A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PCN DE GEOGRAFIA ROBERTA GUEDES. CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA DE GEOGRAFIA A produção acadêmica em torno da concepção de Geografia passou por diferentes momentos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PCN DE GEOGRAFIA ROBERTA GUEDES. CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA DE GEOGRAFIA A produção acadêmica em torno da concepção de Geografia passou por diferentes momentos,"— Transcrição da apresentação:

1 PCN DE GEOGRAFIA ROBERTA GUEDES

2 CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA DE GEOGRAFIA A produção acadêmica em torno da concepção de Geografia passou por diferentes momentos, gerando reflexões distintas acerca dos objetos e métodos do fazer geográfico. Década de 40 – influência de Vidal de La Blanche. Geografia Tradicional: valoriza o papel do homem como sujeito histórico, propunha-se, na análise da produção do espaço geográfico, estudar a relação homem-natureza sem priorizar as relações sociais. Década de 60 – influência das teorias marxistas. Geografia Marxista: propõe uma geografia das lutas sociais ganhando conteúdos políticos e a partir dos anos 80 influenciou o ensino de 5 a 8 série que iria trabalhar relações de trabalho e explicações econômicas.

3 Década de 90 - Geografia Crítica – busca explicações mais plurais, que promovam a interseção da Geografia com outros campos do saber. O ensino de Geografia nos últimos anos mudou, uma vez que as exigências da sociedade e os métodos também mudaram, bem como as leis federais (Leis de Diretrizes e Bases) e estaduais referentes a educação, uma vez que a constituição dos parâmetros curriculares nacionais nortearam a postura além da disciplina tradicional, fomentando a veiculação pedagógica- geográfica no enfoque transdisciplinar, destacando o tema transversal meio-ambiente, tendo a Geografia classificada como disciplina escolar com capacidade e aptidão curricular para a educação dos alunos com a natureza, educação ambiental (PCN, 1998).

4 A Geografia é colocada pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’S p. 26, 1998), como a ciência que tem como tarefa buscar [...] “um ensino para a conquista da cidadania brasileira” (p.26). É entregue aos professores de Geografia a tarefa de “formar” cidadãos. Ora formar é dar forma a algo que é disforme. O aluno não chega à escola vazio, ele não é uma folha em branco, pelo contrário, ele já possui uma carga de conhecimento, de formação que antecede aos conhecimentos que ele venha a adquirir na escola, portanto, a escola não pode ser o molde para “formar” cidadãos, o seu papel é auxiliar na construção da cidadania. A cidadania, sob a ótica da geografia comprometida com a sociedade reconhece que não é somente ela que deve ajudar na sua construção, há mais fatores imbricados na questão. Não é somente responsabilidade da Geografia, mas de todas as demais ciências, e de vários segmentos da sociedade. Para que os alunos compreendam de forma ampla a realidade e sejam capazes de intervir é preciso que eles adquiram conhecimentos, dominem categorias, conceitos e procedimentos básicos do conhecimento geográfico.

5 Conhecimento geográfico: característica e importância social A Geografia estuda as relações entre o processo histórico que regula a formação das sociedades humanas e o funcionamento da natureza, por meio da leitura do espaço geográfico e da paisagem. Conceito de Sociedade: uma sociedade é o conjunto de pessoas que compartilham propósitos, preocupações e costumes, e que interagem entre si constituindo uma comunidade. Conceito de Natureza: A natureza é o resultado da interação de fenômenos de ordem física, química e biológica, agindo sobre a matéria através de fluxos de energia, em velocidades e ritmos distintos, ao longo dos 4,6 bilhões de história da Terra, A natureza é dinâmica, é mutante. Elementos biofísicos e transformado pelo trabalho humano.

6 Conceito de Espaço Geográfico:. Esse espaço resulta da relação entre a sociedade e a natureza. Assim, é a sociedade que o constrói por meio de ações humanas, que passam por mudanças através da história. O espaço é, portanto, expressão das relações sociais. Conceito de Paisagem: a paisagem é resultado de uma acumulação de tempos. A paisagem não tem nada de estático, ela é mutável e traz consigo os resultados dos processos que permeiam as relações sociais e seus reflexos no meio. Está relacionado a lugar e existe vínculos subjetivos.

7 Conceito de território:são variáveis e dependem do fenômeno geográfico considerado. A categoria território possui uma relação estreita com a de paisagem. Pode ser considerada como um conjunto de paisagens contido pelos limites políticos e administrativos de uma cidade, estado ou país. É uma unidade visível que possui uma unidade visual, caracterizada por fatores de ordem social, cultural e natural. Cartografia: O estudo da linguagem cartográfica tem cada vez mais afirmado sua importância, desde o início da escolaridade. Contribui para que os alunos venham a compreender e utilizar uma ferramenta básica da Geografia, os mapas, como também para desenvolver capacidades relativas à representação do espaço.

8 As formas mais usuais de se trabalhar com a linguagem cartográfica na escola é por meio de situações nas quais os alunos têm de colorir mapas, copiá-los, escrever os nomes dos rios ou cidades, memorizar as informações neles representadas. A linguagem cartográfica é um sistema de símbolos que envolve proporcionalidade, uso de signos ordenados e técnicas de projeção. A escola deve criar oportunidades para que os alunos construam conhecimentos sobre essa linguagem nos dois sentidos: como pessoas que representam e codificam o espaço e como leitores das informações expressas por ela.


Carregar ppt "PCN DE GEOGRAFIA ROBERTA GUEDES. CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA DE GEOGRAFIA A produção acadêmica em torno da concepção de Geografia passou por diferentes momentos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google