A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Histórico do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP) na Saúde Suplementar CRP – SP 2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Histórico do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP) na Saúde Suplementar CRP – SP 2008."— Transcrição da apresentação:

1 Histórico do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP) na Saúde Suplementar CRP – SP 2008

2 GT Mercado de Trabalho 3 Início em CRP-SP e Sindicato dos Psicólogos no Estado de São Paulo (SINPSI-SP) 3 Motivos - demandas da Comissão de Orientação e Fiscalização (COF): remuneração, tempo de sessão, número de encontros, contrato sem garantias da qualidade do serviço, técnicas/linhas/referenciais teóricos

3 Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” operadoras Classificação das operadoras pela ANS:  Medicina de Grupo  Cooperativa Médica  Autogestão (patrocinadas e não patrocinadas)  Instituição filantrópica  Seguradora especializada em Saúde  Administradora de Planos de Saúde  Cooperativa Odontológica  Odontologia de Grupo

4 Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” % das Operadoras atuam somente no Estado de São Paulo Inserção dos Psicólogos nos Planos de Saúde: 30% Total 7084Não 3036Sim % N.A.Trabalha com algum Plano que oferece atendimento psicológico? Resultados

5 Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” Total 78Não sabe /Não respondeu 78Usuário não valoriza /Falta divulgação do trabalho 56Pouca demanda 45Conveniência / falta de interesse da operadora 1417Tratamento é longo /indeterminado 1821Problemas psicológicos não são considerados patologia 4352ANS não exige / não reconhece / Operadora não é obrigada 3744Alto custo %N.A. Razões da não oferta de serviços de psicologia

6 Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” Nº. Médio de consultas psicológicas por Plano Nº. Médio de consultas por Plano (incluindo todas as especialidades) 2.196Nº. Médio de associados por Psicólogo 87Nº. Médio de associados por profissional 69Nº. Médio de Psicólogos por Plano 7.705Nº. Médio de profissionais por Plano Nº. Médio de associados por Plano Caracterização dos planos que oferecem o serviço

7 Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” Base respondente 12168Total de respostas ( RM) 21Não respondeu 84Outros 2010Solicitação dos associados 3919Atrativo maior aos associados 5024Psicológico faz parte da saúde %N.A.Motivos *Soma dos percentuais > 100 porque cada entrevistado declarou mais de 1 item Motivo da oferta de serviços de Psicologia

8 Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” Vínculo do Psicólogo com o Plano 10048Total 42Lista de profissionais indicados 84Livre escolha 5727Credenciado 3115Contratado %N.A.Tipo de vínculo

9 Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” Total 74Não sabe/Não respondeu 2512Não determina (min) (min) 8445 (min) (min) (min) (min) %N.A.Duração das sessões A maioria dos Planos (68%) estabelece parâmetros

10 Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” Total 74Não sabe/não respondeu 136Depende do relatório médico 136Não determina %N.A.Sessões semanais 10048Total 21Não respondeu /Não sabe 9043Não determina 215 anos 422 anos 2110 %N.A.Limite de sessões

11 10048Total 3919Não respondeu 21É negociado individualmente 42De 31 a De 21 a De 10 a 20 %N.A.Valor por sessão (R$) Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” Mais de 90% declaram oferecer mesmas condições de trabalho para psicólogos e outros profissionais 380% declaram mesma remuneração 10048Total 79 38Não 2110Sim %N.A.Diferença no valor?

12 Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” Autonomia do psicólogo no trabalho 10048Total 2512Não 75 36Sim %N.A.Exige encaminhamento médico?

13 Pesquisa “Inserção do Psicólogo no Setor de Saúde Suplementar” Conclusões da pesquisa 3Psicológico não faz parte da concepção de Saúde das operadoras e da ANS 3Concepção de saúde centrada na doença 3Cobertura legal: transtornos psiquiátricos – medicalizante e hospitalocêntrica 3Remuneração é menor que a do médico e a da tabela de Referência

14 Seminário “Psicólogos na Saúde Suplementar” Temas e subtemas: 3Atuação da Agência Nacional de Saúde (ANS), pesquisa “Inserção do psicólogo no setor de saúde suplementar”; 3Interface entre saúde pública e a saúde suplementar - direito à saúde, público e privado na saúde, financiamento dos planos de saúde; 3Concepção de saúde e doença: re-visão crítica  modelos tecnoassistenciais em saúde, transtornos mentais:construindo uma rede de cuidados, psicólogo na saúde suplementar;

15 Seminário “Psicólogos na Saúde Suplementar” Temas e subtemas: 3Constuindo referências: atuação do psicólogo nos planos de saúde  ética do exercício profissional, psicoterapia, relações de trabalho. Encaminhamentos 3Para o CFP: organizar nacionalmente a construção de uma proposta dos serviços de psicologia no setor, formalizar a representação do Fórum dos Conselhos Federais da Saúde na Câmara de Saúde Suplementar; 3Para o Sistema Conselhos: aprofundar as questões éticas no atendimento do auditor, seu papel, o que e como auditar;

