A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

33- O CHAMADO PARA UMA OBRA EQUILIBRADA Ministério do Amor Ellen G White Pr. Marcelo Carvalho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "33- O CHAMADO PARA UMA OBRA EQUILIBRADA Ministério do Amor Ellen G White Pr. Marcelo Carvalho."— Transcrição da apresentação:

1 33- O CHAMADO PARA UMA OBRA EQUILIBRADA Ministério do Amor Ellen G White Pr. Marcelo Carvalho

2 Ecle. 9.10

3 3 Somos representantes de Cristo no mundo. Todo trabalho por Ele deve ser realizado de maneira equilibrada, ordenada, metódica e com eficiência. Para tanto, devemos ser cuidadosos em oferecer equilíbrio necessário para que o trabalho seja realizado a contento.

4 4 1. Por que trabalhar em benefício das classes baixas não deve ser o motivo principal de nossas atividades? (253:2-3)

5 5 Ultimamente [1899] um grande interesse tem surgido em favor dos pobres e excluídos; uma grande obra tem sido iniciada para o reerguimento dos caídos e excluídos. Esta é em si uma boa obra. Devemos ter sempre o Espírito de Cristo e fazer a mesma classe de trabalho que Ele fez pela humanidade sofredora. Ultimamente [1899] um grande interesse tem surgido em favor dos pobres e excluídos; uma grande obra tem sido iniciada para o reerguimento dos caídos e excluídos. Esta é em si uma boa obra. Devemos ter sempre o Espírito de Cristo e fazer a mesma classe de trabalho que Ele fez pela humanidade sofredora.

6 6 O Senhor tem uma obra a ser feita pelos mais pobres. Nada há a objetar visto que é dever de alguns trabalhar entre eles e procurar salvar as pessoas que estão perecendo. Isto terá seu lugar em conexão com a proclamação da terceira mensagem angélica e a aceitação da verdade da Bíblia. O Senhor tem uma obra a ser feita pelos mais pobres. Nada há a objetar visto que é dever de alguns trabalhar entre eles e procurar salvar as pessoas que estão perecendo. Isto terá seu lugar em conexão com a proclamação da terceira mensagem angélica e a aceitação da verdade da Bíblia.

7 7 Mas há o perigo de se sobrecarregar cada pessoa com esta espécie de trabalho, em vista da intensidade com que é conduzido. Há o perigo de homens de liderança centralizarem suas energias neste setor, quando Deus os chamou para outra espécie de trabalho. Mas há o perigo de se sobrecarregar cada pessoa com esta espécie de trabalho, em vista da intensidade com que é conduzido. Há o perigo de homens de liderança centralizarem suas energias neste setor, quando Deus os chamou para outra espécie de trabalho.

8 8 A grande questão de nosso dever para com a humanidade é séria, e muito da graça de Deus é necessário em como trabalhar de maneira a promover o maior bem. Nem todos são chamados a iniciar o seu trabalho servindo as classes mais baixas. Deus não requer que Seus obreiros obtenham sua educação e treino para se devotarem exclusivamente a essas classes. A grande questão de nosso dever para com a humanidade é séria, e muito da graça de Deus é necessário em como trabalhar de maneira a promover o maior bem. Nem todos são chamados a iniciar o seu trabalho servindo as classes mais baixas. Deus não requer que Seus obreiros obtenham sua educação e treino para se devotarem exclusivamente a essas classes.

9 9 A operação de Deus é manifestada de maneira a estabelecer confiança no fato de que a obra é de Seu conselho, e que saudáveis princípios sustentam cada ação. Mas eu tenho recebido instrução de Deus de que há perigo de planejar para os mais pobres de tal maneira que haverá movimentos espasmódicos ou não contínuos. A operação de Deus é manifestada de maneira a estabelecer confiança no fato de que a obra é de Seu conselho, e que saudáveis princípios sustentam cada ação. Mas eu tenho recebido instrução de Deus de que há perigo de planejar para os mais pobres de tal maneira que haverá movimentos espasmódicos ou não contínuos.

10 10 Isso não produzirá resultados realmente benéficos. Uma classe será encorajada a fazer uma espécie de trabalho que resultará no mínimo em fortalecer todas as partes da obra pela ação harmoniosa. Isso não produzirá resultados realmente benéficos. Uma classe será encorajada a fazer uma espécie de trabalho que resultará no mínimo em fortalecer todas as partes da obra pela ação harmoniosa.

