A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Funcionamento saudável  Ser: ser em relação Organismo / meio.  Saúde: integração organismo / meio em um processo de acomodamento mútuo.  ajustamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Funcionamento saudável  Ser: ser em relação Organismo / meio.  Saúde: integração organismo / meio em um processo de acomodamento mútuo.  ajustamento."— Transcrição da apresentação:

1 Funcionamento saudável  Ser: ser em relação Organismo / meio.  Saúde: integração organismo / meio em um processo de acomodamento mútuo.  ajustamento criativo  Estar saudável é possuir habilidades para lidar eficazmente com qualquer situação que se apresente no aqui agora.  “resolução satisfatória das situações de acordo com a dialética formação e destruição de gestalten” (Joe Latner)  Saúde: auto suporte + fluir na satisfação das necessidades.  Maturidade: passagem de um estado de dependência do suporte ambiental indispensável à sobrevivência, a um estado onde o indivíduo é capaz de sustentar a si mesmo IGTBa Aline Campos Lika Queiroz

2  Personalidade: uma maneira específica e relativamente estável de organizar os componentes cognitivos, emocionais e comportamentais da experiência; o significado (cognitivo) que se atribui aos eventos (comportamental) e os sentimentos (emocional) que acompanham tais eventos permanecem relativamente estáveis ao longo do tempo e dão ao indivíduo um sentido de identidade. Personalidade é esse sentido de identidade e o impacto que isso tem sobre os outros.  Esses processos organizadores podem ser observados na fronteira de contato na forma que o indivíduo utiliza suas funções de contato, modula o seu contato através dos processos de resistência / ajustamento, e utiliza de forma adequada ou não seus sistemas de apoio. Disfunção de contato IGTBa Aline Campos Lika Queiroz

3  Desordem de Personalidade: é um padrão de organização inflexível e mal adaptado dos três componentes básicos da experiência, de formas que o indivíduo experiencia uma diminuição, prejuízo, no seu funcionamento social, profissional, ou uma angústia, desolamento, ou ambos.  A disfunção na fronteira de contato é manifestada em alguma das fases do contato através de modos experienciais específicos; a disfunção é mantida através da resistência / ajustamento (mecanismos de defesa) ao contato e o não utilizar adequadamente os próprios sistemas de apoio (interpessoal, cognitivo, e biológico). Disfunção de contato IGTBa Aline Campos Lika Queiroz

4  Gestalt Terapia: descrever adequadamente o que acontece no limite de contato. Indivíduo: totalidade dinâmica de suas experiências do passado e presente, assim como aspirações e apreensões do futuro, que pode ser percebida no aqui agora, na fronteira de contato. Portanto o diagnóstico é funcionalmente orientado, baseado na forma em que o paciente usa suas funções de contato.  Disfunção de Contato  Desordens Mentais: interferências no processo de formação / destruição das gestalten, resultando em distorções, desequilíbrios na integração básica do ser.  desordens do funcionamento / crescimento do self Disfunções de contato IGTBa Aline Campos Lika Queiroz

5 “Saúde mental nesta perspectiva não representa um estado de graça permanente. Pelo contrário, é a habilidade de se assumir a responsabilidade pela sua própria saúde mental a cada dia, e de lidar com as implicações disto em termos de um cuidado preventivo. Significa acolher pequenas transgressões compensatórias e se amar incluindo as limitações e falhas inevitáveis.” Disfunções de contato IGTBa Aline Campos Lika Queiroz

6  Perspectiva fenomenológica: abordagem baseada no processo, se está mais preocupado com o descrever adequadamente o que esta acontecendo na fronteira de contato do que o hipotetizar sobre os primeiros anos de vida do cliente ou suas motivações inconscientes. A experiência humana se dá em três níveis – o que foi, é, e será; assim, estamos interessados não apenas em saber de onde viemos, como também dos projetos para o futuro, sonhos, aspirações, medos, e o que está acontecendo no momento. Reconhecemos que o indivíduo é a soma das suas experiências do passado e do presente, assim como suas aspirações e apreensões em relação ao futuro. Acreditamos que esta soma dinâmica de experiências pode ser percebida no aqui agora na fronteira de contato. Assim, em termos diagnósticos, somo funcionalmente orientados e não etiologicamente orientados. Disfunções de contato IGTBa Aline Campos Lika Queiroz

