A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Regresso de D. João • Em Portugal, o governo de D. João VI ele gerou fortes ressentimentos entre a burguesia, que perdera o lucrativo monopólio do comércio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Regresso de D. João • Em Portugal, o governo de D. João VI ele gerou fortes ressentimentos entre a burguesia, que perdera o lucrativo monopólio do comércio."— Transcrição da apresentação:

1 Regresso de D. João • Em Portugal, o governo de D. João VI ele gerou fortes ressentimentos entre a burguesia, que perdera o lucrativo monopólio do comércio com o Brasil. • Além da crise econômica, Portugal sofrera com as invasões francesas (foram três) e com as lutas travadas principalmente por tropas britânicas para repeli-las. • Adicionalmente, havia um sentimento de humilhação diante da Inversão Brasileira, que colocara o Brasil no topo do Reino Unido, tanto em termos administrativos como econômicos. • Napoleão caíra definitivamente em 1815; mas D. João recusava-se a voltar para Portugal, o que abria a perspectiva de o Rio de Janeiro se tornar a capital permanente da Monarquia Lusa.

2 Revolução Liberal do Porto. Causas • As idéias liberais (isto é, antiabsolutistas) vinham penetrando em Portugal. • Essa ideologia ganhou espaço durante a ausência da Família Real, já que tanto ingleses como franceses – cujas tropas disputavam o território português – representavam tendências contrárias ao Antigo Regime ainda vigente em Portugal. • Após a expulsão dos invasores franceses, Portugal passou a ser administrado por um general inglês, Beresford. Na prática, porém, ele atuava como administrador absoluto, subordinado apenas formalmente à ao rei.

3 Revolução Liberal do Porto • Em 1820, irrompeu na cidade do Porto uma revolução liberal, conduzida pela burguesia mas com forte participação popular. O movimento ganhou rapidamente o país e uma Junta Provisória de governo convocou eleições para uma Assembléia Constituinte que poria fim ao absolutismo. • Assembléia Constituinte foi instalada em Lisboa, com o nome de Cortes. Deputados brasileiros foram enviados para participar dos debates. • Mas as Cortes de Lisboa tinham o projeto de recolonizar o Brasil, acabando com o Reino Unido. Para executar esse projeto, era necessário primeiro que o governo português se reinstalasse em Portugal.

4 Exercícios • Em sala: exercícios (1 a 4) p.175 e p.179. • Em casa: exercícios: p. 172


Carregar ppt "Regresso de D. João • Em Portugal, o governo de D. João VI ele gerou fortes ressentimentos entre a burguesia, que perdera o lucrativo monopólio do comércio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google