A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A palavra vem do Latim e significa: resilio, voltar ao estado natural, basicamente como uma mola. Historicamente a noção de resiliência foi utilizada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A palavra vem do Latim e significa: resilio, voltar ao estado natural, basicamente como uma mola. Historicamente a noção de resiliência foi utilizada."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 A palavra vem do Latim e significa: resilio, voltar ao estado natural, basicamente como uma mola. Historicamente a noção de resiliência foi utilizada pela física e engenharia, um dos precursores foi o cientista Thomas Young, em 1807.

4 Resiliência reduz riscos de doenças e melhora a qualidade de vida. O estresse é uma realidade observada hoje nas mais diferentes áreas e setores.

5 O resiliente é aquele que se recupera e supera desafios. É o equilíbrio entre corpo e mente.

6 O equilíbrio humano é semelhante à estrutura de um prédio. Se a pressão for superior à resistência, aparecerão rachaduras; doenças e lesões.

7 Dentre as mais diferentes doenças psicossomáticas que se manifestam no indivíduo que não possui resiliência, estão não apenas o estresse, mas doenças graves como a gastrite e até a síndrome do pânico, entre outros males.

8 O indivíduo que possui resiliência desenvolve a capacidade de recuperar-se e moldar-se novamente a cada obstáculo, a cada desafio.

9 Durante o ciclo de vida normal, é necessário ao indivíduo desenvolver a resiliência para conseguir ultrapassar as passagens com "ganhos", nas diferentes fases:

10

11 A base da resiliência está na família na educação, no aprendizado constante para o desenvolvimento no decorrer de sua vida...

12

13

14 Segundo Walsh (1996), “o foco da resiliência em família deve procurar identificar e implementar os processos-chave que possibilitam que as famílias não só lidem mais eficientemente com situações de crise ou estresse permanente mas saiam delas fortalecidas, não importando se a fonte de estresse é interna ou externa à família”. FORTALECENDO A RESILIÊNCIA FAMILIAR Froma Walsh

15 Sistemas de Crenças PROCESSOS-CHAVE DA RESILIÊNCIA Atribuir sentido à adversidade: Valorização das relações interpessoais Contextualização dos estressores Sentido de coerência das crises Percepção da situação das crises Olhar positivo Iniciativa e perseverança Coragem e encorajamento Esperança e otimismo Confrontar o que é possível Transcendência e espiritualidade Valores, propostas e objetivos de vida Espiritualidade Inspiração Transformação

16 Padrões de Organização PROCESSOS-CHAVE DA RESILIÊNCIA Flexibilidade Capacidade para mudanças Estabilidade Coesão Apoio mútuo Respeito às diferenças Forte liderança Busca de reconciliação Recursos Sociais e Econômicos Mobilização da família extensa Construção de uma rede de trabalho comunitário Construção de segurança financeira

17 PROCESSOS-CHAVE DA RESILIÊNCIA Clareza Mensagens Claras e Consistentes Esclarecimentos de informações ambíguas Expressões emocionais “abertas” Sentimentos variados são compartilhados Empatia nas relações Responsabilidade pelos próprios sentimentos Interações prazerosas e bem-humoradas Colaboração na solução de problemas Identificação de problemas Explosão de idéias Tomada de decisões compartilhada Foco nos objetivos Postura pró-ativa. Estes processos podem estar organizados e expressar-se de diferentes formas e níveis, haja vista que servem a diferentes constelações, valores, recursos e desafios das famílias (Walsh, 1998).

18 Procurar manter o lar em harmonia, pois este é o ponto de apoio o ponto de apoio para recuperar-se. para recuperar-se.

19 Resiliência na Educação A resiliência na educação parte do princípio de que alunos, professores, pais, instituição e sociedade, compreendam o significado real de resiliência, para assim poder aplica-lá no dia-a-dia

20 Claro que a influência em casa contribui muito para este desenvolvimento, mas em lares onde quase nada é possível, a escola pode trazer a esperança e fazer desenvolver no ser humano capacidades jamais vistas ou imaginadas anteriormente. Resiliência na Educação

21 Se transportarmos o raciocínio para o dia-a- dia, poderemos observar que, quanto mais resiliente for o indivíduo, haverá menos doenças e perdas e mais desenvolvimento pessoal será alcançado.

