A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal de Alagoas Campus Sertão – Delmiro Gouveia Curso de Graduação em Geografia – Licenciatura Regís Lima da Silva Patrícia Quirino Rocha.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal de Alagoas Campus Sertão – Delmiro Gouveia Curso de Graduação em Geografia – Licenciatura Regís Lima da Silva Patrícia Quirino Rocha."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal de Alagoas Campus Sertão – Delmiro Gouveia Curso de Graduação em Geografia – Licenciatura Regís Lima da Silva Patrícia Quirino Rocha Paulo Vinícius Oliveira Rosemere de Souza Vieira A estrutura dos textos acadêmico-científicos

2 1. Elementos estruturais dos textos científicos CAPA Deve conter o nome da instituição a qual o projeto será submetido, nome do(s) autor(s), título, subtítulo, se houver, diferenciado tipograficamente do título, data (mês e ano) local (cidade) da instituição em que deve ser apresentado.

3

4 LOMBADA A lombada é a parte da capa do trabalho em que se reúnem as margens internas das folhas, deve ter as seguintes informações impressas ; Nome do autor, com impressão longitudinal e legível do alto para o pé da lombada, o que permite a leitura estando o trabalho no sentido horizontal, com a face virada para cima; Título do trabalho, com a impressão da mesma forma em que foi feita a do nome do autor ; Elementos alfanuméricos de identificação.

5 Deve incluir os seguintes elementos:  Autor: nome completo do autor e / ou do coordenador e dos membros da equipe técnica deverão ser apresentados no alto da folha de rosto, indicando-se a qualificação e função de cada um. No caso de projeto de pesquisa, para fins de dissertação ou tese, deve-se incluir o nome do professor orientador.  Título e subtítulo: o título deve ser simples e preciso, visando informar com poucas palavras o caráter e o objetivo da pesquisa a ser realizada. Deve ser escrito com letra maior que o usado para o nome do(s) autor(s) e colocado no centro da página;  Nota de indicação da natureza e o objetivo do projeto : deverá conter informações que indiquem a finalidade do projeto de pesquisa (doutorado; ingresso em mestrado, trabalho de conclusão de curso e etc.) e nome da instituição ou setor a que será submetido;  Local e data (ano de depósito, entrega): deverão constar na parte inferior, centralizados na folha de rosto. FOLHA DE ROSTO

6

7 ERRATA Elemento eventual, contém a indicação, e a devida correção, de erros porventura cometidos ou que escaparam de uma revisão após o trabalho impresso, devendo aparecer logo após a folha de rosto.

8 PREFÁCIO OU APRESENTAÇÃO O prefácio, ou apresentação, em relatórios técnico- científicos, traz o esclarecimento ou a justificação que se fazem aos leitores. Nele também se fazem agradecimentos a pessoas e empresas que tenham auxiliado na efetivação desse trabalho.

9 FOLHA DE APROVAÇÃO A folha de aprovação deve conter, além do nome do autor e do título e subtítulo por extenso, o local e a data de aprovação, o nome dos membros que compuseram a banca examinadora, bem como o das instituições a que pertencem, e suas assinaturas.

10 DEDICATÓRIA A dedicatória é uma homenagem prestada a uma ou mais pessoas, considerando – se critérios puramente pessoais. AGRADECIMENTOS Os agradecimentos podem ser feitos tanto a pessoas quanto a entidades que deram alguma contribuição relevante para a elaboração do trabalho. EPÍGRAFE Constitui a epígrafe a citação de uma frase,um verso, um trecho, enfim, retirado de algum texto, seguida de indicação de autoria, ele pode aparecer no início do trabalho ou no inicio de cada seção primária.

11 SUMÁRIO Não deve confundir sumário com índice ou lista, o sumário tem a finalidade de dar uma visão geral do trabalho, facilitando a localização dos assuntos. Nele são enumeradas as principais divisões, seções e outras partes do trabalho, acompanhadas dos respectivos números de página.

