A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Práticas Baseadas em Evidência no Tratamento do TEA Prof. Luiz Alexandre Barbosa de Freitas Universidade Federal de Mato Grosso Instituto de Educação /

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Práticas Baseadas em Evidência no Tratamento do TEA Prof. Luiz Alexandre Barbosa de Freitas Universidade Federal de Mato Grosso Instituto de Educação /"— Transcrição da apresentação:

1 Práticas Baseadas em Evidência no Tratamento do TEA Prof. Luiz Alexandre Barbosa de Freitas Universidade Federal de Mato Grosso Instituto de Educação / Departamento de Psicologia

2 Origem • Início formal na década de 1990 • Abordagem multidisciplinar, atualmente: – Medicina – Odontologia – Enfermagem – Psicologia – Educação – Etc. 2

3 Definições 1.“Medicina baseada em evidência é o uso consciente, explícito e sensato da melhor evidência atual na tomada de decisões sobre o cuidado com pacientes individuais.” (Sackett et al. 1996) 2.Chambless e Hollon (1998) definem terapias baseadas em evidência como “tratamentos psicológicos claramente especificados que se mostrem eficazes em pesquisas controladas com uma determinada população.” 3

4 Porque PBE? • Oferecer intervenções mais eficazes para as pessoas com TEA • Oferecer intervenções com melhor custo- benefício para o governo e a família 4

5 Critérios (The National Professional Development Center on Autism Spectrum Disorders) Pesquisa revisada por pares em revistas científicas usando: • delineamentos de pesquisa randomizados ou quasi-experimentais. Dois estudos com delineamentos de grupo experimental e quasi- experimental de alta qualidade, • delineamentos de pesquisa de sujeito-único. Três pesquisadores diferentes ou grupos de pesquisa devem ter conduzido cinco estudos com delineamentos de sujeito único de alta qualidade, ou 5

6 Critérios (The National Professional Development Center on Autism Spectrum Disorders) Pesquisa revisada por pares em revistas científicas usando: • Combinação de evidência. Um estudo com delineamentos de grupo experimental e quasi- experimental de alta qualidade e três estudos com delineamentos de sujeito único de alta qualidade conduzidos por pelo menos três pesquisadores diferentes ou grupos de pesquisa. 6

7 Melhora de resultados no TEA RastreamentoDiagnóstico Avaliação para Plano de Intervenção Desenvolvimento e implementação do Plano de Intervenção Melhora nos resultados •Independência •Saúde •Qualidade de Vida 7

8 Como adotar PBEs • Busca a pesquisas científicas: – Publicadas em revistas com revisão de pares – Com delineamentos de qualidade – Pesquisas de meta-análise • Busca por manuais de práticas baseadas em evidência • Busca por relatórios de orgãos de regulação de PBE 8

9 Prática Baseada em Evidência Experiência Profissional Melhores Pesquisas Disponíveis Características Individuais 9 Prática Baseada em Evidência

10 Práticas X Modelos • Operacionalização – Documentado em manuais e guias • Fidelidade – Confiabilidade e validade • Replicação – Adotado por outros que não os criadores • Dados sobre resultados – Evidência de eficácia avaliada • Qualidade da metodologia – Revisão por pares • Estudos adicionais 10

11 Algumas PBEs • Programas de Intervenção Comportamental para crianças jovens (ABA e EIBI) – 2 a 3 anos de instrução direta intensiva um-a-um (25 a 40h/semana) – Engajamento da família – Faixa etária de 18 meses a 9 anos 11

12 Algumas PBEs • Ensino Estruturado – Forte organização estrutural do ambiente, agenda previsível e método de ensino individualizado – Forte ênfase na aprendizagem visual – Conhecido como TEACCH – Faixa etária do nascimento a 18 anos 12

13 Algumas PBEs • Pacote de antecedentes – Modificação de eventos situacionais que alteram as chances de ocorrência do comportamento alvo – Pode envolver lugares, pessoas, objetos, etc. – Reflete práticas da ABA, psicologia comportamental e PBS – Faixa etária de 3 a 18 anos 13

14 Algumas PBEs • Prompting (dicas ou ajudas) – Apresentar dicas verbais, físicas ou gestuais para incentivar a resposta da criança – Classificada como mais-para-menos ou menos- para-mais – É retirada gradualmente para garantir que a criança responda sem depender da ajuda – Faixa etária de 2 a 22 anos 14

15 Outras PBEs • Controle de estímulos • Atraso temporal • Pacote comportamental (reduzir SIB) • Reforço diferencial • Ensino em tentativas discretas • Extinção • Avaliação Funcional do Comportamento • Ensino de Comunicação Funcional • Análise de tarefas • Modelação / Modelação em vídeo • Intervenção mediada por pares • PECS 15

16 Concluindo... • Dificuldade das famílias e educadores em identificar PBEs • A barreira do idioma • A barreira ideológica • Soluções mágicas e a mídia • Financiamento e pessoal para pesquisa 16

17 Referências • Autism Spectrum Disorders: Guide to Evidence –based Interventions - • Chambless, D. L., & Hollon, S. D. (1998). Defining empirically supported therapies. Journal of Consulting & Clinical Psychology, 66(1), 7–18. • Ryan, J. B., Hughes, E. M., Katsiyannis, A., McDaniel, M., & Sprinkle, C. (2011). Research-based educational practices for students with autism spectrum disorders. Teaching Exceptional Children, 43(3), • Sackett, D. L., Rosenberg, W. M. C., Gray, J. A. M., Haynes, R. B., & Richardson, W. S. (1996). Evidence-based medicine: What it is and what it isn’t. Article based on an editorial from the British Medical Journal, 312, 71–72. • The National Professional Development Center on ASD - 17

18 Obrigado! Contatos: (65)


Carregar ppt "Práticas Baseadas em Evidência no Tratamento do TEA Prof. Luiz Alexandre Barbosa de Freitas Universidade Federal de Mato Grosso Instituto de Educação /"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google