A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Capacidades Táticas Conceitos, princípios e sistemas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Capacidades Táticas Conceitos, princípios e sistemas."— Transcrição da apresentação:

1 Capacidades Táticas Conceitos, princípios e sistemas

2 Capacidades Táticas Treinamento Tático: caracteriza o tipo de treinamento que tem por objetivo desenvolver, estabilizar e aperfeiçoar sistematicamente todas as capacidades e habilidades que são necessárias para o comportamento tático na competição Treinamento Tático: caracteriza o tipo de treinamento que tem por objetivo desenvolver, estabilizar e aperfeiçoar sistematicamente todas as capacidades e habilidades que são necessárias para o comportamento tático na competição

3 Capacidades Táticas Tática: São ações de ataque e defesa, (individual, de grupo e coletiva) que se realizam no decorrer de uma partida para surpreender ou contrapor as ações realizadas pelo adversário. Tática: São ações de ataque e defesa, (individual, de grupo e coletiva) que se realizam no decorrer de uma partida para surpreender ou contrapor as ações realizadas pelo adversário.

4 Capacidades Táticas KONZAG, G. e KONZAG, I. (1980:209) consideram como “soma total dos comportamentos individuais, coletivos, aquelas medidas e atitudes para obter o desenvolvimento do rendimento máximo das próprias capacidades físicas e psíquicas em um jogo, respeitando as regras do adversário”. KONZAG, G. e KONZAG, I. (1980:209) consideram como “soma total dos comportamentos individuais, coletivos, aquelas medidas e atitudes para obter o desenvolvimento do rendimento máximo das próprias capacidades físicas e psíquicas em um jogo, respeitando as regras do adversário”.

5 Capacidades Táticas Nos jogos desportivos coletivos, onde a tomada de decisão é uma constante na atuação dos atletas e na execução de suas jogadas, a tática apresenta-se como forma de resolução dos problemas que possa vir enfrentar o praticante, através de uma ação consciente, visando um objetivo específico. Nos jogos desportivos coletivos, onde a tomada de decisão é uma constante na atuação dos atletas e na execução de suas jogadas, a tática apresenta-se como forma de resolução dos problemas que possa vir enfrentar o praticante, através de uma ação consciente, visando um objetivo específico.

6 Capacidades Táticas GRECO (1996), afirma que a todo o momento tem se a interferência de vários fatores como tempo, espaço, adversário, bola, e meta, que serão para o atleta problemas a serem resolvidos. GRECO (1996), afirma que a todo o momento tem se a interferência de vários fatores como tempo, espaço, adversário, bola, e meta, que serão para o atleta problemas a serem resolvidos. Definindo ainda que “a tática é um princípio, um sistema de planos de comportamento e de possibilidades de tomada de decisão". Definindo ainda que “a tática é um princípio, um sistema de planos de comportamento e de possibilidades de tomada de decisão".

7 Capacidades Táticas ROTH citado por GRECO (1996), apresenta uma classificação da tática em relação a sua função e característica. ROTH citado por GRECO (1996), apresenta uma classificação da tática em relação a sua função e característica. Função: diz respeito às ações do atleta na situação de ataque ou defesa, determinada pela posse de bola ou não. Função: diz respeito às ações do atleta na situação de ataque ou defesa, determinada pela posse de bola ou não. Característica: diz respeito ao número de atletas envolvidos na ação, podendo ser individual, de grupo ou coletiva. Característica: diz respeito ao número de atletas envolvidos na ação, podendo ser individual, de grupo ou coletiva.

8 Capacidades Táticas Individual: ocorre quando um jogador, através de uma aplicação de uma técnica em uma situação de jogo, visa atingir determinado objetivo. Individual: ocorre quando um jogador, através de uma aplicação de uma técnica em uma situação de jogo, visa atingir determinado objetivo. Grupo: são ações coordenadas entre dois ou três jogadores/alunos, visando um objetivo comum. Exemplo: uma tabela para finalizar um ataque. Grupo: são ações coordenadas entre dois ou três jogadores/alunos, visando um objetivo comum. Exemplo: uma tabela para finalizar um ataque.

