A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DARLA CRISTINA PIATO FONOAUDIOLOGA CRFª 568/MT UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO (USC) BAURU/SP EM 1994 ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA/ UFMT ESPECIALIZAÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DARLA CRISTINA PIATO FONOAUDIOLOGA CRFª 568/MT UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO (USC) BAURU/SP EM 1994 ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA/ UFMT ESPECIALIZAÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1 DARLA CRISTINA PIATO FONOAUDIOLOGA CRFª 568/MT UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO (USC) BAURU/SP EM 1994 ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA/ UFMT ESPECIALIZAÇÃO EM AUDILOGIA/UCDB CONCURSADA NA PREFEITURA MUNICIPAL DE RONDONOPOLIS/MT- DESDE 2004 ATUALMENTE NA FUNÇÃO DE COORDENADORA DO CENTRO DE REABILITAÇÃO NILMO JUNIOR. DESDE 05/2011 CONSULTÓRIO DESDE 1994 AUDIOLOGIA DESDE OUT/1994 ADAPTAÇÃO PROTESE AUDITIVA 2000.

2 A Voz tem um papel fundamental na comunicação e no relacionamento humano. Ela enriquece a transmissão da mensagem articulada, acrescentando à palavra o conteúdo emocional, a entoação, a expressividade, identificando o indivíduo tanto quanto sua fisionomia e impressões digitais. De seu uso satisfatório depende o êxito pessoal e profissional.

3 LARINGE

4 Para Ferreira(1995), a voz é o resultado da combinação de fatores biológicos, psicológicos e sociais, portanto está presente na representação dos vários papéis sociais que as pessoas desempenham no seu dia-a-dia

5 O fonoaudiólogo estuda a voz humana em relação ao organismo, seu uso, e com isto pretende não somente resolver os problemas que surgem, como também ajudar a evitá-los, conscientizando e preparando vocalmente todos os profissionais que utilizam a voz como meio de trabalho

6 COMO CUIDAR DA VOZ Evitar tomar gelado, pois a mudança brusca de temperatura, pode provocar edema e disfonia. Evitar pigarrear. Evitar bebidas alcoólicas, que além de ressecar a prega vocal anestesia, impedindo que o abuso vocal seja momentaneamente percebido e, portanto evitado, complicando a situação em longo prazo. Evitar cigarro, além do ressecamento e mudança térmica provoca acumulo de substancias tóxicas, diminuindo a capacidade respiratória e favorecendo o desenvolvimento de câncer.

7 Evitar fazer uso de pastilhas como Halls, sprays e outros, apesar do alivio imediato, apenas anestesiam momentaneamente o sintoma e não permite o controle do abuso vocal. Evitar competição sonora, em ambientes ruidosos. Evitar alimentos achocolatados derivados do leite e açúcar antes de usar a voz profissionalmente, pois espessam a mucosa impedindo sua livre movimentação

8 Hidratar sempre as cordas vocais, tomar 2 a 4 litros de água por dia sempre em temperatura fresca. Falar com postura de cabeça reta e relaxada, nunca segurar telefone entre os ombros enquanto fala. Manter postura corporal adequada ao falar, não comprimir a região do abdômen (músculo diafragmático).

9 Não utilizar roupas apertadas na região do pescoço e abdômen. Articular bem as palavras não permitindo que sotaques e maneirismos prejudiquem a inteligibilidade do discurso. Realizar exercícios de aquecimento vocal antes do uso profissional da voz. Realizar exercícios de desaquecimento vocal depois do uso profissional da voz. Evitar café, bebidas gasosa, pois irritam a la

10 Evitar alimentos condimentos, porque dificulta a digestão, atrapalha a movimentação do músculo diafragmático. Evitar falar após o uso de medicamentos como: aspirina, calmantes, emagrecedores e diuréticos, pois aumenta à irrigação sanguínea, aumentando a fragilidade capilar, estes também ressecam a mucosa.

11 Mitos e verdades Gengibre ou própolis Bebida alcoólicas (conhaque) Chá de folha de romã. Gargarejo com limão, vinagre e outros. Pastilhas.

12 Hábitos de higiene vocal Beba água, regularmente, em temperatura ambiente, em pequenos goles. A água hidrata as cordas vocais. Coma maçã, ela e adstringente, ela limpa o trato vocal e exercita a musculatura responsável pela articulação das palavras. Mantenha postura corporal adequada. Caso apresente rouquidão por mais de 15 dias procure um especialista, ou seja, o Otorrinolaringologista. Praticar exercícios físicos com regularidade ajuda a respiração e melhora o desempenho da fala. Respiração sempre nasal, porque quando executado pela boca resseca o trato vocal, prejudicando as cordas vocais

13 TÉCNICAS PARA MELHORAR A QUALIDADE VOCAL.

14 RESPIRAÇÃO E POSTURA Posicionar o corpo com adequação Não soltar o peso em cima do abdômen. Manter a musculatura dos ombros relaxada. Respiração diafragmática. Exercícios com bexiga.

15 Exercícios Relaxamento dos ombros: sentado ou de pé, inspirar levantando os ombros para cima o mais que puder. Soltar o ar deixando os ombros caírem. Acompanhar com um suspiro de alívio, deixando toda a tensão sair quando soltar o ar. Pode soltar-se o ar com um AAAHHH!!! Bem sonoro. Repetir algumas vezes. Relaxamento do pescoço: movimentar a cabeça em todas as direções. Primeiro para frente, depois para trás. Movimentar a cabeça para um lado e depois para outro. Por fim fazer rotações completas com a cabeça, deixando-a bem relaxada como se fosse uma “bola solta”, girando-a para um lado e para outro.

16 Motricidade Oral Bocejar Emitir e alternar a vogal oral com a vogal nasal: á - ã; e - en; i - in; o - on; u - um; Fazer gargarejos - com água. Estalar a língua rapidamente, várias vezes. Fazer rotações com a língua contornando os lábios com a boca aberta e também contra os lábios cerrados. Vibração de língua. Dizer muitas vezes iu - iu – iu Vibrar lábios.

17 Exercícios de fala Leitura com rolha (3x com / 1x sem) Leitura do mesmo texto 3 x. Travalínguas. Emissão em concha. Voz salmodiada Mastigação selvagem (m) 1minuto.

18 Agradeço a todos a paciência por me acolherem neste sábado.


Carregar ppt "DARLA CRISTINA PIATO FONOAUDIOLOGA CRFª 568/MT UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO (USC) BAURU/SP EM 1994 ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA/ UFMT ESPECIALIZAÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google