A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fausto David Pereira Instrutor de Manutenção Automotiva BALANCEAMENTO DE RODAS Escola SENAI Catalão - GO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fausto David Pereira Instrutor de Manutenção Automotiva BALANCEAMENTO DE RODAS Escola SENAI Catalão - GO."— Transcrição da apresentação:

1

2 Fausto David Pereira Instrutor de Manutenção Automotiva BALANCEAMENTO DE RODAS Escola SENAI Catalão - GO

3 2 Escola SENAI Catalão - GO SUMÁRIO O que é Balanceamento? Tipos de Balanceamento Balanceamento de Rodas Tipos de Contrapesos Desbalanceamento Estático Desbalanceamento Dinâmico Quando se deve fazer o Balanceamento de Rodas Rodízio de Pneus

4 3 Escola SENAI Catalão - GO O QUE É BALANCEAMENTO? Balancear, significa distribuir uniformemente as massas de um corpo, que gira em relação ao eixo de rotação para que ele se mantenha sempre na RIGIDEZ DINÂMICA, em alta velocidade. Uma roda desbalanceada dinamicamente, apresenta oscilações laterais que damos o nome de PRECESSÃO ou, DESORGANIZAÇÃO DE MASA do corpo em movimento. Essas oscilações laterais nas rodas dianteiras ressonam-se à suspensão e direção do veículo, que também oscila, criando dificuldades para o motorista manter a dirigibilidade. Em síntese, o balanceamento de rodas é um conjunto de procedimentos técnicos que permitem ao TÉCNICO AUTOMOTIVO, reordenar a massa do conjunto rotativo, para eliminar desequilíbrios as quais as rodas dos veículos estão expostas quando em movimentos, preferencialmente em altas rotações. O balanceamento de rodas pode ser ESTÁTICO ou DINÂMICO

5 4 Escola SENAI Catalão - GO

6 5 Escola SENAI Catalão - GO DESBALANCEAMENTO ESTÁTICO Esta vibração reduz o conforto e afeta diretamente a segurança porque diminui o contato do pneu no piso, provocando o desgaste irregular do pneu e diminuindo a vida útil principalmente dos componentes mecânicos da suspensão. O desbalanceamento estático representa a vibração no sentido VERTICAL, provocada pelo desequilíbrio de massas. O conjunto roda ‐ pneu “VIBRA” NO SENTIDO VERTICAL, comprimindo e descomprimindo a suspensão. Para balancear estaticamente a roda, fixa ‐ se uma massa na roda do lado oposto ao mais pesado. Eliminam ‐ se assim as trepidações que dificultam a dirigibilidade e estabilidade do veículo.

7 6 Escola SENAI Catalão - GO DESBALANCEAMENTO DINÂMICO Esta vibração também reduz o conforto e afeta a segurança, fazendo a direção TREMER, provocando instabilidade e diminuindo a vida útil principalmente dos componentes do mecanismo de direção. Este tipo de desbalanceamento torna‐se mais acentuado quanto maior for à largura do conjunto roda‐pneu. O desbalanceamento estático representa a vibração no sentido HORIZONTAL, provocada pelo desequilíbrio de massas. O conjunto roda ‐ pneu “BAMBOLEIA” NO SENTIDO HORIZONTAL, comprimindo e descomprimindo a suspensão. Para se eliminar o desequilíbrio dinâmico das rodas prende‐se uma massa adicional no lado oposto ao da massa desequilibrante. As massas adicionais são afixadas nas bordas do aro, por meio de uma presilha ou fita adesiva.

8 7 Escola SENAI Catalão - GO BALANCEAMENTO DE RODAS Utiliza-se para compensar a área da roda que apresenta desigualdade de massa, favorecendo o equilíbrio no conjunto, um con tra peso feito geralmente de chumbo. Um veículo que apresenta uma certa vibração que sentidamente afeta ou é perceptível na dirigibilidade do veículo, iniciando-se acima dos 50 Km/H, pode ter como fonte principal e causador o desbalanceamento das rodas no conjunto girante, podendo este desconforto ser sentido no volante de direção, onde o conjunto dianteiro apresenta falhas e, até mesmo na carroceria do veículo, onde teremos o desbalanceamento nas rodas traseiras.

9 8 Escola SENAI Catalão - GO TIPOS DE CONTRAPESOS Contrapesos COLANTES Geralmente utilizados em rodas de ligas leves Contrapesos com GARRAS FIXAS (universal) Geralmente utilizados em rodas de aço, motos e veículos pesados

10 9 Escola SENAI Catalão - GO Um dos maiores fatores de perda de efetividade do balanceamento, ao passar do tempo, é o fato do risco iminente de descolamento ou, até mesmo a perda do chumbo por queda em trepidações. Esta situação, cria o deslocamento do ponto de massa do conjunto, entretanto a mossa (amassados) na roda, empenos provocados por choques mecânicos e pneu descalibrado, também ocasionando desgaste irregular e levando à trepidações.

11 10 Escola SENAI Catalão - GO O balanceamento pode ser feito tanto com as rodas no veículo (usando balanceador local) atingindo todo conjunto rotativo, como com as rodas removidas (balanceador de coluna). !!! ATENÇÃO !!! Rodas empenadas ou com mossas, pneus remoldados, ressolados, desgaste irregular ou deformados, o resultado dificilmente será correto e preciso. De acordo com os fabricantes de pneus, o balanceamento é recomendado a cada 5.000KM, sendo por ocasião da troca dos pneus, aferição da geometria ou independente de iniciarem as vibrações.

12 11 Escola SENAI Catalão - GO Balanceamento de roda convencional (externo) Balanceamento de roda local (conjunto)

13 12 Escola SENAI Catalão - GO QUANDO DEVE SER FEITO O BALANCEAMENTO DE RODAS? Sempre que for executado o conserto de um pneu Toda substituição do pneu por outro ou remoção da roda No alinhamento de direção Em casos de uso em locais de muita irregularidade Quando acontecer choque mecânico (objetos sólido, buracos e freiadas bruscas) Quando atingir o limite de 5.000km recomendado pelo fabricante do pneu Sempre que o veículo apresentar vibrações na carroceria e/ou direção ATENÇÃO: Sempre realizar balaceamento em todas as rodas, inclusive no pneu sobressalente (estepe).

14 13 Escola SENAI Catalão - GO RODÍZIO DOS PNEUS Rodízio dos pneus é o nome dado ao ato de inverter a ordem de rodagem dos pneus entre os eixos dianteiro e traseiro Serve para que os mesmos, tenham um desgaste uniforme, aproveitando o máximo rendimento entre eles em relação ao desgaste individual O recomendado é conferir a Geometria da Direção, realizar o Balanceamento dos Pneus e o Rodízio a cada 5.000km Mesmo que o veículo aparentemente não apresente necessidade de manutenção corretiva, ela é necessária por se tratar de manutenção preventiva

15 14 Escola SENAI Catalão - GO

16 15 Mais importante que a vontade de vencer é a coragem de começar. Autor desconhecido... Escola SENAI Catalão - GO

17 16 Escola SENAI Catalão - GO FIM Fausto David Instrutor de Automobilística Unidade Integrada SESI SENAI Catalão Out/2014   Contatos: Geral  – WhatsApp  Vivo


Carregar ppt "Fausto David Pereira Instrutor de Manutenção Automotiva BALANCEAMENTO DE RODAS Escola SENAI Catalão - GO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google