A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTRODUÇÃO As colonizações ibéricas na América estavam limitadas. Com raras exceções, terras na África e Ásia não foram ocupadas. Ali os europeus se limitavam.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTRODUÇÃO As colonizações ibéricas na América estavam limitadas. Com raras exceções, terras na África e Ásia não foram ocupadas. Ali os europeus se limitavam."— Transcrição da apresentação:

1

2 INTRODUÇÃO As colonizações ibéricas na América estavam limitadas. Com raras exceções, terras na África e Ásia não foram ocupadas. Ali os europeus se limitavam ao comércio principalmente de especiarias. Os países ibéricos não tinham condições econômicas de explorar esse comércio. Começou então uma nova corrida colonial das emergentes potências européias, como Inglaterra, França, Alemanha e Itália.

3 Essa expansão foi incentivada pelas grandes industrias que buscavam matéria-prima, mercados e regiões para investir os capitais disponíveis. A causa principal desta expansão esta ligada a 2ª revolução industrial, que teve como conseqüência o grande crescimento da produção. Formando os grandes monopólios

4 Essa fase também é conhecida como CAPITALISMO MONOPOLISTA, ou, FINANCEIRO. Caracterizado pela dominação econômica, política, social e cultural dos países ricos sobre as regiões dominadas.

5 AMÉRICA LATINA Na América latina, o domínio se deu através da economia, pois tinha,tem, uma economia dependente do mercado internacional, principalmente dos Ingleses.

6 ÁFRICA E ÁSIA Ocorreu o domínio político também, sendo criadas várias colônias.

7 DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO O imperialismo aprofundou essa divisão, a qual os países pobres deveriam continuaram a produzir produtos tropicais e regionais. Resguardando para os países centrais a produção industrial. Levando a dominação e a dependência econômica e política das nações mais pobres.

8 CONFERÊNCIA DE BERLIM-1875 Partilhar a África e a Ásia

9 OBJETIVOS Busca de matéria-prima para as indústrias européias. Busca por mercados consumidores Necessidade de mão-de-obra barata Aumentar a imigração:Diminuindo a população européia, enfraquecendo os movimentos sociais e diminuindo as tensões sociais.

10

11 IDEOLOGIA O europeu estendendo a mão para os países pobres, ajudando-os a se desenvolver. A MISSÃO DO HOMEM BRANCO:Levar a civilização a esses povos.

12 DARWINISMO SOCIAL:O homem branco e europeu, desenvolvido, tinha obrigação e necessidade de ajudar os povos mais “atrasados”. KIPLING:O fardo do homem branco, defendia o carater civilizador do imperialismo. “ Assumi o fardo do homem branco. Enviai o melhor de vossos filhos.Condenai os vossos filhos ao exílio para que sejam servidores de seus cativos.”

13 ÁFRICA De fato em Em 1900, 90,4% do território africano estava sob domínio Europeu. A busca pela plena dominação britânica, levou a guerra dos BOERS, contra agricultores de origem holandesa.

14 ÁSIA

15 Região muito rica, com recursos naturais de toda a sorte. Grande quantidade populacional, salários muito baixos levando a produção asiática a se tornar muito barata. Os britânicos eram a maior potência da região, influenciando a política, administrativa e economicamente.

16 JAPÃO O Japão, abre suas portas para a abertura política, na metade do século XIX. REVOLUÇÃO MEIJI:Políticas de modernização do estado japonês, fim do feudalismo e inicio da revolução industrial. Japão integra as disputas imperialistas.

17 Oriente médio, sob domínio inglês. Assegurando o controle do petróleo. Para controlar o comércio com a China, a Inglaterra entra no contrabando do Ópio, desagradando às autoridades chinesas. Os chineses se opõem a política inglesa: Guerras do Ópio, vencidas pelos ingleses, que levam a China a assinar o TRATADO DE NANKIN. Pelo qual Hong Kong pertenceria a Inglaterra.

18 França coloniza todo o sudeste asiático, INDOCHINA FRANCESA, onde era explorado principalmente o látex.

19 CONSEQUÊNCIAS INGLATERRA GRANDE POTÊNCIA MUNDIAL. A conhecida ERA VITORIANA. Período de forte conservadorismo inglês. RIVALIDADES ENTRE AS POTÊNCIAS:Emergência da Alemanha como potência industrial – União da França com Inglaterra para conter o avanço Alemão com as políticas imperialistas. São essas rivalidades que levou o mundo a primeira guerra mundial.

20 Para evitar o revanchismo francês e a crescente oposição inglesa, Bismarck criou uma POLÍTICA INTERNACIONAL DE ALIANÇAS: TRÍPLICE ALIANÇA-1882 TRÍPLICE ENTENTE-1907 ALEMANHA ÁUSTRIA-HUNGRIA ITÁLIA FRANÇA INGLATERRA RÚSSIA

21 ECONOMIA LIBERAL SUFOCADA: Pois os monopólios precisavam dos apoios dos governos para a conquista de novos mercados. DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA BÉLICA:Que era um verdadeiro barril de pólvora, período conhecido como PAZ ARMADA.

22


Carregar ppt "INTRODUÇÃO As colonizações ibéricas na América estavam limitadas. Com raras exceções, terras na África e Ásia não foram ocupadas. Ali os europeus se limitavam."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google