9 Capacidades Táticas Coletiva: elaboração de ações simultâneas, envolvendo três ou mais jogadores, conforme um plano de ação geral em relação ao objetivo. Exemplo: execução de marcação pressão nos homens de defesa pelos atacantes e meias. Coletiva: elaboração de ações simultâneas, envolvendo três ou mais jogadores, conforme um plano de ação geral em relação ao objetivo. Exemplo: execução de marcação pressão nos homens de defesa pelos atacantes e meias.

10 Capacidades Táticas Exemplos de orientações táticas individuais: Exemplos de orientações táticas individuais: Meia defensivo: Marcação individual sobre determinado atleta adversário. Meia defensivo: Marcação individual sobre determinado atleta adversário. Volante: Cobertura do lateral durante quando o mesmo apóia. Volante: Cobertura do lateral durante quando o mesmo apóia. Atacante: Jogar aberto pela ponta Atacante: Jogar aberto pela ponta

11 Capacidades Táticas Exemplos de orientações táticas de grupo: Exemplos de orientações táticas de grupo: 2 Meias ofensivos: Jogarem mais próximos da área e dos atacantes. 2 Meias ofensivos: Jogarem mais próximos da área e dos atacantes. Volante, meia e lateral: Aproximarem para a realização de triangulações pelo lado direito do campo. Volante, meia e lateral: Aproximarem para a realização de triangulações pelo lado direito do campo. 2 Zagueiros: Responsáveis por organizarem a linha de impedimento. 2 Zagueiros: Responsáveis por organizarem a linha de impedimento.

12 Capacidades Táticas Exemplos de orientações táticas coletivas: Exemplos de orientações táticas coletivas: Os meias e os atacantes deverão marcar pressão a saída de bola do adversário. Os meias e os atacantes deverão marcar pressão a saída de bola do adversário. A marcação da equipe adversária será feita por zona em todos os setores do campo. A marcação da equipe adversária será feita por zona em todos os setores do campo. Valorizar passes curtos evitando lançamentos. Valorizar passes curtos evitando lançamentos.

13 Características da Posições no Futebol Goleiro 186 cm 75kg Concentração agressividade, massa muscular elevada, velocidade de reação. Goleiro 186 cm 75kg Concentração agressividade, massa muscular elevada, velocidade de reação.

14 Características da Posições no Futebol Lateral 172 cm 70kg. Resistência de sprint, técnica de passe longo bem desenvolvida,, atenção ofensiva e defensiva, resistência aeróbica. Lateral 172 cm 70kg. Resistência de sprint, técnica de passe longo bem desenvolvida,, atenção ofensiva e defensiva, resistência aeróbica.

15 Características da Posições no Futebol Zagueiros 178 cm 79kg.Velocidade, força,concentração, tempo de bola,táticas defensivas desenvolvidas. Zagueiros 178 cm 79kg.Velocidade, força,concentração, tempo de bola,táticas defensivas desenvolvidas.

16 Características da Posições no Futebol Volantes 174 cm 76kg.Resistência aeróbica, resistência de sprint, força, concentração, técnica bem desenvolvida. Volantes 174 cm 76kg.Resistência aeróbica, resistência de sprint, força, concentração, técnica bem desenvolvida.

17 Características da Posições no Futebol Meias 171 cm 71kg.Velocidade,agilidade, elevado acervo técnico, concentração. Meias 171 cm 71kg.Velocidade,agilidade, elevado acervo técnico, concentração.

18 Características da Posições no Futebol Atacantes 172 cm 78kg.Velocidade, força técnica ofensiva desenvolvida,agressividade. Atacantes 172 cm 78kg.Velocidade, força técnica ofensiva desenvolvida,agressividade.

19 Capacidades Táticas - História A estrutura tática evoluiu como o futebol. A estrutura tática evoluiu como o futebol. O principal objetivo do jogo era o gol. O principal objetivo do jogo era o gol. Organizações táticas não eram importantes. Organizações táticas não eram importantes. 1º relato de organização tática é de º relato de organização tática é de Em Florença dois times de 27 jogadores travaram uma batalha tática n campo. Em Florença dois times de 27 jogadores travaram uma batalha tática n campo. A Inglaterra organizou as táticas iniciais. A Inglaterra organizou as táticas iniciais.

