A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROJETO CONSTRUINDO FERRAMENTAS PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA MINSTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROJETO CONSTRUINDO FERRAMENTAS PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA MINSTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO."— Transcrição da apresentação:

1 PROJETO CONSTRUINDO FERRAMENTAS PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA MINSTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO

2 OFICINA II TEMA: O USO DO RÁDIO NAS AULAS DE GEOGRAFIA Prof. Dr. Antonio Cardoso Façanha Estagiária: Luzia Ferreira Cavalcante

3 ESTRUTURA DE APRESENTAÇÃO 1.1 Histórico 1.2 Conceitos 1.3 Características gerais 2.1 Objetivos 2.2 Vantagens para a aprendizagem 2.3 Cuidados necessários para o uso na sala de aula 2.4 Meios de utilização do Rádio em sala de aula 2.5 Como montar uma rádio escola 3.1 Preparação necessária 3.2 Exemplos de utilização 1. O RÁDIO 2. O USO DO RÁDIO NA ESCOLA/EDUCAÇÃO 3. O USO DO RÁDIO NA SALA DE AULA DE GEOGRAFIA REFERÊNCIAS 4. QUESTÕES ABERTAS

4 A. G. Bell (1876) Rádio = Tecnologia bélica Rádio = consumo(I. G. M) Rádio = Radionovela Rádio no Brasil (1922) 1º Emissora de Rádio (1923) Popularização do rádio (1930) Era do Ouro Movimento de Educação de Base ( ) Projeto Minerva Freqüência modulada - FM (1970) 1.1 Histórico

5 Para Cavalcante (2010, p.1), o rádio no processo educacional consiste: Num recurso tecnológico que se explorado de forma a integrar os educadores e educandos num ambiente dialógico e de pesquisa, possibilita a construção de uma educação em que o ensino-aprendizagem se torna mais dinâmico possibilitando a troca de experiências. 1.2 Conceito

6 O rádio ainda se mantém em alta entre os meio de comunicação devido às suas características: Intrínsecas - inerentes à especificidade do meio, por razões predominantemente técnicas. Extrínsecas – decorrente de algumas condições predominantemente históricas. Potenciais – tendências que podem ou não se efetivar, mas que contribuem para demarcar a identidade do rádio. Liberdade imaginativa, alcance humano, alcance geográfico, simplicidade de produção, baixo custo, agilidade Seletividade, personalidade, adaptabilidade, essencialidade, identificação pessoal Didatismo, musicalidade, utilidade pública. 1.3 Características gerais

7 2.0 O USO DO RÁDIO NA ESCOLA/EDUCAÇÃO No Brasil, um dos primeiros usos concebidos para o rádio foi o educativo; 2.1 Objetivos Diminuir a distancia entre a sociedade e a escola; Ampliar a capacidade de estratégias criativas para uma educação de qualidade.

8 Resgate da oralidade; A inclusão de formas escritas por meio de textos radiofônicos; A assimilação de formas de expressão artísticas consagradas; 2.2 Vantagens para a aprendizagem Algumas estratégias relacionadas com o fazer radiofônico permitem que: Transformem matérias de jornal em pautas para rádio; Transcrever trechos irradiados para o papel; Transformar histórias narradas em roteiros de radiodramaturgia; Revisar o que se escreve. Todos os participantes do processo educativo tenham voz e vez; Elaborem projetos e roteiros radiofônicos;

9 2.3 Cuidados necessários para o uso do rádio na sala de aula Saber relacionar a questão da oralidade com a comunicação escrita: ● Muitos jovens na fase escolar apresentam dificuldades crônicas para expressão por meio de textos escritos. ● Essa dificuldade está presente entre os alunos mais e menos dedicados, os tímidos e os extrovertidos, de ambos os sexos. ● Entre os alunos evidencia-se um desconhecimento da ortografia (norma culta).

10 O Rádio pode ser utilizado tanto a partir da construção de uma rádio dentro da escola (rádio-escola), na utilização do mesmo a partir de sua programação ou a partir de uma simulação em sala de aula. 2.4 Meios de utilização do Rádio em sala de aula

11 2.5 Como montar uma rádio-escola? Na construção de uma rádio-escola são necessários os conhecimentos sobre: Fundamentos científicos do áudio; Tecnologias do áudio e do rádio; Fundamentos da música. A construção de um projeto de rádio Levantamento de pontos favoráveis e desfavoráveis Reunir um grupo de pessoas que pense na mesma direção Diferentes etapas Para isso será necessário:

12 Concepção do projeto Frutificar idéias do grupo DiscussãoTomada de decisõesPlanejamentoDividir tarefas Pesquisa Sondagens realizadas na escola Elaboração do cronograma Guia para o trabalho Implantação da rádio escola Configurar a rádio escola Desenvolvimento das atividades Linha de ação Etapas Avaliação do Projeto

13 Tipos de equipamento básico para montagem de uma rádio-escola: A) Configuração mínima B) Configuração de rádio restrita C) Configuração digital 2 gravadores de mão 6 gravadores de mão 3 microfones 1 mesa de som 6 gravadores padrão digital - MP3 1 tape deck duplo1 duplo tape deck 1 gravador de CD ou minidisc 1 computador com placa de som Software para edição de áudio Gravador de CD 2 fones de ouvido tipo earphone 2 fones de ouvido2 fones de ouvido, caixas acústicas multimídias Rádio no pátio com minisystem ou amplificador + caixas acústicas Sistema de caixas acústicas com fio ou sem fio Sistema de transmissor + caixa acustica sem fio

