A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LOGÍSTICA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Prof a. Dayse Regina Batistus, Dr a. Eng. Pato Branco/Pr – 02 de agosto de 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LOGÍSTICA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Prof a. Dayse Regina Batistus, Dr a. Eng. Pato Branco/Pr – 02 de agosto de 2013."— Transcrição da apresentação:

1 LOGÍSTICA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Prof a. Dayse Regina Batistus, Dr a. Eng. Pato Branco/Pr – 02 de agosto de 2013

2 2 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística Logística: fatos históricos Operação bem sucedida. Noé constrói a Arca e, ao mesmo tempo, consegue reunir diversas espécies de animais, os quais encontravam-se em lugares distintos. Tudo isso antes do dilúvio começar.

3 3 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: fatos históricos Operação bem sucedida. Colombo e Cabral dimensionam, de forma adequada, a quantidade de provisões necessárias para viagens que durariam meses, e que não apresentavam possibilidade de reabastecimento. 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

4 4 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: fatos históricos Operação mal sucedida. Napoleão, por contar com o reabastecimento de suas tropas pelos espólios que seriam conquistados durante a invasão à Rússia, teve seu exército derrotados pela fome e pelo frio. Operação bem sucedida. Os russos queimaram as provisões que haviam e abandonavam os campos antes que os soldados de Napoleão chegassem. 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

5 5 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: desenvolvimento Apesar da evolução da logística ao longo do tempo, até a década de 40 haviam poucos estudos e publicações sobre o tema. A partir dos anos 50 e 60, as empresas começaram a se preocupar com a satisfação do cliente. Foi então que surgiu o conceito de logística empresarial. Nos anos 70 consolidam-se conceitos como o de Material Requirements Planning - MRP (Planejamento de necessidade de material). 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

6 6 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: desenvolvimento Após os anos 80 observou-se um desenvolvimento revolucionário da logística. A globalização e o ciclo de vida curto dos produtos obriga as empresas a inovarem rapidamente as suas técnicas de gestão. Os produtos se tornam commodities, quer em termos de características intrínsecas do próprio produto, quer pelo preço, pelo que cada vez mais a aposta na diferenciação deve passar pela otimização dos serviços, superando a expectativa de seus clientes com atendimentos rápidos e eficazes. 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

7 7 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: desenvolvimento Os consumidores são cada vez mais exigentes em qualidade, rapidez e sensíveis aos preços, obrigando as empresas a praticar uma eficaz gestão de compras, gestão de produção, gestão logística e gestão comercial. 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

8 8 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: desenvolvimento Os consumidores são cada vez mais exigentes em qualidade, rapidez e sensíveis aos preços, obrigando as empresas a uma eficiente e eficaz gestão de compras, gestão de produção, gestão logística e gestão comercial. 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

9 9 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: desenvolvimento Os consumidores são cada vez mais exigentes em qualidade, rapidez e sensíveis aos preços, obrigando as empresas a uma eficiente e eficaz gestão de compras, gestão de produção, gestão logistica e gestão comercial. 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

10 10 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: novas exigências As novas exigências para a atividade logística no mundo passam pelo maior controle e identificação de oportunidades de: 8- análises de longo prazo com incrementos em inovação tecnológica, novas metodologias de custeio, novas ferramentas para redefinição de processos e adequação dos negócios. 4- disponibilidade constante dos produtos 1- redução de custos 2- redução nos prazos de entrega 3- aumento da qualidade no cumprimento do prazo 5- programação das entregas 6- facilidade na gestão dos pedidos 7- flexibilização da fabricação 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

11 11 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: definição atual “Parte do processo de gerenciamento da Cadeia de Suprimentos que planeja, implementa e controla o fluxo e armazenamento eficiente e econômico de produtos, serviços e informações correlacionadas, desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o propósito de atender às exigências dos clientes.” Council of Supply Chain Management, Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

12 12 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: objetivo “Dispor as mercadorias ou serviços apropriados nos locais certos, nos momentos precisos e nas condições desejadas pelos clientes, proporcionando a máxima contribuição para a empresa. Ballou, Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

13 13 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Logística: desafio Como agregar valor e, ao mesmo tempo, reduzir custos, garantindo o aumento da lucratividade? Eficiência Logística Torna-se necessária uma metodologia que consiga planejar, implementar e controlar de maneira eficaz o fluxo de produtos, serviços e informações desde o ponto de origem (fornecedores), até o ponto de consumo (cliente). 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

14 14 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Supply Chain Management Anos 90 Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

15 15 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Supply Chain Management Definição: - Para Ganeshan e Harrisson (1995) O SCM trata-se de uma rede de facilidades e opções de distribuição, que tem por objetivo executar funções de compra de materiais, transformar matérias-primas em produtos acabados e semi-acabados, e distribuir estes produtos aos consumidores. 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

16 16 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Supply Chain Management Definição: Ganeshan e Harrisson (1995) - Principais decisões: - - localização das fábricas, das unidades produtivas, dos centros de distribuição e armazéns, ou seja, da localização da sua rede; - - decisões de produção, entre elas o que produzir, quais fábricas produzirão; - - ligação dos fornecedores às fábricas e das fábricas aos CDs; - - de estoque (gerenciamento, armazéns, estratégia de estoques); - - de transporte (modais, trade-offs). 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

17 17 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Supply Chain Management Definição: Para Metz (1998) o SCM é um processo orientado, com abordagem integrada, para compra, produção e entrega de produtos e serviços aos consumidores. Este processo inclui fornecedores de diversas camadas, operações internas, operações comerciais, atacado/varejo e consumidores finais. Ainda, abrange a gestão de materiais, de informações e fluxos afins. Para Metz (1995) este processo integrado só é possível mediante o uso de tecnologia da informação, considerada fundamental para o desenvolvimento da SCM. A tecnologia, segundo o autor, deve ser aplicada também a manufatura e transportes, para que se seja possível a integração dos participantes e processos da cadeia. 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

18 18 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Supply Chain Management Vantagens do SCM; Sistema RFID e o SCM; Dificuldades de implementação do SCM; 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

19 19 UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção Estratégias Logísticas Identificação de oportunidades de melhorias; - organização da empresa; - atenção aos detalhes; - participação efetiva dos servidores; - saber onde procurar a informação. 1. Logística: Fatos Históricos 2. Logística: Desenvolvimento 3. Logística: Novas Exigências 4. SCM 5. Estratégia Logística

20 20 Grupos de, no máximo, três alunos; Apresentação – último dia de aula – 31 agosto; Forma de apresentação: - Apresentacão em PowerPoint; - Tempo de apresentação: 30 min. - Material escrito: conforme modelo Tema: a ser escolhido pelo grupo – preferencialmente, situação real vivenciada em uma empresa. UTFPR – Câmpus Pato Branco – Laboratório de Produção SEMINÁRIOS


Carregar ppt "LOGÍSTICA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Prof a. Dayse Regina Batistus, Dr a. Eng. Pato Branco/Pr – 02 de agosto de 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google