A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EDUTECH Especialização em Informática na Educação Recursos Tecnológicos II Prof. Anselmo C. de Paiva Depto de Informática - UFMA 4 – Multimídia Data -

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EDUTECH Especialização em Informática na Educação Recursos Tecnológicos II Prof. Anselmo C. de Paiva Depto de Informática - UFMA 4 – Multimídia Data -"— Transcrição da apresentação:

1 EDUTECH Especialização em Informática na Educação Recursos Tecnológicos II Prof. Anselmo C. de Paiva Depto de Informática - UFMA 4 – Multimídia Data - Vídeo

2 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 2 Tipos de Sinal de Vídeo Component video –Cada componente de cor é enviada como um sinal de vídeo separado –Pode ser RGB ou YIQ, YUV –Melhor reprodução de cor –Requer maior largura de banda e boa sincronização entre os três componentes Composite video –Cor e luminância são compostos em um único sinal –Inevitável interferência entre os dois sinais S-Video (Separated video) –Híbrido –Usa duas linhas, uma para luminância e outra para cor

3 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 3 Vídeo Analógico - NTSC –525 linhas por quadro, 30 quadros por segundo (29.97 fps, msec/frame) –Aspect ratio 4:3 –Entrelaçado, cada quadro é dividido em dois campos, linhas/campo –20 linhas para informação de controle em cada campo ( 485 linhas de dados visíveis) –Laserdisc e S-VHS tem resolução de 420 linhas –TV lines –Usa modelo de cor YIQ –4 MHz é usado para Y, 1.5 MHz para I, 0.6 MHz para Q.

4 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 4 Vídeo Analógico - PAL 625 linhas por quadro, 25 quadros por segundo (40 msec/frame) Aspect ratio 4:3 Entrelaçado cada frame dividido em dois campos linhas/campo Usa modelo de cor YUV (YCbCr)

5 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 5 Digitalizando Vídeos Conversão de formato analógico PAL/NTSC para imagens digitais –Adaptadores de vídeo  Le os impulsos analógicos, interpreta o padrão de cor do formato de TV, converte a cor de cada pixel para RGB e usa a placa de audio para digitalizar o som Imagens são manipuladas quadro a quadro Software de Edição Adobe Premier

6 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 6 Formato de Video Digital Real Vídeo –Formato de video stream –Suporta visualização de imagens em movimento a medida que elas chegam ao computador –Util para transmissao com largura de banda pequena –Execução do vídeo é lenta, 3 a 6 fps –Qualidade de imagem deficiente

7 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 7 Formato de Vídeo Digital MPEG –Projetado para transmissão progressiva de vídeo a taxas de 1.5 milhoes de bps

8 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 8

9 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 9 Autoria Multimídia Ferramentas para desenvolver uma apresentação multimídia completa Opções –Macromedia Director –Authorware –Microcosm –Question Mark –Flash –HyperCard

10 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 10 Macromedia Director Utiliza uma metáfora de filme Aceita quase todo tipo de imagem digital Possui uma linguagem de script Suporte para a inclusão de interatividade Pode gerar arquivos shockwave para animação na Web

11 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 11 Authorware Ferramenta de autoria profissional Suporta aplicações interativas com links, controles drag-drop e animação integrada Compatibilidade entre arquivos produzidos na versão para PC e MAC

12 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 12 Multimídia e a Web A multimídia é muito variada –Diversidade de formatos –Diversidade de mídias A Multimídia e a Web desenvolveram-se de maneira paralela –Sem formato de troca –Diversidade de hardware e/ou software –Grande quantidade de bits –Imagens, áudio e vídeo não foram levados em conta nos primeiros protocolos da Internet –Conseqüências: problemas de sincronização entre o servidor, a rede e o cliente

13 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 13 Multimídia e a Web Todos os bits não têm o mesmo peso –Por exemplo, os tempo entre duas imagens pode ser mais importante que o detalhe da própria imagem O conteúdo pode estar disperso em uma rede –Necessidade de sincronização

14 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 14 Objetivos de multimídia na Web Adicionar possibilidades de sincronização à Web Fornecer à Web uma linguagem declarativa –Interoperabilidade –Perenidade Formato texto –Possibilidade de ser editada manualmente –De preferência respeitando a gramática XML

15 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 15 SMIL Synchronized Multimedia Integration Language (SMIL) é para mídias sincronizadas o que HTML é para Hypertexto Linguagem de marcação projetada para que escalonamento de exibição de audio, vídeo, texto e gráficos ao longo de uma linha do tempo sem precisar usar ferramentas complexas ou linguagens de programação Melhor solução na Web para multimídia em exibição linear Permite especificar ações como: Toque o arquivo de audio 5 segundos após o vídeo B começar e então mostre a imagem C

16 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 16 SMIL Passo significativo para criar conteúdo a ser exibido tipo broadcast na Web Arquivo SMIL ( texto) : –somente referencia as URLs com os arquivos nas diferentes mídias –Torna fácil editar a apresentação multimídia –Suporta hyperlinks O que se pode fazer: –posicionar os elementos de mídia onde quiser na tela, –sincronizar estes elementos, –exibir mídia de acordo com as preferências do usuário: linguagem, bit-rate, etc...

17 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 17 Exemplo -Apresentação simples Texto formatado, vídeo e áudio

18 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 18 Exemplo – Uso de um link local O gráfico aparece durante o comentário falado

19 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 19 Exemplo - Correspondente distante O primeiro vídeo termina, o segundo começa

20 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 20 Exemplo - Navegação em um Link A qualquer momento durante o vídeo,o espectador deve poder pedir informação suplementar

21 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 21 O que devemos especificar? 1.O conteúdo dos objetos multimídia 2.A distribuição espacial dos objetos multimídia 3.A distribuição temporal dos objetos multimídia 4.Os links (navegação inter-objetos) 5.Os conteúdos alternativos ( largura de banda, língua,... ) 6.As anotações

22 5 – Dados Multimídia - Vídeo Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Multimídia para Educação 22 Mais Informações 1.Curso de SMIL, Didier Courtaud 1.Hélio Tutorial de SMIL


Carregar ppt "EDUTECH Especialização em Informática na Educação Recursos Tecnológicos II Prof. Anselmo C. de Paiva Depto de Informática - UFMA 4 – Multimídia Data -"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google