A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Painel Integração & Mobilidade A Mobilidade na Região Metropolitana de Maceió Agência Reguladora de Serviços de Alagoas - ARSAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Painel Integração & Mobilidade A Mobilidade na Região Metropolitana de Maceió Agência Reguladora de Serviços de Alagoas - ARSAL."— Transcrição da apresentação:

1 Painel Integração & Mobilidade A Mobilidade na Região Metropolitana de Maceió Agência Reguladora de Serviços de Alagoas - ARSAL

2 A MOBILIDADE NA REGIÃO METROPOLITANA DE MACEIÓ (O Transporte de Passageiros na Região Metropolitana de Maceió)

3 INTRODUÇÃO A criação da Agencia Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas – ARSAL - através da Lei de 20/09/2001 mostra um início de mudanças estruturais de uma nova política de governo, intensificada com a reestruturação do sistema de transporte intermunicipal de passageiros, marco de uma postura diferenciada de regulação e fiscalização a que compete a agência. ARSAL A MOBILIDADE NA REGIÃO METROPOLITANA DE MACEIÓ (O Transporte de Passageiros na Região Metropolitana de Maceió)

4 A ARSAL, no início de suas atividades, deparou-se com a realidade de um sistema de transportes totalmente deficitário. Dificuldades Encontradas: Falta de informações ; Desordem Operacional; Incoerência de dados operacionais; Descrença no Sistema de Transporte por parte do usuário; A MOBILIDADE NA REGIÃO METROPOLITANA DE MACEIÓ (O Transporte de Passageiros na Região Metropolitana de Maceió)

5 Dificuldade de comunicação com empresários do setor; Proliferação de Clandestinos que circulavam em situação caótica. Para mudar essa situação, o Transporte Intermunicipal começou a ser tratado como fator de inclusão social, facilitando dessa forma a Mobilidade. Através de estudos e pesquisas avalia as necessidades de deslocamento da população que utiliza o transporte intermunicipal em todo Estado de Alagoas. A MOBILIDADE NA REGIÃO METROPOLITANA DE MACEIÓ (O Transporte de Passageiros na Região Metropolitana de Maceió)

6 Mapa da divisão política do Estado de Alagoas

7 Municípios considerados centros de influência (Centróides)

8 Lei de Criação da Região Metropolitana Lei Complementar N° 18, de 19 de Novembro de 1998, dispõe da criação da Região Metropolitana de Maceió. Municípios: Barra de Santo Antonio, Barra de São Miguel, Coqueiro Seco, Maceió, Marechal Deodoro, Messias,Paripueira, Pilar, Rio Largo, Santa Luzia do Norte e Satuba. Art. 2° (requisitos verificados) - parágrafo III – Existência de relação de integração funcional de natureza sócio-econômica ou de serviços. Art. 3º (considerações para efeito da Lei) – parágrafo V – O sistema Viário e o trânsito, os transportes de bens e pessoas.

9 Região Metropolitana

10 Malha Viária e Carregamento de Linhas por Rodovias do Estado de Alagoas

11 Linhas e Empresas do Sistema Metropolitano Transporte Complementar 80 Veículos (Vans e Bestas) 05 Linhas (Marechal,Messias,Rio Largo e Satuba) Transporte Convencional 218 Veículos (Ônibus e Microônibus) 3 Empresas (Atlântica, Real Alagoas, Tropical) 23 Linhas

12 Modais: Rodoviário Ferroviário Aquaviário Matriz de Transportes (intermunicipal): Rodoviário: viagens/dia Ferroviário: viagens/dia Aquaviário: 200 viagens/dia Sistema de Transporte da Região Metropolitana Dados: Fundação coppetec RJ 2004/05

13 Sistema de Transporte da Região Metropolitana Dados: fundação coppetec RJ 2004/2005 Rodoviário : Convencional: 3 Empresas e 10 Linhas Complementar: 5 Linhas 11 cidades atendidas Ferroviário CBTU: Trecho Lourenço de Albuquerque/Maceió 11 Estações e 3 Paradas 8 Viagens/Dia/Sentido (Pleno) Cidades Atendidas: 3 (Maceió, Satuba e Rio Largo) Aquaviário: Sistema Precário Não regulamentado 2 embarcações – Capacidade 20 PAX 6 Viagens/Dia/Sentido (Pleno) Cidades atendidas: 2 (Maceió e Coqueiro Seco)

