A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Perspectivação Económico-Ética da Educação A Educação perspectivada como “capital simbólico”

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Perspectivação Económico-Ética da Educação A Educação perspectivada como “capital simbólico”"— Transcrição da apresentação:

1 1 Perspectivação Económico-Ética da Educação A Educação perspectivada como “capital simbólico”

2 2 FUNDAMENTOS DA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO COMO CAPITAL SIMBÓLICO Objecto de estudoRelações Sociais Estruturas de Dominação Simbólica Temas de estudo Sistema EscolarPráticas Culturais Finalidade Principio explicativo das relações entre os grupos sociais e a cultura “A Distinção” ConclusõesPráticas Culturais Gostos Culturais Nível de Instrução Origem Social

3 3 “Existir num espaço social é ser diferente, é marcar uma distância entre si mesmo e os outros Diferentes tipos de capital Diferentes grupos sociais Económico SocialCulturalSimbólico Bens, recursos económicos Rede social Recursos intelectuais Imagem social e rituais Classe Dominante Classe Dominada Diversas fracções Os capitais são produtivos Os capitais são relações Os capitais não têm todos o mesmo prestigio As relações sociais além de relações objectivas têm uma dimensão simbólica

4 4 ESPAÇO SOCIAL E ESPAÇO SIMBÓLICO Distribuição dos agentes sociais ou os grupos no espaço social Capital económico Capital cultural Posição no espaço social habitus Principio de autoclassificação e de classificação com base na distinção; Disposições associadas à cultura inculcadas pela socialização Estilos de vida Distinção Diferenças simbólicas

5 5

6 6 “A identidade social afirma-se pela diferença” A distância é simultaneamente material e simbólica Em suma: A vida reproduz-se em campos sociais Em cada campo social lutam diferentes grupos Apropriação do capital habitus Distribuição do capital é arbitrária Capital simbólico

7 7 “capacidade para anular o carácter arbitrário da distribuição de capital fazendo-a passar como sendo natural” Construir a verdade e impor uma visão do mundo social Estabelecer os critérios de diferenciação social Classificar e construir os grupos sociais Violência Simbólica É uma forma de violência que se exerce sobre os indivíduos com a sua aprovação por não a reconhecerem como violência Educação “informal” / Educação familiar / Educação institucionalizada

8 8 Ensino Reprodução Social Distribuição do capital culturalDistribuição do espaço social Estratégias familiares + Lógica da instituição escolar Investem em educação Mantém as diferenças sociais pré- existentes Escolhas com base no habitus

9 9 Escola Reproduz desigualdades sociais Instrumento oculto de dominação Próxima das representações e práticas das classes dominantes Cultura escolar Cultura de classe Habitus Percurso escolar Excelência Social Escola – Ideologia do dom

10 10 Escola – Ideologia do dom Pressuposto: Desigualdades no sucesso escolar Desigualdade de aptidões inatas Escola Garantir oportunidades a todos Consequências: Exclusão das classes dominadas e reforço das classes dominantes Negação de diferenças entre habitus Aculturação das classes dominadas Violência simbólica Efeitos “perversos” da Democratização do Ensino

11 11 CRITICAS À PERSPECTIVA DE BOURDIEU Visão tradicional da sociedade: classes sociais em luta Desadequação da noção de classe social na contemporaneidade Caducidade do conceito de luta de classes Definição dos grupos sociais não ocorre apenas por oposição às classes dominantes Visão estática e ahistórica do processo social Negligencia do papel dos actores sociais


Carregar ppt "1 Perspectivação Económico-Ética da Educação A Educação perspectivada como “capital simbólico”"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google