A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A MBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM : Ultrapassando barreiras na educação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A MBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM : Ultrapassando barreiras na educação."— Transcrição da apresentação:

1 A MBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM : Ultrapassando barreiras na educação

2 U NIVERSIDADE C ANDIDO M ENDES L ICENCIATURA EM P EDAGOGIA Trabalho apresentado à professora Monica Magalhães como um dos requisitos para a conclusão da disciplina Tecnologia, Educação e Cultura. Componentes do grupo: Juliana Rodrigues Elizabeth El’ Osta Rio de Janeiro Junho/2011

3 P EQUENO HISTÓRICO : Com o advento e a popularização da Educação à Distância (EdA) realizada por intermédio das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), se fez necessário a implantação de um ambiente propício a este novo modelo de educação. Surgem então os Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) que vieram para validar e otimizar o meio educacional no ciberespaço.

4 D EFINIÇÃO : Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) são softwares que auxiliam na montagem de cursos acessíveis pela Internet. Elaborado para ajudar os professores no gerenciamento de conteúdos para seus alunos e na administração do curso, permite acompanhar constantemente o progresso dos estudantes. Em outras palavras: “É um espaço fecundo de significação onde seres humanos e objetos técnicos interagem potencializando assim, a construção de conhecimentos, logo a aprendizagem.”(SANTOS,2003: s.p)

5 A LGUNS BENEFÍCIOS DOS AVA NA E A D Superação do tempo-espaço: encurta barreiras, atingindo vários lugares e várias pessoas ao mesmo tempo. Reforça o trabalho pedagógico do professor: planejar todos os passos de uma aula torna-se mais do que indispensável. Colaboração e cooperação no processo ensino- aprendizagem: permite a participação ativa dos alunos e professores durante o processo de ensino- aprendizagem, além de incentivar a responsabilidade destes para com o ensino-aprendizado. Potencialização à interatividade: disponibiliza ferramentas de comunicação ( chats, hiperlinks, conferências, newsgroups, websites, entre outros) que propiciam autonomia e construção coletiva do conhecimento.

6 E XEMPLOS DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM Existem inúmeros AVA pelo ciberespaço tais como: Moodle, eProInfo, TelEduc, Amadeus, SOLAR, AulaNet, A4, WebCT, LearnLoop, Gestum, AdaptWeb, iTutor, TIDIA-Ae, etc... até o Second Life se configura como um. Aqui, nos focaremos em apresentar dois que servem à EaD: Moodle e eProInfo

7 MOODLE

8 Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (MOODLE), é um sistema de administração de atividades educacionais destinado à criação de comunidades on-line, em ambientes virtuais voltados para a aprendizagem colaborativa. Permite, de maneira simplificada, a um estudante ou a um professor integrar-se, estudando ou lecionando, num curso on-line à sua escolha. O conceito foi criado em 2001 pelo educador e cientista computacional Martin Dougiamas

9 MOODLE Este ambiente virtual de apoio à aprendizagem possui código aberto, livre e gratuito. Está disponível em 75 línguas diferentes e conta com websites registados, em 175 países. O Moodle mantêm-se em desenvolvimento por uma comunidade que abrange professores, pesquisadores, administradores de sistema, designers instrucionais, programadores, e usuários de todo o mundo. Evolui constantemente adequando-se às necessidades dos seus utilizadores.

10 MOODLE Os recursos disponíveis para o desenvolvimento das atividades são: Materiais estáticos (ex.: páginas de texto, páginas de texto Web, apontadores para ficheiros ou páginas Web, conteúdos de pastas) Materiais dinâmicos (atividades):

11 MOODLE  Avaliação do Curso  Chat  Diálogo  Diário  Fórum  Glossário - utilizado para descrever termos e respectivas definições, ligados à disciplina.  Lição  Pesquisa de Opinião (referendo)  Questionário - com questões de diversos tipos (escolha múltipla, verdadeiro ou falso, resposta curta, comparação) pode ser respondido on-line pelos alunos, permitindo-lhes ver qual a sua classificação.  SCORM  Tarefa - atividade proposta pelo professor/formador aos alunos  Trabalho com Revisão - o professor/formador tem acesso a trabalhos enviados pelos alunos, pode avaliá-los e comentá-los.  Wiki  Livro - permite disponibilizar um livro eletrônico criado pelo professor, e que pode ser constituído por vários capítulos, dispostos em dois níveis diferentes.

