A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Segundo o Dicionário Aurélio: Raiva - [Do lat. *rabia, em vez de rabie.] 2.V. cólera 3.Ódio, ira, rancor 4.Grande aversão; horror. Conceitos:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Segundo o Dicionário Aurélio: Raiva - [Do lat. *rabia, em vez de rabie.] 2.V. cólera 3.Ódio, ira, rancor 4.Grande aversão; horror. Conceitos:"— Transcrição da apresentação:

1

2 Segundo o Dicionário Aurélio: Raiva - [Do lat. *rabia, em vez de rabie.] 2.V. cólera 3.Ódio, ira, rancor 4.Grande aversão; horror. Conceitos:

3 A raiva segundo: Joanna de Ângelis Joanna de Ângelis

4 Conceitos Sentimento inerente a todos os animais, no ser humano, porque portador de vontade e discernimento, é responsável por transtornos que conseguem obscurecer- lhe a razão e perturbar-lhe o equilíbrio, produzindo danos emocionais de pequeno ou grande alcance, a depender da extensão e da profundidade de que se reveste.

5 Conceitos [...] a raiva é um mecanismo de defesa do referido instinto de conservação da vida, que se opõe a qualquer ocorrência que interpreta como agressão, reagindo, de imediato, quando deveria agir de maneira racional. Instala-se inesperadamente, em face de qualquer conflito expresso ou oculto, desferindo golpes violentos de injuria e agressividade.

6 Origem da raiva A raiva tem duas vertentes de procedência: Procedência Espiritual: Procedência Espiritual: originária da existência pregressa do espírito mais soberbo e primário, impôs-se onde se encontrava, desenvolvendo sentimentos de opressão e desrespeito aos direitos alheios, sempre desconsiderados. [...] o inconsciente impõe-lhe a falsa tese de que o mundo é- lhe hostil e as pessoas encontram-se equipadas de valores para submetê-lo ao seu talante.

7 Origem da raiva Procedência Atual: Procedência Atual: isto é, da existência presente, quando fatores temperamentais, educacionais, socioeconômicos empurraram-no à situação penosa geradora de conflitos. [...] origina-se uma especial disposição para a instalação do conflito de insegurança psicológica desencadeador da raiva.

8 Origem da raiva Na raiz psicológica do sentimento de raiva existe um tipo qualquer de medo inconsciente que a desencadeia, levando o indivíduo a atacar antes de ser agredido, o que o torna, invariavelmente, violento e descompensado na emoção.

9 Lentamente vão-se acumulando esses estados de amargura pela falta de oportunidade de defesa ou de justificação, que se convertem em revolta surda, explodindo, indevidamente, quando já se faz uma carga muito pesada na conduta. Algumas causas da raiva: 1.Pequenas frustações e contínuas castrações psicológicas, muitas vezes iniciada na constelação familiar, quando pais rigorosos e imprudentes, violentos e injustos, assumem postura coercitiva em relação aos filhos, impondo-se-lhes, sem a possibilidade de diálogos esclarecedores.

10 2. Filhos de genitores descuidados que não se interessam pelos problemas da prole, causando-lhe um fundo ressentimento, a princípio inconsciente, para desbordar em raiva acumulada. 3. Resultado da timidez, refugiando o indivíduo na raiva, e porque não pode se expressar foge para transtornos profundos que o maceram. Algumas causas da raiva:

11 Falta de conhecimento das próprias debilidades emocionais, faz que não disponha de equilíbrio para enfrentamentos, competições, discussões, derrapando facilmente no comportamento infeliz da raiva. Algumas causas da raiva:

12 O círculo da raiva é vicioso, porque o indivíduo adapta-se a essa injunção, passando a gerar um comportamento agressivo, quando não vivenciando uma postura contínua de mau humor. Prejuízos causados pela raiva:

13 A raiva produz uma elevada descarga de adrenalina e cortisol, no sistema circulatório, alcançando o sistema nervoso central, que se agita, produzindo ansiedade e mantendo o sangue na parte superior do corpo, no que resulta, diversos prejuízos para as organizações física, emocional e psíquica. Prejuízos causados pela raiva:

14 A constância da raiva responde por destrambelhos do sistema nervoso central, por disfunções de algumas das glândulas de secreção endócrina, por diversos problemas do aparelho digestivo e pelo irregular comportamento psicológico. Quando isso ocorre invariavelmente surgem as somatizações que terminam, quando não tratadas cuidadosamente, em processos degenerativos de alguns órgãos. Prejuízos causados pela raiva:

15 A raiva é choque violento que abala profundamente o ser humano, deixando rastros de desalento e de infelicidade.

16 Diariamente temos exemplos de pequenas e grandes atitudes que levam a reações de raiva. - Trânsito - Competições esportivas - Política - Debates domésticos - Outros Manifestações da raiva:


Carregar ppt "Segundo o Dicionário Aurélio: Raiva - [Do lat. *rabia, em vez de rabie.] 2.V. cólera 3.Ódio, ira, rancor 4.Grande aversão; horror. Conceitos:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google