11 11 2. O Senhor tem dado aos Seus obreiros a idéia de que eles foram chamados para construir abrigos às mulheres e crianças abandonadas? Por quê? (255:2 e3)

12 12 Precisamos falar claramente com respeito a algumas coisas que precisam ser consideradas com cautela. Não nos devemos dedicar ao trabalho de manter lares para mulheres abandonadas ou crianças. Esta responsabilidade pode melhor ser satisfeita por famílias que devem cuidar dos que necessitam ajuda neste setor. Precisamos falar claramente com respeito a algumas coisas que precisam ser consideradas com cautela. Não nos devemos dedicar ao trabalho de manter lares para mulheres abandonadas ou crianças. Esta responsabilidade pode melhor ser satisfeita por famílias que devem cuidar dos que necessitam ajuda neste setor.

13 13 O Senhor não nos dá indicações de que devemos construir edifícios para o cuidado de crianças, embora esta seja uma boa obra para o presente tempo. Deixai que o mundo faça tudo que desejar nesse sentido. O Senhor não nos dá indicações de que devemos construir edifícios para o cuidado de crianças, embora esta seja uma boa obra para o presente tempo. Deixai que o mundo faça tudo que desejar nesse sentido.

14 14 Nosso tempo e meios devem ser investidos numa orientação diferente de trabalho. Precisamos levar a última mensagem de misericórdia da maneira mais apropriada para alcançar os que nas igrejas estão famintos e orando por luz. Nosso tempo e meios devem ser investidos numa orientação diferente de trabalho. Precisamos levar a última mensagem de misericórdia da maneira mais apropriada para alcançar os que nas igrejas estão famintos e orando por luz.

15 15 3. Ellen White, na página 255:2 e 3, faz a seguinte citação: "Não nos deve-mos dedicar ao trabalho de manter lares para mulheres abandonadas ou crianças....

16 16 O Senhor não nos dá indicações de que devemos construir edifícios para o cuidado de crianças, embora esta seja uma boa obra para o presente tempo." Como harmonizar essa citação com as atividades sociais que a igreja realiza?

17 17 4. Há pessoas "preparadas" para trabalhar nos lugares inferiores da Terra? Se a resposta for positiva, então quem seriam essas pessoas? (256:0)

18 18 Há campos completamente prontos para a ceifa, e todo o tempo e dinheiro não devem ser devotados à busca dos que pela indulgência para com o apetite têm-se exercitado na poluição. Alguns desses podem ser salvos. Há campos completamente prontos para a ceifa, e todo o tempo e dinheiro não devem ser devotados à busca dos que pela indulgência para com o apetite têm-se exercitado na poluição. Alguns desses podem ser salvos.

19 19 E há os que podem trabalhar nos lugares inferiores da Terra sem se corromperem no caráter. Mas não é seguro dedicarem-se rapazes e moças a esta espécie de trabalho. O experimento sairia caro. Assim os que poderiam trabalhar em setores de importância ficariam desqualificados para qualquer espécie de trabalho.... E há os que podem trabalhar nos lugares inferiores da Terra sem se corromperem no caráter. Mas não é seguro dedicarem-se rapazes e moças a esta espécie de trabalho. O experimento sairia caro. Assim os que poderiam trabalhar em setores de importância ficariam desqualificados para qualquer espécie de trabalho....

20 20 5. O que Ellen White nos diz acerca do sustento do mundo e não das igrejas? (256:2)

21 21 Constante trabalho deve ser feito pelos da classe baixa, mas isto não deve tornar-se todo-absorvente.... Ninguém deve visitar agora nossas igrejas e na presente situação arrancar delas fundos para sustentar a obra de libertar os excluídos.

22 22 Os meios para o sustento dessa obra devem vir, e virão, em grande parte dos que não são de nossa fé. Dediquem-se as igrejas à obra que lhes é indicada de apresentar verdades dos oráculos de Deus nos pontos de maior importância.

23 23 O Senhor chamou os adventistas para fazerem a obra em todos os lugares, visando sempre salvar a todos. Entretanto, Ele não deseja que se monopolizem obreiros ou se esgotem seus recursos sem equilíbrio e sábio discernimento.

24 24 Uni-vos! FADMinas


Carregar ppt "33- O CHAMADO PARA UMA OBRA EQUILIBRADA Ministério do Amor Ellen G White Pr. Marcelo Carvalho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google