoura em pedaços pequenos -2 unidade(s) de cenoura em pedaços pequenos -1 unidade (s) de batata em pedaços pequenos -1 unidade (s) de batata em pedaços pequenos -2 colher(es) (sopa) de curry em pó -2 colher(es) (sopa) de curry em pó -2 colher(es) (sopa) de amido de milho diluído(s) -2 colher(es) (sopa) de amido de milho diluído(s) -quanto baste de caldo de carne para cobrir -quanto baste de caldo de carne para cobrir -quanto baste de sal -quanto baste de sal -quanto baste de óleo de canola para refogar -quanto baste de óleo de canola para refogar Marco Cabral Campelo & Vitor Britto Vilardo

15 MODO DE PREPARO Sele os cubos de carne em uma panela de presao, em óleo quente ate ficar bem dourado.Reserve.Na mesma panela,acrescente as cebolas ate ficar bem douradas também. Se nescessario,acrescente mais óleo.Volte a carne para a panela,acrescente parte do caldo,um pouco de sal e cozinhe na pressão por meia hora.Abra a panela,acrescente as batatas deixe cozinhar por alguns minutos. Adicione mais caldo se necessário. Quando as batatas começarem a amolecer,adicione ao curry.Cozinhe por alguns instantes,engosse com o amido diluído em água e corrija o sal. ACOMPANHAMENTO Coloque em uma peneira grande, dentro de uma bacia com água, e lave esfregando os grãos para que não quebre por 20 vezes.Troque a água e repita essa operação mais de duas vezes.Escorra o arroz, coloqueem uma panela funda, junte a água e coloqueem fogo alto ate levantar fervura após isso abaixe um poucoo fogo e deixe cozinhar por quinze minutos.Apague o fogo e deixe descansar por 10 minutos sem abrir a panela. Em seguida revolva o arroz com uma espátula cuidadosamente. Coloque um pano seco por cima, feche a panela e aguarde por mais dez minutos. Sirva o kare sobre o arroz em uma tigela. DICAS: - Você pode utilizar o arroz tradicional no lugar do gohan; - Se você quiser dar um sabor especial você pode acrescentar cubos de maçã sem casca; - Você pode fazer uma variação sem a carne, somente com os vegetais e servir acompanhado de um bife à milanesa, fica ótimo; - Você pode fazer esse prato em grandes quantidades e congelar uma parte.

16 Guilherme Ian Layla Marco Pedro Stephanie Vitor


Carregar ppt "Informática Educativa. Equipe de Professores Profª Tatiana Façanha Profª Daniela Cristina Prof. Rodrigo Façanha."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google