A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Livro: Sistemas Agroflorestales I Autor: Germán Alonso Vélez (UniSur, Bogota, Colômbia)) Tradução: Teldes Albuquerque (LEIA)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Livro: Sistemas Agroflorestales I Autor: Germán Alonso Vélez (UniSur, Bogota, Colômbia)) Tradução: Teldes Albuquerque (LEIA)"— Transcrição da apresentação:

1 Livro: Sistemas Agroflorestales I Autor: Germán Alonso Vélez (UniSur, Bogota, Colômbia)) Tradução: Teldes Albuquerque (LEIA)

2 Definição O sistema agroflorestal é uma unidade produtiva composta de plantas e animais que são articuladas para obter o maior benefício.

3 Modelos agrícolas Monocultivos: Unidade agrícola com a produção de um único produto. Cultivos associados: Combinam distintas espécies de produto em um mesmo terreno. Ex Café com leguminosas. Rotacional: Alternar através do tempo e sobre o mesmo terreno diferentes tipos de cultivos. Ex Plantar mandioca, feijão e soja em intervalos diferentes.

4 Intercalados: Dois ou mais cultivos de semeadura simultânea no mesmo terreno seguindo um ordenamento de alternância dentro de cada fileira de cultivo ou entre fileiras. Ex. Cultivo em corredores onde a semeadura é feita num cultivo anual ou frutas intercaladas com franjas de leguminosas. Policultivos: Desenvolve uma ampla gama de cultivos diferentes. Ex. Sistemas Agroflorestais indígenas onde na mesma área agrícola se cultiva mais de dez espécies diferentes.

5

6

7 Agroflorestais simultâneos

8

9 Sustentabilidade É a medida da habilidade do agroecosistema para manter a produção ou através do tempo, considerando as restrições ecológicas e pressões socioeconômicas. A produtividade nos sistemas agrícolas não pode ser aumentada indefinidamente e apresentam um ponto de equilíbrio de manejo com os aspectos ambientais.

10 Estabilidade Manter constante a produção com baixo grupo de condições ambientais, econômicas e de manejo. A estabilidade pode ser de manejo, econômica e cultural.

11 Considera: Componentes abióticos (sem vida): energia, o clima, as características físicas do solo e as características fisiograficas da paisagem. Componentes bióticos de um sistema agroflorestal esta composto por plantas, animais e pelo homem (aspectos sociais, culturais e econômicos).

12 Características principais dos sistemas agroflorestais: -Limites -Componentes -Entradas -Saídas -Interações -Hierarquia

13

14 Funções principais dos sistemas agroflorestais: 1.Ciclo de nutrientes nos sistemas agroflorestais 2.Disponibilidade de nutrientes por árvores fixadoras de nitrogênio 3.Controle da erosão 4.Estratificação dos sistemas 5.Regulagem do micro clima 6.Manejo da biodiversidade 7.Estabilidade ecológica 8.Manejo integrado de problemas fitosanitários (ver efeitos positivos e negativos das combinações de plantas). 9.Manejo das pragas e doenças 10.Complementaridade na produção (Compara monocultivos com policultivos)

15 Classificação dos sistemas agroflorestais Sistemas agroflorestais secundários: Migratória (Agroflorestais Indígenas e Agroflorestais de Agricultores). Sistema Taungya (Estabelece cultivos florestais com a combinação de cultivos agrícolas) Sistemas agroflorestais simultâneos Arvores associadas com cultivos anuais (Vantagens de desvantagens)

16 Hortas habitacionais mistas: diferenças fundamentais entre hortas indígenas e de agricultores. Sistemas Agrosilvipastoris - arvores com pastos - pastos com florestas e frutos -cercas vivas e corredores de arvores como barreiras contra o vento (Vantagens e desvantagens).