12 INTRODUÇÃO, DESENVOLVIMENTO E CONCLUSÃO A introdução é a parte inicial do texto, deve conter o assunto abordado, e os objetivos da pesquisa. O desenvolvimento é o corpo do texto, sua parte principal, aparece dividindo em seções e subseções, as quais variam conforme a abordagem do tema e o método empregado na pesquisa. A conclusão é a parte final, em que são apresentadas as conclusões a que se chegou a respeito dos objetivos ou hipóteses.

13 REFERÊNCIAS Conceitua as referências como um “ conjunto padronizado de elementos descritivos retirados de um documento, que permite sua identificação individual “. GLOSSÁRIO O glossário é um vocabulário no qual é dado o significado de palavras ou expressões relativas a determinada especialidade técnica, científica, as palavras aparecem em ordem alfabética. APÊNDICES E ANEXOS Devem ser acrescentados ao texto documentos complementares que possam enriquecer e elucidar o projeto, como: fotos, quadros, tabelas, plantas, etc. e devem ser identificados com letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos.

14 ÍNDICES : O índice é o detalhamento dos assuntos, divisões, nomes, datas e outros elementos que o autor deseja salientar, indicando sua exata localização dentro do texto.

15 1.2 Formatação de trabalhos acadêmicos PAPEL E FONTE Deve ser utilizado em papel em branco, com formato A4 (21, 0 cm x 29, 7 cm), com digitação no anverso da folha, na cor preta. ( LEONEL, p. 48) Já a fonte tem que ter tamanho 12, com o uso de fontes arredondadas como a Times New Roman ou arial. (LEONEL, p. 48)

16 PAGINAÇÃO As páginas devem ser numeradas em algarismo arábicos, devendo ser colocada no canto superior direito da folha, a 2 cm da borda, sendo feita a partir da folha de rosto. A numeração será registrada da primeira folha textual até o final do trabalho. Os números devem ser colocados sem traço, ponto ou parênteses e a paginação das referências, dos anexos e apêndices deve ser contínua. (LEONEL, p. 49 e 50)

17 MARGENS E ESPAÇOS As margens esquerda e superior devem ter 3 cm, e as margens direita e inferior 2 cm. Com parágrafo recuo da primeira linha a partir da margem esquerda. A citação longa: 4 cm (recuo a partir da margem esquerda) com espaço interlinear simples e fonte tamanho 10 e nota de rodapé deve ser digitada dentro das margens indicadas, com espaço interlinear simples e fonte 10, devendo ficar separada do texto por um filete de 3 cm a partir da margem esquerda. (LEONEL, p. 48 e 49) O texto deve ser digitado ou datilografado em espaço duplo, exceto as citações longas, notas de rodapé, referência, resumo, em língua portuguesa e em língua estrangeira, que deverão ser digitados em espaço simples. (LEONEL, p. 49)

18 NUMERAÇÃO PROGRESSIVA A numeração progressiva deverá ser adotada para as seções do texto onde os títulos das seções primárias, que se caracterizam como as principais divisões de um texto, devem iniciar-se em folha distinta (8 cm a partir da borda superior), podendo ser utilizados, para destaque, os recursos de negrito, itálico ou grifo e redondo, caixa alta ou versal, e outros. O indicativo numérico de uma seção preceder seu título, alinhado à esquerda por um espaço de caractere e os títulos sem indicativo numérico, como lista de abreviações, sumário, resumo, referências e outros, devem ser centralizados (8 cm a partir da borda superior). (LEONEL, p. 50)

19 Fonte: Manual de Metodologia da pesquisa Científica. Autoria: Profa. Dra. Walkiria Martinez Ferrer.

20 Fonte: Manual de normalização para trabalhos acadêmicos. Autoria: Cabral, Silva e Lopes. 2008

21 1.3 Resenha O que é uma resenha?

