A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DISCIPLINA Pesquisa de Tecnologias Emergentes - PTE Profa. Eliane.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DISCIPLINA Pesquisa de Tecnologias Emergentes - PTE Profa. Eliane."— Transcrição da apresentação:

1 DISCIPLINA Pesquisa de Tecnologias Emergentes - PTE Profa. Eliane

2 TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TICS) E AS ORGANIZAÇÕES INOVADORAS O papel da TI (ou das TICs) numa organização As TICs têm como função maior dar suporte à organização para que ela consiga enfrentar alguns desafios, como:  Globalização: mercados globais, concorrência, distribuição global das organizações.  Economia do conhecimento: produtos + serviços, ciclos curtos, instabilidade.  Transformação da empresa: achatamento, flexibilidade, descentralização, custos baixos de transação.  Digitalização: processos internos, comunicação, relacionamento em rede.

3 O papel da TI (ou das TICs) numa organização A unidade de TI é a unidade da organização que é geralmente responsável pela coordenação dos recursos de TICs e pela execução de várias tarefas ligadas à automação dos processos organizacionais por meio dos sistemas de informação. Estes sistemas são chamados muitas vezes de “soluções”, uma palavra cujo uso tem sido abusivo e acaba perdendo o significado por causa disso.

4 O papel da TI (ou das TICs) numa organização Em resumo, TI / TICs são recursos para manter a organização/ empresa competitiva: Aumentando a produtividade (automação de processos); Reduzindo os custos de operação; Agilizando decisões (aproveitamento das oportunidades). Para isso sistemas e aplicativos devem estar focalizados nos objetivos da organização como um todo.

5 O papel da TI (ou das TICs) numa organização Na maioria das organizações, o produto / serviço que ela oferece não é necessariamente um produto de TICs. Pode ser, dependendo da empresa, mas não é obrigatório. Por exemplo: Empresas cujo produto final é um produto de TICs - Atividade Fim Empresas cujo produto final NÃO é um produto de TICs – Atividade Meio  Fabricantes de HW  Fornecedores de SW  Integradoras  Fornecedoras de serviços de TI (terceirização de operações ou de desenvolvimento)  Operadoras de serviços de telecomunicações ....  Indústrias manufatureiras em geral  Bancos  Empresas de transporte  Supermercados  Hospitais  Escola  Governos ....

6 O papel da TI (ou das TICs) numa organização Na grande maioria das empresas e organizações, a unidade de TI contribui para a inovação em processo organizacionais. Enquanto as da coluna da esquerda precisam inovar em TICs, as da direita precisam inovar pelas TICs. Ou seja, para a grande maioria das empresas o desafio é utilizar as TICs para inovar em processos.

7 TI / TICs como serviço As TICs podem, então, ser encaradas como um serviço. É difícil definir um serviço, mas pode-se destacar algumas características que o fazem diferente de um “produto”:  Sua contribuição mais significativa é intangível (não tocável) ou imaterial.  O serviço existe apenas enquanto uma determinada transação ocorre entre o fornecedor e o usuário.  Há sempre participação do usuário para a consecução do serviço.

8 TI / TICs como serviço Um serviço geralmente requer três dimensões ou componentes: Infra-estrutura (os meios) Procedural (procedimentos) Relacional (relacionamentos)

9 TI / TICs como serviço Cada uma dessas dimensões envolve diferentes disciplinas técnicas ou mesmo ramos de conhecimento. A tabela baixo aplica essa noção ao domínio das TICs: DimensãoTecnologias / Disciplinas Infra-estrutura  Rede – backbone, acesso  Servidores, terminais, etc.  Protocolos Procedural  Software: bancos de dados, engenharia de software, criptografia, etc. Relacional  Software: usabilidade, multimídia  Ciências humanas e sociais (psicologia, sociologia)

10 TI / TICs como meio de articulação Em suma, a TI tem uma função de serviço de articulação tanto dentro da organização como com os outros elementos da cadeia ou da rede em que ela está inserida:  Internamente, articulando as diversas unidades e funções da organização / empresa  Externamente, articulando as relações de diversas naturezas entre fornecedores e clientes com a organização / empresa

11 Estruturação da área de TI / TICs numa empresa Como estruturar ou organizar a área de TI para que ela contribua eficazmente para o sucesso da empresa, inclusive inovando em seus processos organizacionais?

12 Estruturação da área de TI / TICs numa empresa Sistema de alocação / orçamento – neste caso, o planejamento é centralizado mas com a participação das unidades usuárias de TI; os recursos são alocados, então, no orçamento para a unidade de TI conforme a decisão da alta gerência. Sistema de “mercado” – neste caso, a unidade de TI é livre para escolher seu planejamento tecnológico e obtém seus recursos das “vendas” internas de serviços. Sistema de fornecedor – a unidade de TI é mais ou menos independente; há uma tendência à terceirização, o que acaba ocorrendo, ficando a unidade de TI apenas como administradora do fornecimento dos serviços de terceiros.