17 Especies encontradas em Pastos com arvores Croton gossypiifolius Especies lenhosas Gliricidia sepium Moirão vivo Cedrela odorata Cedro, cedro-rosa ou cedro -batata e a Cedrela odorata como cedro-cheiroso. Psidium guajaba Goiaba Guazuma ulmifolia Mutamba Rapanea ferruginea Capororoca Hymenaea courbaril Jatoba Tabebuia rosea Ipe Roxo Inga spp Inga da praia Eugenia jambos Jambo rosa Enterolobium cyclocarpum Timbauva Samanea saman e Arvore da chuva Cassia spectabilis Cassia

18 Arvores com cercas vivas Produzem provinientes das podas (Lenhas, frutas, Mel e Alimentos) As mais usadas são Gliricidia sepium Moirao vivo Dyphisa robirosea Miconia argentea Maria Preta Eugenia jambos Jambo Spondias purpurea Umbuzeiro e Se rigüela.

19 Aspectos gerais sobre a caracterização dos sistemas agroflorestais Num planejamento e desenho de sistemas agroflorestais para uma região deve seguir um procedimento que permita determinar primeiro se é uma alternativa viável e sustentável nos pontos de vistas ecológico, produtivo ou socioeconômico, no qual se muda por meio da caracterização dos agroecosistema existentes e com a identificação dos problemas existentes, das necessidades, dos fatores limitantes e das oportunidades dos sistemas agroflorestais como alternativa de solução.

20 Depois desse processo e se decidido por agrofloresta então se faz o desenho com a participação ativa dos agricultores, buscando a adaptação da tecnologia em melhoramento das práticas agroflorestais e sua utilização. Em seguida se analisa o método de avaliação. Deve-se avaliar a viabilidade ecológica, técnica e socioeconômica dos sistemas agroflorestais e devem-se desenhar as estratégias para difusão, fomento e adaptação por parte dos usuários.

21 Passos para seguir numa caracterização 1.Determinar os limites geográficos da área e os objetivos da caracterização. 2.Levantar dados físicos, biológicos e socioeconômicos da região. 3.Levantar as características dos sistemas de produção existentes. 4.Determinar os problemas, necessidades e oportunidades existentes na área. 5.Analisar os dados anteriores como propósito de determinar se o uso de Sistemas Agroflorestais é factível ou adequada para tal região.

22 Problemas freqüentes nos agroecosistemas X Possíveis alternativas agroflorestais.

23 ProblemaAlternativa do Sistema Agroflorestal Falta de lenha Cercas vivas, parcelas de arvores em pastos, arvores lenhosas em hortas familiares e como sombra de café, cacau e outros cultivos, Erosão Corredores de arvores em curvas de nível, e arvores apropriadas ao longo das nascentes de água Solos degradados Interplantar arvores ou arbustos que fixem nitrogênio e tenham raízes profundas associação de cultivos de arvores, uso de leguminosas no solo. Ventos fortesCortinas com barraventos Falta de alimentação e sombra aos animais Arvores ou arbustos forrageiros em cercas vivas Alimentação humana(Quantidade e Diversidade) Hortas,frutas e criação de animais Delimitação da terraCercas vivas

24 Estabilização da agricultura migratória e redução dos riscos socioeconômicos no sistema produtivo Diversidade na produção com arvores, cultivos de animais,madeiras,plantas medicinais e hortas Competência excessiva por água, luz e nutrientes entre árvores e cultivos associados Modificar os sistemas já existentes com podas drásticas, eliminação de certas arvores.Modificação dos componentes do nível inferior.

25 Perguntas Visite 3 fazendas e obtenha dados sobre as condições socioeconômicas dos donos das propriedades, forma de uso da terra, área produtiva,ver as facilidades e limitações para o mercado dos produtos da fazenda. Reflexões: Com que freqüência os sistemas de monoculturas intensivas não constituem uma alternativa adequada para o uso da terra nos trópicos.Explique porque. Qual é a influência e as funções mais importantes das arvores nos sistemas agroflorestais? Descreva a influencia das arvores sobre: uso da luz, água e nutrientes.

26 Com a ajuda de um mapa que inclua a região de seu trabalho e com a participação dos agricultores que viviam antes e que conheceram a região elabore um mapa esquemático da região, inclua acidentes topográficos, micro bacias, infraestrutura comunitárias, ruas, em fim tudo que possa fazer a caracterização da área para viabilizar a implantação de SAF.

27 FIM


Carregar ppt "Livro: Sistemas Agroflorestales I Autor: Germán Alonso Vélez (UniSur, Bogota, Colômbia)) Tradução: Teldes Albuquerque (LEIA)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google