22 Qual a diferença entre resumo e resenha?

23 Principais elementos de uma resenha Informações sobre o contexto e o tema do livro resenhado O(s) objetivo(s) A apreciação Comentários A conclusão

24 Segundo Severino (2007) um projeto é o registro de um planejamento em que o pesquisador precisa ter bem claro: O seu objeto de pesquisa; Como ele se coloca; Como ele está problematizado; Quais hipóteses estão sendo levantando para resolver o problema; Com que elementos teóricos pode contar; Quais recursos instrumentais dispõe para levar adiante a pesquisa; Quais etapas pretende percorrer 1.4 Elaboração do projeto de pesquisa O projeto de pesquisa, como planejamento das atividades a serem desenvolvidas, possibilitará ao pesquisador impor-se uma disciplina de trabalho não só a respeito da ordem dos procedimentos lógicos e metodológicos mas também em termos de organização e distribuição do tempo. Constitui assim um eficaz roteiro de trabalho. Severino (207, p. 129).

25 A estrutura do projeto enquanto texto Amadurecido os pontos, pode-se explicá-los por escrito, compondo o projeto com suas estruturas: Título; Apresentação; Objetivo Geral e específicos; Justificativa; Hipóteses; Quadro teórico; Fontes, procedimento e etapas; Cronograma ; Bibliografia.

26 Desenvolvimento do processo de investigação Segundo Severino (2007) o amadurecimento de um trabalho se distingue em três fases: PRIMEIRA: Momento de invenção, intuição, descoberta, formulação de hipóteses, fase eminentemente lógica em que o pensamento é provocador, atuante; SEGUNDA: A pesquisa positiva, seja experimental, seja de campo ou bibliográfica. Nesta etapa, o espírito é posto diante dos fatos, de outras ideias; há a oportunidade de cotejar as primeiras intuições alheias ou com os fatos objetivos TERCEIRA: Já amadurecida uma posição, se parte para a composição do trabalho, então é preciso estar de posse de uma formulação definitiva, que poderá confirmar a primeira ou modificá-la Nas presentes diretrizes, estas fases não estão sendo consideradas distintamente, uma vez que são concomitantes nas várias etapas do trabalho científico, considerando de um ponto de vista da técnica de sua elaboração. Severino (2007, p.132).

27 Levantamento das fontes e documentos As fontes bibliográficas se definem pela natureza dos temas estudados e pelas áreas em que os trabalhos se situam. Tratando- se de trabalhos no âmbito da reflexão teórica, tais documentos são basicamente textos: livros e artigos. Severino (2007, p. 134).

28 Alguns sites se destacam pela grande importância para a pesquisa de referências bibliográficas:

29

30 Referências CABRAL, Jacqueline Dias; SILVA, ILMA, Maria da; LOPES, Elizabeth Aparecida. Sistemas de Bibliotecas. Manual de normalização para trabalhos acadêmicos do Unileste: de acordo com as normas de documentação da ABNT. – 2012; FERRER, Profa. Dra. Walkiria Martinez Heinrich. Mamual de metodologia da pesquisa cietífica: Orientaçoes quanto à elaboração e apresentação gráfica do Projeto de Pesquisa e do Trabalho de Conclusão de Curso; UNIMAR - Universidade de Marília, 2012; LEONEL, Vilson. Caderno de metodologia: diretrizes para elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos ed.rev.-- Tubarão: Unisul, 2003; PRESTES, Maria Luci de mesquita. A pesquisa e a construção do conhecimento científico: do planejamento aos textos, da escola à academia. 2ed. São Paulo: Rêspel, 2003; MACHADO, Anna Rachel.Resenha. SP – Parábola Editorial, 2004; SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. – 23 ed. Ver. E atual. – São Paulo: Cortez, 2007.

31 PIBID – GEOGRAFIA Campus Sertão - UFAL Apoio: Realização: Obrigado pela atenção! Regís Lima da Silva Patrícia Quirino Rocha Paulo Vinícius Oliveira Rosemere de Souza Vieira


Carregar ppt "Universidade Federal de Alagoas Campus Sertão – Delmiro Gouveia Curso de Graduação em Geografia – Licenciatura Regís Lima da Silva Patrícia Quirino Rocha."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google