A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

 Se recuasse-mos 20 anos antes do 25 de Abril de 1974 não reconheceríamos Portugal. Durante estes anos quem fez parte do governo foi Oliveira Salazar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: " Se recuasse-mos 20 anos antes do 25 de Abril de 1974 não reconheceríamos Portugal. Durante estes anos quem fez parte do governo foi Oliveira Salazar."— Transcrição da apresentação:

1

2  Se recuasse-mos 20 anos antes do 25 de Abril de 1974 não reconheceríamos Portugal. Durante estes anos quem fez parte do governo foi Oliveira Salazar chefe do estado Novo em 1933 e 1968; Américo Tomás Presidente da Republica e Marcelo Caetano chefe do Estado novo entre 1968 e 1974.

3  Antes do 25 de Abril de 1974, em Portugal não havia liberdade, existia censura, as pessoa não podiam dizer o que pensavam nem exprimir a sua opinião. Existia uma policia politica a PIDE, que controlava os cidadãos, perseguia o povo que dissesse alguma coisa sobre o Governo, nessa altura existiam muitos presos políticos.  Portugal estava, envolvido na Guerra Colonial em Angola na Guiné e em Moçambique, encontrava-se isolado da comunidade internacional, muitos dos Portugueses tiveram que partir. Não existia paz, liberdade nem Democracia.  Relativamente a informação e as formas de expressão cultural eram controlados não existia eleições livres, a única organização politica e aceite era a União Nacional. A constituição não garantia os direitos dos cidadãos á educação á saúde ao trabalho e a habitação, as manifestações eram proibidas.  Os Portugueses viviam descontentes com Governo

4  No dia 24 de Abril de 1974, um grupo de militares comandados por Otelo Saraiva Carvalho preparam uma revolução para derrubar o Governo de Marcelo Caetano.  Instalaram secretamente um posto de comando do movimento golpista no quartel da Pontinha em Lisboa, o primeiro sinal combinado pelos golpistas foi transmitir a canção “E depois do adeus “de Paulo de Carvalho ás 22h.15m, o segundo sinal foi ás 0h.20m quando foi transmitida a canção “Grândola vila morena”de José Antunes”que confirmava o golpe e marcava o inicio das operações, Este golpe militar teve a colaboração de vários regimentos militares que desenvolveram a acção concertada.

5  A historia conta que uma dama ofereceu um cravo vermelho a um militar,e que ele o colocou no cano da arma, logo de seguida todos os outros militares fizeram o mesmo, tornando-se assim o cravo vermelho o símbolo da revolução.  Com o amanhecer as pessoas começaram a juntar-se nas ruas, solidárias com os soldados revoltosos.  No dia seguinte forma-se a Junta de Salvação Nacional, constituída por militares, que procederia a um Governo de Transição –MFA  Em que consistia o MFA Democratizar, Descolonizar e Desenvolver.

6  Hoje podemos falar livremente, dizer aquilo com que concordamos e o que não apoiamos.  Vivemos num novo Espaço Europeu e temos acesso directo ao mundo sem receio de censura ou perseguições.  Vivemos em liberdade, terminou a Guerra Colonial, e as antigas colónias Portuguesas tornaram-se independentes.  Vivemos em paz.  As eleições são livres, podermos escolher os nossos governos.  Vivemos em democracia.

7 Ao realizar este trabalho, fiquei com mais conhecimentos sobre a Politica do 25 de Abril. Foi uma mudança muito positiva em todos os aspectos, políticos, económicos, culturais, religiosos, etc. Em relação a politica dos nossos dias,penso que deveriam ser feitas algumas mudanças, principalmente a nível da corrupção e da justiça para que a nossa politica se torna-se mais perto de uma politica verdadeira e real.


Carregar ppt " Se recuasse-mos 20 anos antes do 25 de Abril de 1974 não reconheceríamos Portugal. Durante estes anos quem fez parte do governo foi Oliveira Salazar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google