14 3. O USO DO RÁDIO NA SALA DE AULA DE GEOGRAFIA Ter a noção de que a atividade se aplica aos educandos; Fazer uma introdução prévia do que vai ser trabalhado em sala de aula; Apresentar e justificar a importância da atividade; Mostrar os objetivos; Apresentação passo a passo da atividade; Indicar os materiais necessários para a realização da atividade. 3.1 Preparação necessária

15 Na rádio escola: Com a implantação de uma rádio-escola, o professor poderá incentivar os alunos a elaborarem uma programação de acordo com os conteúdos dados em sala de aula a partir dos gêneros radiofônicos: 3.2 Exemplos de utilização Por exemplo: Ao se trabalhar o gênero jornalístico a partir das notícias, os alunos podem montar sua própria programação com a construção de um noticiário, narrando notícias envolvidas com os conteúdos que estão sendo estudados na sala de aula.

16 Assim, através da notícia, pode ser trabalhado: A habilidade de redação; A capacidade de escrita e de expressão; A prática da pesquisa

17 Por meio da programação do rádio: Linha Editorial O que é: Essa é uma atividade que introduz o conceito de linha editorial, tal como é aplicado no radiojornalismo. Importância: É preciso aprender a extrair as possíveis interpretações e opiniões particulares expressas nos meios de comunicação. Estas sempre se manifestam de uma ou de outra forma, ainda que os veículos em si não as propaguem ou as assumam explicitamente. Objetivos: Trabalhar o entendimento da relação entre linha editorial e opinião do ouvinte. Indicação: Para estudantes de ensino médio, nos estágios iniciantes e intermediário.

18 Cont.: Linha editorial Duração: Cerca de uma hora por sessão de trabalho. Dinâmica passo a passo: 1)O mediador providencia a gravação de um programa jornalístico ou agenda a atividade para um horário no qual a transmissão do noticiário acontece em tempo real. O ideal é que essa atividade se desenvolva ao longo de três ou quatro sessões de trabalho. 2) O programa é ouvido com atenção durante um tempo razoável, não excedendo quinze minutos.

19 3) As notícias devem então ser anotadas, observando-se os seguintes aspectos: a) Que instituições são alvo do noticiário? Podem ser governos (União, Estado, Município), entidades privadas ( empresas), organizações civis ( ONGs, fundações) ou outras (igreja, crime organizado, partidos políticos etc.); b) Como pode ser qualificado o teor das notícias que se referem a essas instituições? Podemos defini-lo como favorável, desfavorável ou “neutro” ? c) A emissora de rádio dá o mesmo destaque a todos os tipos de instituição ou privilegia alguns? d) Quanto ao tratamento e a atenção dispensados a cada instituição, é igualitário ou revela ainda que veladamente, uma preferência? Cont.: Linha editorial

20 4) O conjunto de respostas a essas perguntas pode compor um painel do qual sobressaia uma postura política, ideológica e ética que pode ser mais ou menos constante e coerente. Cont.: Linha editorial Material necessário: Rádio, papel e caneta/ lápis. 5) Podemos chamar a esse conjunto de posição de “linha editorial”.

21 Simulação de rádio em sala de aula : De acordo com os gêneros radiofônicos, o professor pode apresentar uma atividade em sala de aula simulando um debate sobre conteúdo estudado. Dessa forma, o professor antes de realizar a atividade, deve incentivar os alunos a buscar informações sobre o conteúdo e formar suas próprias opiniões. Antes, o professor pode dividir a sala em grandes grupos e os mesmos poderam se encarregar de temas divergentes e na realização da atividade os mesmos apresentarão suas opiniões. O ideal é que seja trabalhado um tema de cada vez.

22 4 Questões Abertas Quais os obstáculos para a implantação do projeto rádio- escola em escolas públicas(urbano/ rural)? Como refletir o uso do rádio na escola na atual sociedade informacional?

23 5 REFERÊNCIAS CAVALCANTE, L. de Souza. Mídia na educação: o rádio no processo educativo. Disponível em:. Acesso: Nov./2010. CONSANI, Marciel. Como usar o rádio na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2007.(Coleção Como usar na sala de aula). PONTE FILHO, C. H. da; PATROCÍNIO, K. R. Azevedo. O rádio na escola como instrumento educativo: estudo de caso do programa “Antenados”. Disponível em:. Acesso: Nov./2010. PEREIRA, C M. C.; BARCELOS, M. da C. V.; RIBEIRO, O. J.; CRUZ, D. M. Educação em ondas: o rádio como instrumento e como possibilidade. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. XXIV Congresso Brasileiro de Comunicação-Campo Grande/ MS. Set, Disponível em: < content/uploads/educacaoemondas.pdf >. Acesso em Nov./2010. ZABALA, Antoni. Os materiais curriculares e outros recursos didáticos, in: A prática educativa: como ensinar; tradução Ernani F. da F. Rosa. Porto Alegre: Artmed, 1998, p

24 Estudar Geografia faz bem ! ! !


Carregar ppt "PROJETO CONSTRUINDO FERRAMENTAS PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA MINSTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google