A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Princípios de Preparo pré-operatório Unigranrio Faculdade de Medicina CCAI – Clin. Cirúrgica do adulto e do Idoso.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Princípios de Preparo pré-operatório Unigranrio Faculdade de Medicina CCAI – Clin. Cirúrgica do adulto e do Idoso."— Transcrição da apresentação:

1 Princípios de Preparo pré-operatório Unigranrio Faculdade de Medicina CCAI – Clin. Cirúrgica do adulto e do Idoso

2 Princípios de preparo pré-operatório Introdução Introdução Visa evitar a ocorrência de problemas pré e pós-operatórios Visa evitar a ocorrência de problemas pré e pós-operatórios Desenvolvimento assepsia Qualidade Desenvolvimento assepsia Qualidade anti-sepsia cirúrgica anti-sepsia cirúrgica Parâmetros de avaliação Parâmetros de avaliação Risco-benefício Risco-benefício Fatores que afetam risco Idade > 70 anos Condições físicas globais Eletiva X emergência Extensão do procedimento Doenças associadas

3 Princípios de preparo pré-operatório Relação Médico-paciente Relação Médico-paciente Confiança Confiança Comunicação Comunicação Compreensão plena pelo paciente Compreensão plena pelo paciente Permissão específica Permissão específica Explicar todos os riscos Explicar todos os riscos Preparo geral do paciente Preparo geral do paciente Importante: Tempo de evolução da doença Preparo psicológico Preparo psicológico Preparo fisiológico Preparo fisiológico Preparo fisiológico Volemia Estado nutricional/ perda ponderal Sistemas Cardiovascular Respiratório Respiratório Renal Renal Hepático Hepático Doenças sistêmicas associadas Preparos específicos EnemasFumoAntibióticos

4 Princípios de preparo pré-operatório Volemia Volemia Processos crônicos anemia com volemia normal Processos crônicos anemia com volemia normal AnemiaFCtrabalho cardíacoINFARTO AnemiaFCtrabalho cardíacoINFARTO Mínimo pra procedimentos seguros: Hb≥10 g/100ml Mínimo pra procedimentos seguros: Hb≥10 g/100ml Reposição hidroeletrolítica: Em pacientes com perdas Reposição hidroeletrolítica: Em pacientes com perdas Avaliação mais fiel: Débito urinário Avaliação mais fiel: Débito urinário ÊmesesDiarréias Lesões renais Queimaduras Desnutrição grave Perdas ocultas

5 Princípios de preparo pré-operatório Avaliação nutricional Avaliação nutricional Utilizado apenas em cirurgias eletivas Utilizado apenas em cirurgias eletivas Importante nas doenças consuptivas e/ou crônicas Importante nas doenças consuptivas e/ou crônicas Câncer Câncer Pancreatites Pancreatites Alcoolismo Alcoolismo Melhora muito o prognóstico Melhora muito o prognóstico Controvérsia: “ alimentar o câncer?” Controvérsia: “ alimentar o câncer?” Como avaliar? Como avaliar? Laboratório: Ptns totais e frações Avaliação física nutricional Perda ponderal X tempo de evolução Índice de massa corporal (IMC)

6 Princípios de preparo pré-operatório Sistema cardiovascular Sistema cardiovascular É a avaliação da capacidade cardíaca É a avaliação da capacidade cardíaca TestesRisco cardíaco goldman / ASA TestesRisco cardíaco goldman / ASA ECG / ecocardiograma Teste de esforço Holter = MAPA Sistema respiratório Sistema respiratório Avaliação pneumológica Terapias profiláticas Fisioterapia Escala de ASA I – Saudável II – Doença sistêmica leve III – Dça sistêmica severa, não incapacitante IV – Dça sistêmica severa em tratamento, comorbidade V – Moribundo VI – Doador cadáver E – Procedimentos de emergência Fatores de risco Cir. Torácica / abdome superior Cir. Torácica / abdome superior História de DPOC História de DPOC Tosse produtiva pré-op Tosse produtiva pré-op Tempo de anestesia ≥3 horas Tempo de anestesia ≥3 horas Tabagismo Tabagismo Idade > 60 anos Idade > 60 anos Obesidade Obesidade

7 Princípios de preparo pré-operatório Sistema renal Sistema renal Avaliação pré-operatória da função renal Avaliação pré-operatória da função renal Evitar problemas no per- operatório (necrose tubular aguda) Evitar problemas no per- operatório (necrose tubular aguda) Cuidados com prostatismo (ITU e obstruções pós-renais) Cuidados com prostatismo (ITU e obstruções pós-renais) Exames: Uréia Exames: UréiaCreatinina Sódio SódioPotássio Clearance creatinina EAS EAS Cultura/antibiograma Cultura/antibiograma Função hepática Função hepática Fundamental para o sucesso do procedimento Regulação de vários sistemas orgânicos e depuração Avaliação: Bilirrubinas Ptns totais e frações Provas de função hepática Coagulograma Inviabilizam cirurgia Child C Bilirrubinas≥3mg % Albumina ≤ 3mg % Desnutrição