14 Perfil Sócio-econômico dos Usuários do Transporte Dados: fundação coppetec RJ 2004/2005

15 Perfil Sócio-econômico dos Usuários do Transporte Dados: fundação coppetec RJ 2004/2005

16 Perfil Sócio-econômico dos Usuários do Transporte Dados: fundação coppetec RJ 2004/2005

17 Perfil Sócio-econômico dos Usuários do Transporte Dados: fundação coppetec RJ 2004/2005

18 Perfil Sócio-econômico dos Usuários do Transporte Dados: fundação coppetec RJ 2004/ % Têm o ensino médio ou fundamental 50% dos passageiros possuem renda igual ou menor que 1 salário mínimo. 27% estão desempregados. 29% se deslocam por motivos de lazer.

19 Característica da frota na época da pesquisa : Idade 56% dos veículos têm menos de 4 anos. 6% da frota precisa ser renovada (veículos com 10 anos ou mais de uso).

20 52% dos passageiros que se deslocam no Estado de Alagoas não precisam fazer transbordo para chegar ao seu destino final. Transbordo

21 Situação encontrada Exemplo Sistema Rio Largo/ Satuba / Maceió Oferta realizada inferior ao programado, serviço inadequado aos usuários. Numero de veículos insuficientes para atender demanda,deixando assim usuário sem transporte. Veículo sem segurança, em péssimo estado de conservação, não eram realizadas vistorias, colocando em risco a vida da população.

22 Situação Anterior da Região

23 Linhas que não eram operadas

24 Linhas propostas pelos técnicos da ARSAL

25 Mudanças observadas Exemplo Sistema Rio Largo / Satuba / Maceió SITUAÇÃO ATUAL FROTA: 20 Ônibus; IDADE MÉDIA DA FROTA: 04 Anos LINHAS OPERADAS: Maceió – Rio Largo (Via Mata do Rolo); Aeroporto – Maceió; Cruzeiro do Sul (Via Forene) – Maceió; Rio Largo – Maceió (Via Gustavo Paiva); Maceió – Utinga; Maceió – Terminal do Cruzeiro do Sul; Terminal do Cruzeiro do Sul – Utinga.

26 Mudanças observadas (Melhorias para região Metropolitana de Maceió) Aumento da Frota Frotas renovadas, veículos novos Melhoria das Linhas Operadas Melhor Atendimento ao usuário através de centrais de opiniões, reclamações e duvidas Melhor tratamento ao usuário Cumprimento das Ordens de Serviços Operacionais

27 Propostas para estudo da grande Região Metropolitana Viabilidade de integração físico/tarifária dos sistemas metropolitanos e municipais (Maceió) Estudo do potencial do transporte hidroviário de passageiros na região metropolitana Estudo de Terminais de Integração (Ferroviário/Rodoviário/Aquaviário)

28 Considerações Finais Diante de tudo que vem sendo feito, a ARSAL aos poucos, vem recuperando os sistema de transporte de passageiros em todo o estado. Sabemos que a Região Metropolitana merece estudos ainda mais detalhados por parte dos órgãos competentes. Linhas foram recuperadas, a fiscalização cada vez mais atuante com a recuperação da confiança dos usuários. O estudo da reestruturação do transporte intermunicipal do Estado de Alagoas mostrou o perfil do usuário e sua busca de inclusão num sistema de transporte digno. A mobilidade é um direito de todo cidadão. Priorizar o transporte, promover a todos acesso ao transporte público, é luta constante da ARSAL.

29 Equipe: Juliana Rêgo Lopes – Engª Civil, Técnica em Transportes Fabio Calheiros – Engº Civil, Coordenador do Setor de Transportes da ARSAL

30 Contatos: Site: JÁ Mangabeiras: ARSAL :


Carregar ppt "Painel Integração & Mobilidade A Mobilidade na Região Metropolitana de Maceió Agência Reguladora de Serviços de Alagoas - ARSAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google