A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Produção e organização empresarial Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Economia: Aula P11 Prof.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Produção e organização empresarial Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Economia: Aula P11 Prof."— Transcrição da apresentação:

1 1 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Produção e organização empresarial Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Economia: Aula P11 Prof. Jorge Mendes de Sousa

2 2 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Produção e organização empresarial Conteúdo 1. Introdução 2. Teoria da produção e produtos marginais 3. A organização empresarial 4. Tópicos para discussão

3 3 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Introdução Citação O negócio da América é o negócio. Calvin Coolidge

4 4 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Teoria da produção e produtos marginais Função produção A função produção determina a quantidade máxima de produto que pode ser produzido com uma dada quantidade de factores de produção. É definida para um dado estado da tecnologia e do conhecimento tecnológico. Exemplo: Consideremos a modesta tarefa de abrir valas. Compare-se a abertura de uma vala de 1 metro de profundidade e 5 metros de comprimento, através de um grande tractor (caro) manobrado por uma pessoa que é supervisionada por outra (duração de 2 horas), com outra técnica que consiste em 50 trabalhadores apetrechados de picaretas (duração de 1 dia inteiro). A primeira técnica é intensiva em capital (tractor) e a segunda é intensiva em mão-de-obra/trabalho.

5 5 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Teoria da produção e produtos marginais Produto total, médio e marginal 1. Produto total Designa a quantidade total produzida do produto a partir dos factores de produção e do estado da tecnologia, em unidades físicas tais como toneladas de trigo ou número de sapatos. 2. Produto médio É igual ao produto total dividido pela totalidade de unidades do factor de produção. 3. Produto marginal O produto marginal de um factor de produção é o produto adicional gerado por uma unidade adicional desse factor, mantendo os restantes factores constantes.

6 6 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Teoria da produção e produtos marginais Produto total, médio e marginal

7 7 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Teoria da produção e produtos marginais Produto total, médio e marginal

8 8 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Teoria da produção e produtos marginais Lei dos rendimentos decrescentes Lei dos rendimentos decrescentes Lei dos rendimentos decrescentes Segundo a lei dos rendimentos decrescentes, obteremos cada vez menos produto adicional à medida que acrescentamos doses adicionais de um factor, mantendo fixos os outros factores de produção. Deste modo, mantendo constantes todos os restantes factores produtivos, o produto marginal de cada unidade de factor de produção reduzir-se-á com o aumento da quantidade utilizada desse factor.

9 9 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Teoria da produção e produtos marginais Rendimentos à escala 1. Rendimentos constantes à escala Uma variação de todos os factores leva a uma variação proporcional da produção. 2. Rendimentos crescentes à escala (economias de escala) Um aumento de todos os factores leva a um aumento mais do que proporcional do nível de produção. 3. Rendimentos decrescentes à escala Um aumento de todos os factores leva a um aumento menos do que proporcional do produto total.

10 10 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Teoria da produção e produtos marginais Curto prazo e longo prazo Curto Prazo O curto prazo é o período de tempo em que apenas alguns factores produtivos, os factores variáveis, podem ser ajustados. No curto prazo, os factores fixos tais como edifícios e equipamento, não podem ser completamente modificados ou ajustados. Longo Prazo Longo Prazo O longo prazo é o período em que todos os factores produtivos utilizados pela empresa, incluindo o capital, podem ser alterados.

11 11 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Teoria da produção e produtos marginais Produtividade Produtividade do trabalho A produtividade do trabalho é a quantidade de produção por unidade de trabalho empregue. Produtividade dos factores Produtividade dos factores A produtividade dos factores é a produção por unidade da totalidade dos factores (tipicamente o trabalho e o capital).

12 12 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial A organização empresarial Razões para a existência das empresas 1. Economias de produção em massa A produção eficiente exige fábricas e maquinaria especializada, linhas de montagem e a divisão do trabalho num grande número de pequenas tarefas. As empresas existem para coordenar o processo de produção, para comprar ou arrendar terrenos, capital, trabalho e matérias-primas. 2. Angariação de recursos O desenvolvimento de um novo avião comercial custo muito mais de mil milhões de euros. As despesas de investigação e desenvolvimento de um novo processador de computador, como o Pentium da Intel, são da mesma ordem de grandeza. Uma função da empresa é a angariação de fundos, que devem vir directamente dos lucros obtidos ou através dos mercados financeiros. 3. Gestão do processo de produção A gestão visa organizar a produção, introduzir novas ideias, novos produtos ou processos e responsabilizar-se pelo sucesso ou insucesso.

13 13 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial A organização empresarial Tipos de organização empresarial 1. Empresário em nome individual Num dos extremos do espectro está o empresário individual, que gere um pequeno negócio. Estas empresas são inúmeras mas pouco relevantes no conjunto das vendas. 2. Sociedade por quotas Frequentemente um negócio exige a combinação de talentos e duas ou mais pessoas podem juntar-se para formar uma sociedade em nome colectivo. 3. Sociedade anónima A maior parte da actividade económica numa economia avançada tem lugar em sociedades anónimas. A propriedade de uma sociedade anónima é dos accionistas mas a gestão é da administração que tem poderes legais de tomar decisões em nome da sociedade.

14 14 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Tópicos para discussão 1. Considere a seguinte função de produção X = 100 L 1/2, em que X é a produção e L o factor trabalho (admitindo que os outros factores são fixos). a. Indique se esta função exibe rendimentos decrescentes em relação ao trabalho. b. Que valores deveria ter o expoente para que a função apresentasse rendimentos crescentes para o trabalho? 2. Considere uma pequena concessão para vender cachorros, bebidas e batatas fritas. a. Quais são os factores produtivos de capital, trabalho e matérias- primas? b. Se a procura de cachorros baixar, quais as medidas que tomaria para reduzir a produção no curto prazo? c. E no longo prazo?

15 15 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Produção e organização empresarial Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Economia: Aula P11 Prof. Jorge Mendes de Sousa


Carregar ppt "1 ISEL ECONOMIA – Produção e organização empresarial Produção e organização empresarial Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Economia: Aula P11 Prof."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google