A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PREDICADO Profª Adriana Paula Chaves. PREDICADO •É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: •1. “Jardineiros diplomados regam.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PREDICADO Profª Adriana Paula Chaves. PREDICADO •É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: •1. “Jardineiros diplomados regam."— Transcrição da apresentação:

1 PREDICADO Profª Adriana Paula Chaves

2 PREDICADO •É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: •1. “Jardineiros diplomados regam flores [...]” sujeito predicado •2. “A luz da tua poesia é triste...” sujeito predicado

3 Observação •Quando há ausência de sujeito, o predicado encerra o processo verbal em si mesmo. •3. “Há uma criatura tão bonita...” predicado •4. Faz muito calor nesta cidade. predicado

4 CLASSIFICAÇÃO Predicado verbal Predicado nominal Predicado verbo-nominal

5 PREDICADO VERBAL (PV) •O vento. núcleo do predicado ação do sujeito sopra. PREDICADO VERBAL: tem como núcleo um verbo que indica um processo, ação.

6 Os verbos do predicado verbal •Podem ser divididos em dois tipos: •Verbo transitivo: precisa ser complementado para que a informação transmitida pelo processo verbal fique clara. •Verbo intransitivo: tem sentido completo e não necessita de complementos.

7 Verbo intransitivo •O escritor português José Saramago morreu. (predicado verbal) verbo intransitivo Uma criança caiu. (predicado verbal) verbo intransitivo

8 Observação •Junto ao verbo, muitas vezes, surgem palavras ou expressões que ampliam a informação que ele contém, mas que não são essenciais para que complete a ideia que o processo verbal indica. •José Saramago morreu no ano passado. (PV) VI tempo •Uma criança caiu junto à porta da sala. (PV) VI lugar

9 Verbo transitivo direto •Os assaltantes invadiram a loja. sem preposição Verbo transitivo Necessita de complemento sem preposição Verbo transitivo direto Complemento verbal sem preposição Objeto direto

10 Verbo transitivo indireto •Muitas mulheres gostam de flores. Verbo transitivo Necessita de complemento com preposição Verbo transitivo indireto Complemento verbal com preposição Objeto indireto

11 Verbo transitivo direto e indireto •Ensinamos gramática a nossos alunos. Verbo transitivo: pede dois complementos Verbo transitivo direto e indireto Complemento sem preposição Complemento com preposição Objeto diretoObjeto indireto

12 Resumo •Predicado verbal •1. Verbos intransitivos: não precisam de complemento •2. Verbos transitivos: precisam de complemento. Classificam-se em: •a. diretos: exigem objeto direto, ligado ao verbo sem preposição. •b. indiretos: exigem objeto indireto, ligado ao verbo com o auxílio da preposição. •c. diretos e indiretos: exigem objeto direto e indireto, simultaneamente.

13 Outros exemplos •A revista dedicou duas páginas aos exames vestibulares. •Meu irmão comprou um carro. •Ele precisa de sua ajuda. •O menino entregou o bilhete. •O menino entregou o bilhete à pessoa errada. •Ele pedia paciência a todos. •O patrão pagou ao empregado. •O patrão pagou o salário ao empregado.

14 PREDICADO NOMINAL (PN) •O vento está forte. núcleo do predicado estado do sujeito PREDICADO NOMINAL: é aquele que tem o núcleo de seu significado concentrado em um nome, que indica um estado ou uma qualidade do sujeito.

15 Outros exemplos •Aquela mulher é muito estranha. •Meus amigos parecem preocupados. •Todos estavam ansiosos. •A população continua preocupada. •Eu ando meio triste.

16 Observação 1 •O verbo que se apresenta no predicado nominal é chamado de verbo de ligação, pois sua função é ligar o sujeito a uma qualificação que lhe é dada. O verbo de ligação não é centro significativo do predicado nominal e não acrescenta significado algum à oração; por isso, o núcleo significativo do predicado nominal reside no nome e não no verbo. Os termos que acompanham, qualificando ou caracterizando o sujeito, recebem o nome de predicativo do sujeito (PS).