12 E P ROINFO

13 O e-ProInfo é um Ambiente Colaborativo de Aprendizagem a Distância, baseado em tecnologia web. Foi desenvolvido pela Secretaria de Educação a Distância do Ministério da Educação em parceria com renomadas instituições de ensino. Tem como objetivo principal possibilitar aos diversos perfis de usuários (aluno, professor, colaborador, visitante, etc) acesso aos cursos presentes no ambiente, pertinentes a cada Entidade, garantindo um acesso prático, rápido e seguro de acordo com as prioridades de acesso de cada perfil.

14 E P RO I NFO Permite a administração e desenvolvimento de diversos tipos de ações, como cursos a distância, complemento a cursos presenciais, projetos de pesquisa, projetos colaborativos e diversas outras formas de apoio a distância e ao processo ensino- aprendizagem. O e-ProInfo é composto por dois Web Sites: o site do Participante e o site do Administrador.

15 E P RO I NFO O site do Participante permite que pessoas interessadas se inscrevam e participem dos cursos e diversas outras ações oferecidas por várias Entidades conveniadas. É através dele que os participantes têm acesso a conteúdos, informações e atividades organizadas por módulos e temas, além de poderem interagir com coordenadores, instrutores, orientadores, professores, monitores e com outros colegas participantes.

16 E P RO I NFO O site do Administrador permite que pessoas credenciadas pelas Entidades conveniadas desenvolvam, ofereçam, administrem e ministrem cursos à distância e diversas outras ações de apoio à distância ao processo ensino- aprendizagem, configurando e utilizando todos os recursos e ferramentas disponíveis no ambiente. Cada Entidade pode estruturar diversos Cursos ou outras ações compostas por Módulos, e estes por Atividades. Os participantes se inscrevem em Cursos e, sendo aceitos pelo Administrador, podem se vincular a Turmas, através das quais cursam seus respectivos Módulos.

17 E P RO I NFO Permite planejar, administrar e executar ações de aprendizagem, como: Cursos a distância; Complementos a distância para cursos presenciais; Projetos colaborativos; Reuniões de trabalho.

18 E P RO I NFO O ambiente é composto por ferramentas síncronas e assíncronas como: Fórum; Videoconferência; Bate-papo; ; Quadro de Avisos; Notícias; Biblioteca.

19 E P RO I NFO Ferramenta Síncrona : é aquela que permite a comunicação em tempo real. Ferramenta Assíncrona : é aquela que não permite comunicação em tempo real, isto é, existe um tempo entre mandar e receber a resposta.

20 E P RO I NFO

21 R ECAPITULANDO E C ONCLUINDO Os Ambientes Virtuais de Aprendizagem são, portanto: “sistemas computacionais disponíveis na internet, destinados ao suporte de atividades mediadas pelas tecnologias de informação e comunicação. Permitem integrar múltiplas mídias, linguagens e recursos, apresentar informações de maneira organizada, desenvolver interações entre pessoas e objetos de conhecimento, elaborar e socializar produções tendo em vista atingir determinados objetivos.” ( ALMEIDA, 2003: s.p)

22 R EFERÊNCIAS SANTOS. Edméa Oliveira. Ambientes virtuais de aprendizagem: por autorias livres, plurais e gratuitas. In: Revista FAEBA, v.12, no Disponível em: o/home/ava.pdf o/home/ava.pdf Almeida, Maria Elizabeth Bianconcini de. Educação a distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. In: Educ. Pesqui. vol.29 no.2 São Paulo July/Dec Disponível em: &script=sci_arttext &script=sci_arttext

23 _aprendizagem


Carregar ppt "A MBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM : Ultrapassando barreiras na educação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google