20 Capacidades Táticas - História Em 1860 define-se o número de jogadores. Em 1860 define-se o número de jogadores. A evolução levou a elaboração dos sistemas táticos e se focou na perfeita ocupação do campo de jogo. A evolução levou a elaboração dos sistemas táticos e se focou na perfeita ocupação do campo de jogo. Os treinadores perceberam que um time que ocupasse o espaço do campo de forma simétrica ou racional, teria vantagens no jogo. Os treinadores perceberam que um time que ocupasse o espaço do campo de forma simétrica ou racional, teria vantagens no jogo.

21 Capacidades Táticas Resultados de uma melhor organização tática: eficiência na transição ataque e defesa, diminuição de espaços livres no campo e aumento na dinâmica do jogo. Resultados de uma melhor organização tática: eficiência na transição ataque e defesa, diminuição de espaços livres no campo e aumento na dinâmica do jogo.

22 Capacidades Táticas - Sistemas x1x1x8 (Inglaterra) x1x1x8 (Inglaterra)

23 Capacidades Táticas - Sistemas x1x2x7 (Inglaterra) x1x2x7 (Inglaterra)

24 Capacidades Táticas - Sistemas x2x2x6 (Escócia). Utilização do passe x2x2x6 (Escócia). Utilização do passe.

25 Capacidades Táticas - Sistemas x2x3x5 (Escócia). Modelo piramidal x2x3x5 (Escócia). Modelo piramidal

26 Capacidades Táticas - Sistemas 1925-WM. (Herbert Chapman). Técnico do Arsenal 1925-WM. (Herbert Chapman). Técnico do Arsenal

27 Capacidades Táticas - Sistemas x4x2x4 (Hungria) x4x2x4 (Hungria).

28 Capacidades Táticas - Sistemas x4x3x3 (Brasil) x4x3x3 (Brasil).

29 Capacidades Táticas - Sistemas x4x4x2 (Mundial) x4x4x2 (Mundial)

30 Capacidades Táticas - Sistemas Podemos definir como sistema tático a posição de uma equipe, antes do início de uma partida, depois de um tiro de meta adversário e em situações de ocupação racional do campo. Podemos definir como sistema tático a posição de uma equipe, antes do início de uma partida, depois de um tiro de meta adversário e em situações de ocupação racional do campo. Os principais sistemas utilizados atualmente são: 4x4x2 / 4x3x3 / 3x5x2 / 3x6x1. Os principais sistemas utilizados atualmente são: 4x4x2 / 4x3x3 / 3x5x2 / 3x6x1.

31 Capacidades Táticas - Sistemas Fundamentos dos Sistemas Táticos Fundamentos dos Sistemas Táticos Correta ocupação do terreno. Correta ocupação do terreno. Correto equilíbrio entre as linhas. Correto equilíbrio entre as linhas. Transformação rápida e racional da relação ataque e defesa. Transformação rápida e racional da relação ataque e defesa. (Balanço defensivo e Contra ataque.) (Balanço defensivo e Contra ataque.)

32 Capacidades Táticas - Sistemas Divisão do campo em setores Divisão do campo em setores Defesa Meio campo Ataque Defesa Meio campo Ataque CAMPO DE DEFESA

33 Capacidades Táticas - Sistemas O campo de jogo pode ser dividido em setores para facilitar a distribuição dos jogadores, e também para definir ações táticas especificas nos setores. O campo de jogo pode ser dividido em setores para facilitar a distribuição dos jogadores, e também para definir ações táticas especificas nos setores.

34 Capacidades Táticas Sistemas Modernos 4x4x2

35 Capacidades Táticas Sistemas Modernos 4x4x2 Quadrado O sistema apresenta dois zagueiros, dois laterais, dois volantes, dois meias e dois atacantes. atualmente é o sistema mais utilizado pelo futebol brasileiro. apresenta boa distribuição tática dentro do campo, e permite uma boa transição entre posturas defensivas e ofensivas. O sistema apresenta dois zagueiros, dois laterais, dois volantes, dois meias e dois atacantes. atualmente é o sistema mais utilizado pelo futebol brasileiro. apresenta boa distribuição tática dentro do campo, e permite uma boa transição entre posturas defensivas e ofensivas.

36 Capacidades Táticas Sistemas Modernos 4x4x2 Losango A diferença para o quadrado é o número de volantes (3) e um único meia. È uma variação do sistema anterior. A diferença para o quadrado é o número de volantes (3) e um único meia. È uma variação do sistema anterior.