17 Principais verbos de ligação •Ser •Estar •Continuar •Andar •Parecer •Permanecer •Ficar •Tornar-se

18 Observação 2 •A identificação do verbo de ligação depende do contexto em que ele ocorre. Muitas vezes, alguns deles podem ser empregados intransitivamente, indicando uma circunstância. •Andava pausada e calmamente. •Ela permanecerá em casa. •Continuo aqui. •Estávamos todos na sala.

19 •Em casos assim, o predicado não é nominal, pois não há qualificação ou caracterização do sujeito: os verbos de ligação assim empregados indicam uma circunstância que pode ser, por exemplo, de lugar, de intensidade, de modo, constituindo, portanto, predicado verbal.

20 Exemplos •Andava pausada e calmamente. (predicado VI adj. adv. modo verbal) •Andava desanimado. (predicado nominal) VL PS •Ela permanecerá em casa. (predicado verbal) VI adj. adv. lugar •Ele permanecerá rico. (predicado nominal) VL PS

21 Observação 3 •O núcleo do predicativo do sujeito pode vir expresso na frase por um adjetivo ou uma locução adjetiva, um substantivo ou uma palavra substantivada, um pronome, um numeral ou uma oração.

22 •Esta comida está insossa. VL PS •Esta comida está sem sal. VL PS •Ele é meu irmão. VL PS •Este livro é meu. VL adjetivo locução adjetiva substantivo pronome

23 PREDICADO VERBO-NOMINAL •O vento estado do sujeito ação de soprar sopraforte. PREDICADO VERBO-NOMINAL: é aquele que tem dois núcleos - um verbo e um nome -, indicando ao mesmo tempo uma visão dinâmica do fato e o estado em que se encontra o sujeito ou o objeto do verbo.

24 PREDICADO VERBO-NOMINAL (PVN) •O predicativo do sujeito ocorre no predicado nominal e também no predicado verbo-nominal. No primeiro, refere-se ao sujeito por meio dos verbos de ligação. No segundo, refere-se ao sujeito por meio de um verbo intransitivo ou transitivo.

25 Exemplos •“Seu olhar estava fixo...” (PN) VL PS •“Nós íamos calados pela rua”. (PVN) VI PS •“Cordélia olhou-a estarrecida.” (PVN) VTD OD PS

26 Observação 1 •Às vezes o predicativo não indica uma qualificação do sujeito e sim do objeto: •O diretor nomeou Júlia primeira bailarina. VTD OD PO

27 Observação 2 •É possível identificar o predicativo do objeto transpondo-se a oração para a voz passiva. Nela, o predicativo do objeto passará a predicativo do sujeito paciente. •Voz ativa: Os alunos consideraram a prova fácil. sujeito agente OD PO •Voz passiva: A prova foi considerada fácil pelos alunos. sujeito paciente PS agente da passiva

28 Estruturas do PVN •1. verbo transitivo + predicativo do sujeito O menino deixou o campo cansado. VTD OD PS •2. verbo transitivo + objeto + PS Clarissa assistiu ao espetáculo feliz. VTI OI PS •3. verbo transitivo direto + objeto direto+ PO Juliana julga Adriano inteligente. VTD OD PO

29 Atividade •Todos partiram. •Todos estavam felizes. •A diretora entregou o certificado ao aluno. •A diretora estava animada. •Os cientistas consideram as afirmações. •As afirmações eram equivocadas.

30 BIBLIOGRAFIA •MESQUITA, Roberto Melo. Gramática da língua portuguesa. 8.ed. São Paulo: Saraiva, 1999.p


Carregar ppt "PREDICADO Profª Adriana Paula Chaves. PREDICADO •É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: •1. “Jardineiros diplomados regam."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google