13 Inovação em TICs: a questão do software Software é um conjunto de instruções que modificam o comportamento de outra entidade ou sistema. A inovação em software envolve o domínio das disciplinas de ciência da computação. A inovação em software tem, portanto, forte conotação científica: sistemas operacionais, bancos de dados, engenharia de software, inteligência artificial, sistemas inteligentes, algoritmos, etc.

14 Inovação em TICs: a questão do software A inovação pelo software, por outro lado, tem um foco essencialmente organizacional, de aplicação a problemas de organização. Software, hoje provê meios para gerentes reduzirem custos, comprimir ciclos de projeto, aumentar o valor da inovação. É o “coração” de produtos e serviços, inclusive pela criação de funcionalidades que efetivamente dão valor a estes produtos e serviços, mesmo que não sejam produtos e serviços finais de TICs.

15 Inovação em TICs: a questão do software O software provê um veículo para permitir rápida difusão de conhecimentos, promover a interação desenvolvedor / usuário, e a realimentação do mercado. Ou seja, software é ferramenta crítica do processo de inovação.

16 Inovação em TICs: a questão do software O software é muito importante para todas as etapas da inovação: Pesquisa e desenvolvimento de produtos Engenharia de produção Marketing e distribuição Difusão e treinamento (conhecimento)

17 Inovação em TICs: a questão do software Ele tem ainda um papel central na questão da “compressão do tempo”, porque ajuda a reduzir substancialmente o tempo de desenvolvimento dos produtos: Exemplo 1 – avião Boeing 777 (US$ 170 M / unidade). Envolveu 2800 engenheiros, 250 times multi-funcionais. Permitiu a passagem direta do projeto (em software, muito uso de simulação) para a produção. Reduziu em 60 a 90% erros de prototipagem e custos de retrabalho. Exemplo 2 – uso de bio-informática, simulação computacional e visualização gráfica para o “projeto” de moléculas de novos medicamentos.

18 Classificação de sistemas de software Pode-se classificar os sistemas de software conforme sua função nos processos da empresa de várias maneiras. Ou ainda conforme três grandes linhas de aplicação, como mostrado na tabela abaixo: Tecnologias de projeto ou concepção (produtos e serviços) Tecnologias de manufatura Tecnologias de coordenação  CAD, CAE  Simulação  Prototipagem eletrônica  Datamining  etc.  Ferramentas de controle numérico, robôs (sw embarcado)  Sistemas flexíveis de manufatura  Automação do controle de processos  etc.  ERP  Sistemas de controle de projetos  Sistemas just-in-time,  TQM  etc.

19 A tabela anterior apresenta uma visão de software em sentido amplo, desde o projeto e manufatura até o domínio tradicional de informática das empresas, o de suporte à administração ou gestão por meio de sistemas de informação. Sistemas de informação são um conjunto de componentes relacionados que coleta / recupera, processa, armazena e distribui informações para apoiar a organização na análise de problemas, controle, coordenação, decisão, etc. Classificação de sistemas de software

20 O que importa muito é a estrutura “piramidal” de organização da empresa, conforme mostrado na tabela abaixo: Classificação de sistemas de software Tipos de sistemasVendas e marketingFabricaçãoFinanças e contabilidadeRecursos humanos Sistemas de apoio executivo  Plano estratégico de vendas  Plano operacional trienal  Planejamento orçamentário plurianual  Planejamento de pessoal (headcount) Sistemas de informações gerenciais  Gerenciamento de vendas  Controle de estoque  Orçamento anual  Análise de realocação Sistemas de apoio à decisão  Análise das vendas por região  Programação de produção Análise de custo Sistemas de trabalhadores do conhecimento Estações de trabalho Sistemas de automação de escritório Editores de texto Digitalização de documentos Sistemas de processamento de transações Acompanhamento de pedidos Controle de movimentação de materiais Gerenciamento de caixa Contas a pagar / receber Registro de funcionários

21 De uma maneira geral, a introdução de sistemas de software e sistemas de automação de processos no projeto / concepção, na manufatura e na coordenação traz vantagens e benefícios mas encontra também obstáculos e traz igualmente problemas. Estudos realizados desde o final da década de 1980 apontam uma relação deles: Classificação de sistemas de software Vantagens (efeitos positivos)Obstáculos (problemas) 1)Melhoria na qualidade do projeto 2)Aumento da rentabilidade 3)Redução da rejeição 4)Aumento da flexibilidade de produção 5)Aumento da taxa de utilização de equipamentos 6)Aumento do market share 7)Redução dos encargos trabalhistas 8)Redução do time-to-market 9)Redução do consumo de matéria-prima 10) Novas características dos produtos 1)Alto custo de equipamentos 2)Custo de capital 3)Custo de integração da nova tecnologia 4)Custo para desenvolver SW 5)Falta de RH capacitados (skills) 6)Pequeno tamanho do mercado 7)Resistência dos funcionários 8)Incapacidade para avaliar novas tecnologias 9)Falta de suporte técnico 10) Resistência à introdução de novas tecnologias


Carregar ppt "DISCIPLINA Pesquisa de Tecnologias Emergentes - PTE Profa. Eliane."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google