8 Princípios de preparo pré-operatório Doenças Sistêmicas associadas Princípios de preparo pré-operatório Doenças Sistêmicas associadas Hipertensão Arterial Hipertensão Arterial Controle ambulatorial pré-op Controle ambulatorial pré-op Uso de medicamentos rigoroso Uso de medicamentos rigoroso Avaliação cardiovascular Avaliação cardiovascular Uso de medicação até o dia da cirurgia Uso de medicação até o dia da cirurgia Associação de fármacos conforme necessário Associação de fármacos conforme necessário Diabetes Mellitus Diabetes Mellitus Controle glicêmico / curva glicêmica Suspensão de hipoglicemiantes orais 72 hs antes do procedimento Avaliação pré-operatória de lesões em órgãos-alvo

9 Princípios de preparo pré-operatório Rotina pré-operatória básica Rotina pré-operatória básica Exame físico minucioso, geral e dirigido Exame físico minucioso, geral e dirigido Exames complementares Exames complementares Sangue: Hemograma completo, glicemia, dosagens de eletrólitos, uréia, creatinina, coagulograma, TAP/PTT Sangue: Hemograma completo, glicemia, dosagens de eletrólitos, uréia, creatinina, coagulograma, TAP/PTT Outros: Proteínas totais e frações, Bilirrubina total e frações, provas de função hepática Urina: EAS, cultura com antibiograma Urina: EAS, cultura com antibiograma Eletrocardiograma Eletrocardiograma Telerradiografia de tórax AP e perfil Telerradiografia de tórax AP e perfil Avaliação de risco cirúrgico-anestésico (varia com a idade) Avaliação de risco cirúrgico-anestésico (varia com a idade)

10 Princípios de preparo pré-operatório Preparos específicos Preparos específicos Cirurgias limpas X potencialmente contaminadas X contaminadas Cirurgias limpas X potencialmente contaminadas X contaminadas Profilaxia do tromboembolismo Profilaxia do tromboembolismo Cirurgias dos cólons Preparo intestinal (enemas, reposição volêmica, antibioticoterapia) Preparo intestinal (enemas, reposição volêmica, antibioticoterapia) Estado nutricional Estado nutricional Informar ao paciente dos procedimentos Informar ao paciente dos procedimentos Cirurgias de vias biliares Avaliação do sistema de coagulação Avaliação do sistema de coagulação Reposição de vitamina K Icterícia Reposição de vitamina K Icterícia Cirurgias Gástricas Preparo intestinal Preparo intestinal Cateterismo nasogástrico e lavagem gástrica Cateterismo nasogástrico e lavagem gástrica Estado nutricional Estado nutricional Reposição hidroeletrolítica Reposição hidroeletrolítica Antibioticoterapia Antibioticoterapia

11 Cuidados pós-operatórios básicos Objetivos Objetivos Perceber alterações patológicas em seus pródromos, evitando complicações maiores Perceber alterações patológicas em seus pródromos, evitando complicações maiores Mais comunsPulmonares Mais comunsPulmonaresCardiovascularesInfecciosos Distúrbios hidroeletrolíticos Febre Manipular adequadamente sondas e drenos Manipular adequadamente sondas e drenos Evitar desconforto ao paciente (dor, vômitos) Evitar desconforto ao paciente (dor, vômitos) Controle de infecções ou sua profilaxia Controle de infecções ou sua profilaxia Saber interpretar adequadamente as alterações de sinais vitais e perdas Saber interpretar adequadamente as alterações de sinais vitais e perdas

12 Cuidados pós-operatórios básicos Febre pós-operatória Febre pós-operatória Causa de desconforto aos pacientes e interpretação por vezes errônea pelos profissionais Causa de desconforto aos pacientes e interpretação por vezes errônea pelos profissionais Até 24 hs de pós-operatório Resposta endócrino-metabólica ao trauma Resposta endócrino-metabólica ao trauma De 24 hs a 48 hs de pós-operatório Atelectasias pulmonares Atelectasias pulmonares Retenção de secreções brônquicas Retenção de secreções brônquicas Após 72 hs de pós-operatório Infecção de ferida operatória Infecção de ferida operatória Infecção urinária (sonda vesical) Infecção urinária (sonda vesical) Flebites Flebites Tromboses venosas profundas Tromboses venosas profundas Após 5° dia de pós-operatório Deiscência de anastomoses Deiscência de anastomoses Abscessos intracavitários Abscessos intracavitários Pneumonias (após IOT) Pneumonias (após IOT)


Carregar ppt "Princípios de Preparo pré-operatório Unigranrio Faculdade de Medicina CCAI – Clin. Cirúrgica do adulto e do Idoso."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google