7  Ajustamento e resistência ao contato: A experiência na fronteira de contato pode ser modulada através de nove formas diferentes: fixação, deflexão, dessensibilização, introjeção, projeção, proflexão, retroflexào, egotismo e confluência. Quando estes mecanismos são ativados sem awareness, evitando que o indivíduo se nutra ou o envenenando, são chamados de resist6encia ao contato. Quando são usados com awareness e possibilitam que o indivíduo incorpore elementos nutritivos enquanto rejeita o que seja tóxicos, se tornam modos de adaptação ao contato. Cada modo de regulação possui um componente adaptativo e um defensivo. Disfunções de contato IGTBa Aline Campos Lika Queiroz

8  Funções de Contato: São os sub-sistemas do aparato comportamental que mediam na fronteira de contato. O terapeuta está sintonizado em como o paciente usa suas funções de contato desde o primeiro momento em que o contato é estabelecido entre ele e o cliente, na sala de espera, pelo telefone, ou quando o cliente entra no seu consultório. Dados valiosos são obtidos observando-se como o cliente modula suas funções de contato: visão, audição, fala, movimento, toque, aparência. Disfunções de contato IGTBa Aline Campos Lika Queiroz

9  Sistemas de apoio (suporte): Para comunicar- se com o ambiente faz-se necessário que se mova em um espaço físico e psicológico. Para nós, disfunções na fronteira de contato são a essência da psicopatologia, e são mantidas através dos modos de resistência, implicando ou em um completo ignorar os sistemas de apoio ou a sua utilização de tal forma que perpetua a disfunção. O terapeuta irá observar como o indivíduo utiliza seus sistemas de apoio e como ele se beneficia dos suportes ambientais. Disfunções de contato IGTBa Aline Campos Lika Queiroz

10  Sistemas de apoio (suporte): 1. Sistema de suporte interpessoal: a rede de amigos, companheiros íntimos, conhecidos. A qualidade desta rede é freqüentemente um indicador do nível de auto-estima e opinião que o cliente tem de si mesmo. Como ele utiliza esta rede é tão importante como a sua composição. 2. Sistema de apoio cognitivo: utilizado na gestalt-terapia para um reenquadramento e reestruturação cognitiva. O pensamento influencia a mobilização e a canalização de energia. 3. Sistema de apoio biológico: a estrutura óssea, o sistema muscular, o sistema respiratório. O terapeuta observa como o cliente utiliza estas funções de apoio e o ajuda a solidificar seus suportes físicos através da força e do foco. Disfunções de contato IGTBa Aline Campos Lika Queiroz

11  Transação Fenomenológica: Modelo para acompanhar a trajetória das transações entre o organismo e o meio, incorporando três sub-sistemas básicos da experiência humana: modo cognitivo, emocional e comportamental. Acreditamos que comportamento, emoção e pensamento interagem no presente e a reestruturação de um dos modos tem um impacto sobre os outros. 1. Modo cognitivo: locus para se atribuir significados à algo. Pensar, refletir, analisar, ou lembrar. As cognições são coloridas pelas crenças que temos sobre nós mesmos e o mundo. 2. Modo emocional: a variedade de sentimentos que se é capaz de experienciar: medo, alegria, tristeza, raiva etc. 3. Modo comportamental: são as funções de contato do self. Disfunções de contato IGTBa Aline Campos Lika Queiroz


Carregar ppt "Funcionamento saudável  Ser: ser em relação Organismo / meio.  Saúde: integração organismo / meio em um processo de acomodamento mútuo.  ajustamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google