22 Um indivíduo submetido a situações de estresse e que sabe vencer sem lesões severas é um resiliente. Já quem não possui resiliência é o chamado "homem de vidro", que se "quebra" ao ser submetido às pressões e situações estressantes.

23 A idéia de resiliência pode também ser comparada às modificações da forma de uma bola parcialmente inflada. Se comprimida, adquire as formas mais diversas e retorna ao estado inicial, após pressões exercidas sobre a mesma.

24 A resiliência consiste em equilíbrio entre a tensão e a habilidade de lutar, além do aprendizado obtido com obstáculos/sofrimentos.

25 Traduzindo em outras palavras, é atingir outro nível de consciência. O indivíduo que não possui ou não desenvolve a resiliência, pode sofrer severas conseqüências, que vão da queda de produtividade ao desenvolvimento das mais diferentes doenças psicossomáticas.

26 Praticar esporte para aumentar o ânimo e a disposição. Praticar esporte para aumentar o ânimo e a disposição. Os exercícios aumentam endorfinas e testosterona que, conseqüentemente, proporcionam sensação de bem-estar. Separar bem quem você é e o que faz.

27 O estresse profissional é uma realidade observada hoje nas mais diferentes áreas e setores do mercado de trabalho e, diferentemente do que muitos imaginam, não está restrito aos profissionais que exercem altos cargos em grandes empresas. O estresse profissional é uma realidade observada hoje nas mais diferentes áreas e setores do mercado de trabalho e, diferentemente do que muitos imaginam, não está restrito aos profissionais que exercem altos cargos em grandes empresas. Resiliência no Trabalho

28  Pesquisa aponta insatisfação de Brasileiros no mercado de trabalho: Ranking Brasil  Saúde mental – 17º lugar  Saúde física – 18º lugar  Satisfação – 14º lugar Fonte: Instituto de Ciência e Tecnologia de Manchester

29 Treinando a Resiliência  Adaptar-se  Reajustar-se  Reagir de forma inteligente a pressões  Antecipar de acontecimentos

30 Característica do Profissional Resiliente  Agem como protagonistas  Gostam e aceitam mudanças  Possuem baixos níveis de ansiedade  Possuem autoconfiança e auto-estima  São emocionalmente inteligentes  Respondem assertivamente

31 Resultados do Desempenho  Nível elevado de adaptação  Redução de pressões desnecessárias reconhecendo como elas são criadas  Capacidade de adequação e flexibilização e flexibilização  Altos níveis de desempenho geram melhores geram melhores resultados financeiros. resultados financeiros.

32 Dicas para aumentar a capacidade de resiliência:   Mentalizar seu projeto de vida, mesmo que não possa ser colocado em prática imediatamente. Sonhar com seu projeto é confortante e reduz a ansiedade;   Aprender e adotar métodos práticos de relaxamento e meditação;   Praticar esporte para aumentar o ânimo e a disposição. Os exercícios aumentam endorfina, conseqüentemente, proporcionam sensação de bem-estar;

33  Aproveitar parte do tempo para ampliar os conhecimentos, pois isso aumenta a autoconfiança ;  Transformar-se em um otimista incurável, visualizando sempre um futuro bom ;  Assumir riscos (ter coragem) ;  Tornar-se um "sobrevivente" repleto de recursos no mercado profissional;  Apurar o senso de humor (desarmar os pessimistas);  Usar a criatividade para quebrar a rotina ;  Examinar e refletir sobre a sua relação com o dinheiro ;  Permitir-se sentir dor, recuar e, às vezes, enfraquecer, para em seguida retornar ao estado original.

34 Apresentação de Case


Carregar ppt "A palavra vem do Latim e significa: resilio, voltar ao estado natural, basicamente como uma mola. Historicamente a noção de resiliência foi utilizada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google