A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

2011. Racionalizar o uso da água significa usá-la sem desperdício e considerá-la uma prioridade social e ambiental, para que a água tratada nunca falte.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "2011. Racionalizar o uso da água significa usá-la sem desperdício e considerá-la uma prioridade social e ambiental, para que a água tratada nunca falte."— Transcrição da apresentação:

1 2011

2 Racionalizar o uso da água significa usá-la sem desperdício e considerá-la uma prioridade social e ambiental, para que a água tratada nunca falte nas torneiras. Assim, se por uma torneira defeituosa cair uma gota de água a cada segundo e, em uma hora, o volume de água desperdiçado for de 0,18 litro, é correto afirmar que o volume de uma gota d’água é igual, em m 3, a 01) 2,0.10 −4 02) 5,0.10 −5 03) 4,0.10 −6 04) 4,0.10 −9 05) 5,0.10 −8

3 Se para 3600 gotas temos 0,18 litro. Para uma gota teremos (0,18/3600) litro.

4 Considere um móvel que percorre a metade de uma pista circular de raio igual a 10,0m em 10,0s. Adotando-se como sendo e π igual a 3, é correto afirmar: 01) O espaço percorrido pelo móvel é igual a 60,0m. 02) A velocidade vetorial média do móvel tem módulo igual a 2,0m/s. 03) O deslocamento vetorial do móvel tem módulo igual a 10,0m. 04) O módulo da velocidade escalar média do móvel é igual a 1,5m/s. 05) A velocidade vetorial média e a velocidade escalar média do móvel têm a mesma intensidade.

5

6 Um veículo automotivo, munido de freios que reduzem a velocidade de 5,0m/s, em cada segundo, realiza movimento retilíneo uniforme com velocidade de módulo igual a 10,0m/s. Em determinado instante, o motorista avista um obstáculo e os freios são acionados. Considerando-se que o tempo de reação do motorista é de 0,5s, a distância que o veículo percorre, até parar, é igual, em m, a 01) 5,0 02) 7,0 03) 10,0 04) 15,0 05) 17,0

7

8 Considere uma força de intensidade constante sendo aplicada a uma caixa de massa m que se encontra sobre uma superfície plana e horizontal. Sabendo-se que a direção da força é paralela à superfície, o coeficiente de atrito estático entre a caixa e a superfície é igual a μ, o módulo da aceleração da gravidade local é igual a g e que a caixa está na iminência de movimento, é correto afirmar que a resultante das forças de contato que a caixa recebe da superfície tem módulo igual a 01) mg 02) μmg 03) (1 + μ)mg 04) mg(1 + μ 2 ) 1/2 05) (mg)−1(1− μ 2 ) 1/2

9

10 A figura representa uma parte de um toca-discos que opera nas freqüências de 33rpm, 45rpm e 78rpm. Uma peça metálica, cilíndrica C, apresentando três regiões I, II e III de raios, respectivamente, iguais a R 1, R 2 e R 3, que gira no sentido indicado, acoplada ao eixo de um motor. Um disco rígido de borracha D, de raio R D, entra em contato com uma das regiões da peça C, adquirindo, assim, um movimento de rotação. Esse disco também está em contato com o prato P, sobre o qual é colocado o disco fonográfico. Quando se aciona o comando para passar de uma freqüência para outra, o disco D desloca-se para cima ou para baixo, entrando em contato com outra região da peça C. A análise da figura, com base nos conhecimentos sobre movimento circular uniforme, permite afirmar: 01) A velocidade linear de um ponto periférico da região I, do cilindro C, é igual a 2,6πR 1 cm/s, com raio medido em cm. 02) A peça C e o disco D realizam movimentos de rotação com a mesma velocidade angular. 03) O disco D e o prato P executam movimentos de rotação com a mesma freqüência. 04) Todos os pontos periféricos da peça C têm a mesma velocidade linear. 05) A freqüência do disco D é igual a 0,75R2/RD.

11 Para eixos diferentes teremos a mesma velocidade linear V 2 =V R

12 Galileu, ao estudar problemas relativos a um movimento composto, propôs o princípio da independência dos movimentos simultâneos — um móvel que descreve um movimento composto, cada um dos movimentos componentes se realiza como se os demais não existissem e no mesmo intervalo de tempo. Assim, considere um corpo lançado obliquamente a partir do solo sob ângulo de tiro de 45º e com velocidade de módulo igual a 10,0m/s. Desprezando-se a resistência do ar, admitindo-se que o módulo da aceleração da gravidade local é igual a 10m/s 2 e sabendo-se que cos45º=sen45º=, é correto afirmar: 01) O alcance do lançamento é igual a 5,0m. 02) A altura máxima atingida pelo corpo é igual a 10,0m. 03) O tempo total do movimento é igual a. 04) O corpo atinge a altura máxima com velocidade nula. 05) A velocidade escalar mínima do movimento é igual a 10,0m/s.