16 Seminário “Psicólogos na Saúde Suplementar” Parceria com a Abrap: construir referências para psicoterapia, quando procurar, periodicidade de relatório psicológico, indicadores para avaliar o atendimento; 3Para CFP e Sistema Conselhos: construir parâmetros para atividade do auditor psicólogo; ampliar as ofertas dos serviços de psicologia em promoção da saúde, prevenção de doenças e saúde mental do trabalhador; 3Para o SINPSI-SP: bases legais para as relações de trabalho entre psicólogo e plano de saúde; cláusula nos acordos coletivos prevendo planos de saúde que ofereçam o atendimento psicológico e aceitação do atestado psicológico pelas empresas;

17 Seminário “Psicólogos na Saúde Suplementar” Para o CRP-SP: realizar encontros para troca de experiências das práticas dos psicólogos no campo da promoção da saúde e prevenção de doenças; para troca de experiências do trabalho diferenciado do psicólogo nos planos de saúde, autogestão (Cassi, Cabesp); participação na Conferência Nacional Saúde do Trabalhador, tema saúde do trabalhador na saúde suplementar; aprofundar esta discussão com os usuários dos planos de saúde (Fórum de patologias, Procom...); 3Parceria com ABEP: repensar a formação;

18 2006 3Criação do Núcleo de Saúde; 3Subnúcleo de Saúde Suplementar; 3Centro de Estudos e Pesquisas de Direito Sanitário (CEPEDISA) - mapear a atual inserção do psicólogo na saúde suplementar nos aspectos técnicos e trabalhistas, elaborar novas propostas nesta interação, assessorando essa negociação; 3Oficina “Psicólogo na Saúde Suplementar” (novembro).

19 Oficina “Psicólogo na Saúde Suplementar” Temas abordados: 3inserção do psicólogo na área da saúde não se restringindo às especificidades da Saúde Mental; 3Saúde Mental como Linha de Cuidado, de forma ampliada; 3inserção do psicólogo na definição das linhas do cuidado, inserindo-se no projeto terapêutico; 3rol de procedimentos em Psicologia; 3negociação com a ANS.

20 Oficina “Psicólogo na Saúde Suplementar” Encaminhamentos: 3Negociação para instituir o rol de procedimentos da Psicologia; 3Discussão de um perfil de organização de linha de cuidado em Saúde Mental e proposição à ANS; 3Fomentar pesquisas sobre modelos de assistência à saúde mental na Saúde Suplementar, via Centros Colaboradores da ANS; 3Realização de pesquisa bibliográfica sobre a atuação do psicólogo na área da saúde.

21 Oficina “Construindo as Linhas de Cuidado em Psicologia” ANS - Manual Técnico de Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças na Saúde Suplementar Linhas de Cuidado: 3Saúde da Criança e do Adolescente; 3Saúde do Adulto e do Idoso (doenças cardiovasculares, neoplasias); 3Saúde da Mulher; 3Saúde Mental; 3Saúde Bucal.

22 Outubro Lançamento em CD: “A Psicologia na Saúde Suplementar: Aspectos Regulatórios e Perspectivas” (CEPEDISA) e Cadernos Temáticos CRPSP contendo “Inserção da Psicologia na Saúde Suplementar” no X Congresso Paulista de Saúde Pública, realizado em São Pedro-SP

23 Janeiro Caderno Temático CRPSP “Inserção da Psicologia na Saúde Suplementar” - distribuição aos psicólogos que participaram deste processo até o momento

24 Planejamento Retomar a discussão sobre o rol de procedimentos com o CFP; Finalização da pesquisa com as operadoras do Estado; Abrir espaço para cadastro de psicólogos no site e publicizar via jornal, site, boletim eletrônico; Lançamento do Caderno CEPEDISA para usuários via parcerias; Oficina com psicólogos para apresentação da pesquisa com operadoras;

25 Planejamento Organizar/planejar pauta conjunta com o Sindicato dos Psicólogos/SP; Realizar estudos sobre custo/benefício da atuação do psicólogo no setor saúde; Discutir junto à FENAPSI a atualização da tabela referencial de honorários da Psicologia.

26 Subnúcleo de Saúde Suplementar CRP SP Coordenador: Nelson Figueira Jr. Conselheiras: Elda Dunley e Maria Ermínia Ciliberti SINDPSI Convidados : ABEP e ABRAP Assistente Técnica: Massumi Kamimura Site: Contato: tel.: (11) ramal 123


Carregar ppt "Histórico do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP) na Saúde Suplementar CRP – SP 2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google