A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cont. aula radiculopatias. Quadro clínico • Fraqueza muscular • Alterações posturais -Escoliose de defesa • Alterações da mobilidade da coluna -Diminuição.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cont. aula radiculopatias. Quadro clínico • Fraqueza muscular • Alterações posturais -Escoliose de defesa • Alterações da mobilidade da coluna -Diminuição."— Transcrição da apresentação:

1 Cont. aula radiculopatias

2 Quadro clínico • Fraqueza muscular • Alterações posturais -Escoliose de defesa • Alterações da mobilidade da coluna -Diminuição da amplitude dos movimentos • Parestesias e hipostesias • Alterações dos reflexos

3 Espondilose • A espondilose (osteoartrite espinal) é uma entidade comum de degeneração da coluna vertebral, que na maioria das vezes está relacionada com alterações nos discos intervertebrais causados pelo avançar da idade. • O processo degenerativo da espondilose poderá dar-se nas regiões cervicais, torácica e lombar, afectando os discos intervertebrais e as articulações intervertebrais.

4 Espondilose • Os efeitos degenerativos da idade podem enfraquecer as estruturas do anel fibroso. • A quantidade de água existente no núcleo pulposo diminui com a idade, afectando a sua habilidade para amortecer os choques e diminuir os atritos. • As alterações estruturais devidas à degeneração, podem levar a uma diminuição da altura do disco intervertebral e aumentar o risco de herniação do disco

5 Quadro clínico • Dor - Geralmente de início súbito, que aumenta com o aumento da pressão no tórax e abdómen. • Espasmos musculares - É uma consequência da dor, uma defesa instintiva do organismo. - Sempre que há um mecanismo doloroso, há uma “contractura” muscular que tem por finalidade imobilizar essa região e limitar o movimento.

6 Espondilose • Cada vértebra possui quatro facetas articulares. Estas fazem as ligações articulares entre cada vértebra, permitindo assim os movimentos de extensão, flexão e rotação da coluna. • Tal como nas outras articulações, as superfícies articulares destes ossos são formadas por cartilagens. • As cartilagens são um tipo especial de tecido conectivo que providencia uma superfície deslizante auto-lubrificada e de baixo atrito.

7 Espondilose

8 • A degeneração das facetas articulares causam uma diminuição do tecido cartilagíneo e formação de osteofitos. • Os osteófitos são pequenas formações ósseas que se formam nas vértebras e são vulgarmente conhecidos por “bicos de papagaio”. • Estas pequenas formações ósseas podem também comprimir estruturas nervosas.

9 Espondilose

10

11

12 Radiculopatia cervical • As raizes nervosas mais frequentemente envolvidas devido a processos espondilóticos ou de herniação discal são as C5 e C6 e menos frequentemente a de C7, causadas por espondilose de C4-C5, C5-C6 e C6-C7 respectivamente. • Os pacientes habitualmente apresentam dores, parestesias ao longo do dermátomo da respectiva raiz medular, fraqueza da musculatura do miótomo da sua respectiva raiz medular ou uma combinação de ambos os sintomas.

13 Dermatomos

14

15 Miótomo

16 Exame da raiz de C5 • Músculos: - Deltóide - Bicípite • Reflexo do bicípite • Sensitivamente: - Dores na região inter- escapular que irradia ao longo do aspecto lateral do braço até ao cotovelo.

17 Exame da raiz de C6 • Músculos: - Bicípite - Braquiorradialis - Extensor radial do carpo • Reflexo supinador • Sensitivamente: - Dor que se estende ao longo do ombro até ao aspecto lateral do braço e antebraço e primeiro dedo.

18 Exame da raiz de C7 • Músculos: - Tricípite - Curto extensor dos dedos - Flexor radial do carpo • Reflexo tricípite • Sensitivamente: - Dor que se estende pela porção posterior de todo o braço e antebraço e que irradia até ao 3º dedo e menos intensamente para o 2º e 4º dedo.

19 Exame da raiz de C8 • Músculos: - Extensor comum dos dedos - Flexor cubital do carpo - Músculos intrínsecos da mão • Sensitivamente: - Dor ao longo do braço que irradia para o 4º e 5º dedo.

20 Exame da raiz de T1 • Músculos: - I interósseo -Músculos intrínsecos da mão • Sensitivamente: - Dor profunda no ombro, axila e aspecto medial do braço.

21 Radiculopatia Lombosagrada • As radiculopatias raramente envolvem as 3 primeiras vértebras lombares. • As raizes nervosas mais frequentemente envolvidas devido a processos espondilóticos ou de herniação discal são as L4, L5 e S1, causadas por processos espondilóticos ou herniação de L3-L4, L4-L5 e L5-S1 respectivamente.

22 Dermátomos

23 Miótomo

24 Exame da raiz de L4 • Músculos: - Quadricípite - Tibial anterior • Reflexo rotuliano • Sensitivamente: - Dor irradia do joelho para o maléolo interno ao longo do aspecto medial da perna.

25 Exame da raiz de L5 • Músculos: - Tibial anterior - Curto extensor dos dedos • Sensitivamente: - Dor na região nadegueira que irradia ao longo da região postero-lateral da coxa, aspecto lateral da perna, dorso do pé e 4 primeiros dedos.

26 Exame da raiz de S1 • Músculos: - Gastrocnémio medial - Gastrocnémio lateral • Reflexo aquiliano •Sensitivamente: - Dor na região posterior da coxa, perna e aspecto lateral do pé.

27


Carregar ppt "Cont. aula radiculopatias. Quadro clínico • Fraqueza muscular • Alterações posturais -Escoliose de defesa • Alterações da mobilidade da coluna -Diminuição."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google