13

14 A figura representa as forças que atuam sobre um piloto que tomba sua motocicleta em uma curva para percorrê-la com maior velocidade. Sabendo-se que a massa do conjunto moto-piloto é igual a m, a inclinação do eixo do corpo do piloto em relação à pista é θ, o módulo da aceleração da gravidade local é g e que o raio da curva circular é igual a R, contida em um plano horizontal, em movimento circular uniforme, é correto afirmar que a energia cinética do conjunto moto-piloto é dada pela expressão

15

16

17 Muitas vezes, uma pessoa se surpreende com o aumento de consumo de combustível apresentado por um veículo que faz uma viagem em alta velocidade. Considere uma situação em que a intensidade da força total de resistência ao movimento, Fr, seja proporcional ao quadrado da intensidade da velocidade v do veículo. Se o veículo descrever movimento retilíneo e uniforme e duplicar o módulo da sua velocidade, então a potência desenvolvida pelo motor será multiplicada por 01) 4 02) 6 03) 8 04) 10 05) 12

18

19 O progresso alcançado até hoje, no campo da Física, baseou-se nas investigações e nas descobertas das diferentes modalidades de energia e na constatação de que as várias formas de energia obedecem a um princípio de conservação. A figura representa a trajetória descrita por um bloco sobre uma superfície circular de raio R. O bloco parte do repouso, de um ponto A, desliza sem atrito e, ao atingir o ponto B, perde o contato com a superfície. Sabendo-se que o módulo da aceleração da gravidade local é g e desprezando-se a resistência do ar, o valor de cos θ, determinado com base na conservação da energia mecânica, é igual a (02)

20

21 Uma esfera de massa igual a 2,0kg, inicialmente em repouso sobre o solo, é puxada verticalmente para cima por uma força constante de módulo igual a 30,0N, durante 2,0s. Desprezando-se a resistência do ar e considerando- se o módulo da aceleração da gravidade local igual a 10m/s 2, a intensidade da velocidade da esfera, no final de 2,0s, é igual, em m/s, a 01) 4,0 02) 5,0 03) 6,0 04) 8,0 05) 10,0

22

23 Considere um tubo em forma de U, contendo água, de densidade 1,0g/cm 3, e mercúrio, de densidade 13,6g/cm 3, em equilíbrio. Sabendo-se que o módulo da aceleração da gravidade local é igual a 10m/s 2 e que a altura da coluna de mercúrio, medida a partir de separação, é de 5,0cm, é correto afirmar que a altura da coluna de água, medida a partir do mesmo nível da superfície de separação, é igual, em cm, a 01) 68,0 02) 54,4 03) 40,8 04) 27,2 05) 13,6

24

25 Considere uma barra de liga metálica, com densidade linear de 2,4.10 −3 g/mm, submetida a uma variação de temperatura, dilatando-se 3,0mm. Sabendo-se que o coeficiente de dilatação linear e o calor específico da liga são, respectivamente, iguais a 2,0.10 −5 ºC −1 e a 0,2 cal/gºC, a quantidade de calor absorvida pela barra nessa dilatação é igual, em cal, a 01) 245,0 02) 132,0 03) 120,0 04) 80,0 05) 72,0

26

27

28 Considere 4,0mols de um gás ideal, inicialmente a 2,0ºC, que descrevem um ciclo, conforme a figura. Sabendo-se que a constante dos gases R = 0,082atm L/mol.K e 1,0atm = 1, Pa, a análise da figura permite afirmar: 01) O sistema apresenta a energia interna máxima no ponto D. 02) O trabalho realizado pelo gás, em cada ciclo, é aproximadamente igual a 180,0W/s. 03) O sistema recebe, ao realizar a compressão isotérmica, 86,01J de energia. 04) A temperatura da isoterma que contém o ponto C é igual a 27,0ºC. 05) O sistema, ao realizar a expansão isobárica, apresenta a variação da temperatura de 67,0K.