37 Capacidades Táticas Sistemas Modernos 3x5x2 Muito usado na Europa Muito usado na Europa 3 zagueiros 3 zagueiros 5 no meio campo 5 no meio campo 2 alas ofensivos 2 alas ofensivos 2 atacantes 2 atacantes

38 Capacidades Táticas Sistemas Modernos 3x6x1 Parecido com o 3x5x2. Parecido com o 3x5x2. Possui só 1 atacante. Possui só 1 atacante. Congestiona o meio. Congestiona o meio. Dependo dos jogadores pode se tornar muito ofensivo. Dependo dos jogadores pode se tornar muito ofensivo.

39 Capacidades Táticas Sistemas Modernos 3x6x1 O mais ofensivo. O mais ofensivo. 3 atacantes. 3 atacantes. 2 zagueiros, 2 laterais, um volante e dois meias, ou ( dois volantes e 1 meia). 2 zagueiros, 2 laterais, um volante e dois meias, ou ( dois volantes e 1 meia).

40 Capacidades Táticas Princípios Ofensivos Conceito: ações táticas e estratégicas, que uma equipe desenvolve, quando em posse de bola, visando fazer o gol. Conceito: ações táticas e estratégicas, que uma equipe desenvolve, quando em posse de bola, visando fazer o gol.

41 Capacidades Táticas Princípios Ofensivos 1- Desmarcar-se 1- Desmarcar-se 2-Ataques 2-Ataques 3-Contra-ataques 3-Contra-ataques 4-Ocupação racional do campo 4-Ocupação racional do campo 5-Apoio 5-Apoio 6-Troca de orientação ( virada de jogo) 6-Troca de orientação ( virada de jogo) 7-Velocidade do jogo 7-Velocidade do jogo 8-Variação de ritmo de jogo 8-Variação de ritmo de jogo

42 Capacidades Táticas Princípios Defensivos Conceito: são ações táticas que ocorrem sem a posse de bola visando o avanço do adversário. Conceito: são ações táticas que ocorrem sem a posse de bola visando o avanço do adversário.

43 Capacidades Táticas Princípios Defensivos 1-Vigilância 1-Vigilância 2-Pressão e espera ( marcação) 2-Pressão e espera ( marcação) 3-Quebra de ritmo 3-Quebra de ritmo 4-Cobertura (balanço defensivo) 4-Cobertura (balanço defensivo) 5-Antecipação 5-Antecipação 6-Trocas 6-Trocas 7-Interceptação 7-Interceptação 8-Carga 8-Carga

44 Capacidades Táticas Organização de jogo Na organização de uma equipe em campo, deve-se observar algumas situações para melhorar a qualidade do jogo e otimizar o resultado. Na organização de uma equipe em campo, deve-se observar algumas situações para melhorar a qualidade do jogo e otimizar o resultado.

45 Capacidades Táticas Organização de jogo 1-Grupo de jogadores 1-Grupo de jogadores 2-Conhecer os adversários 2-Conhecer os adversários 3-Tamanho e condições do campo. 3-Tamanho e condições do campo. 4-Tipo de competição e regulamento. 4-Tipo de competição e regulamento. 5-Clima 5-Clima 6-Condição física dos atletas. 6-Condição física dos atletas. 7-Personalidade dos atletas 7-Personalidade dos atletas 8-Bolas paradas, escanteios, scout 8-Bolas paradas, escanteios, scout 9-Árbitro 9-Árbitro

46 Capacidades Táticas Orientações Táticas São orientações que todas as equipes devem seguir para uma boa postura dentro do campo. São orientações que todas as equipes devem seguir para uma boa postura dentro do campo. 1) Apoiar a ação do companheiro, 2) Superioridade numérica, 3) Buscar o passe, 4) Trocar a orientação do jogo, 5) Manter a posse de bola, 6) Jogar sem a bola, 7) Marcação eficiente, 8) Aproveitar espaços livres, 9) Desmarcar-se 1) Apoiar a ação do companheiro, 2) Superioridade numérica, 3) Buscar o passe, 4) Trocar a orientação do jogo, 5) Manter a posse de bola, 6) Jogar sem a bola, 7) Marcação eficiente, 8) Aproveitar espaços livres, 9) Desmarcar-se 10) Realizar coberturas eficientes. 10) Realizar coberturas eficientes.


Carregar ppt "Capacidades Táticas Conceitos, princípios e sistemas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google