A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avaliação das aulas TP Microbiologia 2012-2013. Questões -TC 1.Quais são os vários biofilmes orais descritos na introdução? Biofilme das zonas interdentárias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avaliação das aulas TP Microbiologia 2012-2013. Questões -TC 1.Quais são os vários biofilmes orais descritos na introdução? Biofilme das zonas interdentárias."— Transcrição da apresentação:

1 Avaliação das aulas TP Microbiologia

2 Questões -TC 1.Quais são os vários biofilmes orais descritos na introdução? Biofilme das zonas interdentárias e fissuras composto maioritariamente por uma flora cario génica dominada por streptococci e lactobacili. Biofilme nas zonas iniciais da gengiva em saúde periodontal dominadas por gram positivos com relevância para streptococci. Com a gengivite começam a aparecer maiores proporções de Gram negativos anaeróbios e nas bolsas periodontais estabelecem-se Pg, Actinomyces, Tanerella forsythia e Treponema denticola.

3 Questões -TC 2 – Quais as maiores dificuldades associadas ao estudo destes biofilmes? A grande heterogeneidade em termos estruturais e a sua complexidade. Também é difícil a comparação entre estes biofilmes saudáveis e patológicos.

4 Questões -TC 3 – Como se resolvem os problemas do estudo in vivo? Criando modelos in vitro que imitam o sistema vivo. Já há para modelos supragingivais quer em lâminas quer em placas. Há ainda a hipótese de fazer implantes nas pessoas ou de inocular fermentadores com placa do indivíduo. A nível sub gingival há menos.

5 Questões -TC 4 – Que tentativas fora feitas para a modelação do estudo do biofilme subgingival? Colocando material nas bolsas de doentes periodontais. Usando um fermentador com amostras de placa de pacientes periodontais

6 Questões -TA 1 – Qual é o objetivo deste estudo? Desenvolver e validar in vitro um modelo que simule a composição do microbiota subgingival. Contém Streptococcus oralis, Actinomyces naeslundi, Veilionella parvula, Fusobacterium nucleatum e P. gingivalis e Aggregatibacter actinomycemcomitans.

7 Questões -TA 2 – Que técnicas são usadas? CSLM e T-RFLP

8 Questões -TA 3 – À medida que o biofilme se desenvolve como evolui a viabilidade das células? Aumenta ao início e depois decresce. Quanto tempo demora o biofilme a estabilizar? 96 horas Como se sabe que estabilizou? Não houve alterações da estrutura do biofilme.

9 Questões –TA 4 – Quais os padrões de distribuição das células no eixo do Z? As células às 72 horas apresentavam um perfil em que a viabilidade aumentava com a profundidade do biofilme mas apenas na parte superior. Na zona média inferior a viabilidade já decrescia com a profundidade.

10 Questões TB 1 – Como é que os autores verificaram a reprodutividade dos biofilmes. Analisando vários biofilmes de 72 horas em que verificaram que estes mantinham a mesma estrutura e viabilidade.

11 Questões TB 2 – Explique os resultados da figura 3 Vê-se que o biofilme inicial é constituido pelas espécies primárias (Streptococcus, Veillionela e Actinomyces), até as 48 h o biofilme aumenta em complexidas (fusobacterioum pgingivalis e Aa) e depois disso decresce a complexidade até que no fim ficam apenas as espécies iniciais. A veilionela é sempre a espécie mais abundante.

12 Questões TB 3- O meio de cultura pode ser um dos fatores a influenciar em grande medida o desenvolvimento do biofilme. Que meio de cultura é que estes investigadores usaram? Um meio rico em proteínas. Porquê? São o que mais se assemelha ao fluido crevicular que é o que estas bactérias subgengivais estão mais expostas.

13 Questões TB 4- Quais são as condicionantes a que as bactérias que estão junto à superficie têm para o seu crescimento? Porque é que as camadas intermédias de bactérias têm um crecimento mais acentuado e maior viabilidade? Porque nas camadas mais profundas, à medida que o biofilme cresce, as bacterias vão tendo menos acesso aos nutrientes. Por outro lado estas bacterias em muitos casos mortas vão também servir de nutrientes às camdas intermedis que em termos de condições FQ têm as maiores vantagens (estão escondidas do oxigenio mas ao mesmo tempo suficientemente perto da superficie para poderem ter nutrientes).

14 Questões TA 5 – Os resultados deste estudo confirma resultados anteriormente obtidos? Sim verifica-se que a sucessão é a mesma. Já se sabia por exemplo que P.gingivalis não crescia sozinha nem com Strep. oralis mas que tendo Veillionela ou F.nucleatum já era capaz de formar biofilme.

15 Questões TB 6- Conclusões principais do estudo: O modelo foi validado e é reprodutível As técnicas revelaram-se úteis e de fácil implementação Pode ser usados no estudo da estrutura, desenvolvimento e dinâmica do biofilme bem como no teste de aproximações antimicrobianas.


Carregar ppt "Avaliação das aulas TP Microbiologia 2012-2013. Questões -TC 1.Quais são os vários biofilmes orais descritos na introdução? Biofilme das zonas interdentárias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google