29

30 A análise da figura que representa o esquema de formação de imagens em um microscópio composto, um instrumento óptico que possui componentes básicos que são duas lentes, a objetiva e a ocular, que permitem a observação de pequenos objetos com bastante ampliação, permite afirmar: 01) A lente objetiva e a ocular possuem bordas grossas. 02) A imagem A’B’, em relação à ocular, é um objeto virtual. 03) O valor absoluto da razão entre y’’ e y é a ampliação fornecida pelo microscópio. 04) A imagem formada pelo microscópio, A’’B’’, é virtual em relação à objetiva. 05) A distância entre a objetiva e a ocular é igual à soma das distâncias focais das lentes objetiva e ocular.

31 A figura representa uma corda ideal, de densidade linear μ, fixa no ponto A, passando pela roldana sem atrito em B e sustentando um bloco de densidade μ b e volume V. O conjunto se encontra imerso na água, de densidade μ a. Sabendo-se que o comprimento do trecho horizontal é de L, o módulo da aceleração da gravidade local é igual a g e que, tangendo a corda no ponto médio, ela vibra no modo fundamental, a frequência de vibração da corda é igual, em Hz, a 01) [μ/(μ b − μ a )VgL]1/2 02) [Vg (μ b − μ a )/μ]1/2/2L 03) 2L[μ/(μ b − μ a )Vg]1/2 04) [Vg(μ b − μ a )/μ]1/2/L 05) L[μ/(μ b − μ a )Vg]1/2

32

33

34 Considere um modelo clássico de um átomo de hidrogênio, onde um elétron, de massa m e carga –q, descreve um movimento circular uniforme, de raio R, com velocidade de módulo v, em torno do núcleo. A análise das informações, com base nos conhecimentos da Física, permite concluir: 01) A intensidade da corrente elétrica estabelecida na órbita é igual a qv/R. 02) O núcleo de hidrogênio apresenta, em seu entorno, um campo elétrico e um campo magnético. 03) O trabalho realizado pela força de atração que o núcleo exerce sobre o elétron é motor. 04) A resultante centrípeta é a força de atração eletrostática que o elétron exerce sobre o núcleo. 05) O raio da órbita é igual a kq 2 /mv 2, sendo k a constante eletrostática do meio.

35

36 A figura representa o esquema de funcionamento de um gerador eletrostático. Com base na figura e nos conhecimentos sobre as propriedades físicas oriundas de cargas elétricas em repouso, é correto afirmar: 01) O campo elétrico entre a superfície interna e a externa da esfera metálica é uniforme e constante. 02) As cargas positivas migram para a Terra quando um fio condutor conecta a esfera metálica à Terra. 03) O potencial elétrico de um ponto da superfície externa da esfera metálica é maior do que o potencial elétrico no centro desta esfera. 04) As duas pontas de uma lâmina de alumínio dobrado ao meio e fixa na parte interna da esfera metálica exercem entre si força de repulsão eletrostática. 05) As cargas se acumulam na esfera, enquanto a intensidade do campo elétrico gerado por essas cargas é menor do que a rigidez dielétrica do ar.

37 A figura representa o esquema de um circuito elétrico de uma lanterna. Considerando- se que a força eletromotriz e a resistência interna de cada pilha, respectivamente, iguais a 3,0V e 0,5Ω, a resistência elétrica da lâmpada igual a 5,0Ω e que da lanterna sai um feixe de luz cilíndrico, de raio igual a 5,0cm, pode-se afirmar que a intensidade luminosa da lâmpada da lanterna é igual, em W/m 2, a 01) π − ) 2,5π − ) 2π − ) 5π − ) 5π −1.10 5

38

39 A figura representa uma partícula eletrizada, de massa m e carga q, descrevendo um movimento retilíneo e uniforme, com velocidade de módulo v, que penetra e sai da região onde existe um campo magnético uniforme de módulo B. Sabendo-se que a partícula abandona a região do campo no ponto P, é correto afirmar:

40

41 Uma haste condutora, de comprimento igual a 1,0m e de peso igual a 10,0N, cai a partir do repouso, deslizando nos fios metálicos dispostos no plano vertical e interligados por um resistor de resistência elétrica igual a 1,0Ω, conforme a figura. Desprezando-se a forças dissipativas e sabendo-se que o conjunto está imerso na região de um campo magnético uniforme de intensidade igual a 1,0T, o módulo da velocidade máxima atingida pela haste é igual, em m/s, a 01) 10,0 02) 15,0 03) 21,0 04) 25,0 05) 30,0

42


Carregar ppt "2011. Racionalizar o uso da água significa usá-la sem desperdício e considerá-la uma prioridade social e ambiental, para que a água tratada nunca falte."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google