A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

QUE TIPO DE LÍDER É VOCÊ? COMO VOCÊ SE COMPORTA EM UMA EQUIPE? O ENEAGRAMA DA PERSONALIDADE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "QUE TIPO DE LÍDER É VOCÊ? COMO VOCÊ SE COMPORTA EM UMA EQUIPE? O ENEAGRAMA DA PERSONALIDADE."— Transcrição da apresentação:

1 QUE TIPO DE LÍDER É VOCÊ? COMO VOCÊ SE COMPORTA EM UMA EQUIPE? O ENEAGRAMA DA PERSONALIDADE

2 AO FINAL DA APRESENTAÇÃO DE CADA TIPO PSICOLÓGICO, HÁ UM BREVE QUESTIONÁRIO. SE VOCÊ MARCAR 10 OU MAIS PONTOS EM ALGUM DESSES QUESTIONÁRIOS, VOCÊ PODE SE CONSIDERAR COMO PERTENCENDO FORTEMENTE A ESSE DETERMINADO TIPO. DA MESMA FORMA, SE VOCÊ SE IDENTIFICAR MUITO COM A DESCRIÇÃO DO TIPO EM QUESTÃO. OBSERVE QUE PODEM EXISTIR TIPOS MISTOS, COM CARACTERÍSTIVCAS MAIS OU MENOS ACENTUADAS DE 2 OU 3 TIPOS. O MAIS COMUM NOS TIPOS MISTOS É A REUNIÃO DE UM TIPO PRINCIPAL, COM A CONTRIBUIÇÃO MAIOR OU MENOR DE DOIS TIPOS “ALAS”, POR EXEMPLO, UM 9 SENDO ACOMPANHADO POR CONTRIBUIÇÕES FORTES DO TIPO 1 E MENOS ACENTUADAS DO TIPO 8.

3 UNS UNS buscam um mundo perfeito e trabalham diligentemente para aperfeiçoar tanto a si quanto aos outros, bem como a qualquer coisa a sua volta. Núcleo focal: O que está certo ou errado, correto ou incorreto? Rótulos comuns: Perfeccionista, reformador, cruzado, moralista.

4 PERFECCIONISMO  Uns continuamente comparam o que é com o que deveria ser. Consideram tanto a si quanto aos outros responsáveis por seus atos e os avalia de acordo com seus altos padrões de referência. UM CAMINHO CERTO  Uns acreditam que cada problema tem uma (única) solução correta. Mesmo se o problema não admitir uma resposta preto ou branco, o Um dirá: “A resposta correta é cinza!”. RESSENTIMENTO  Porque ser responsável é um valor supremo para Uns, eles normalmente abordam seu trabalho com diligência, demonstrando qualidades como supervisão contínua do trabalho, aderência a prazos e atenção aos detalhes. Ressente-se quando outros não demonstram as mesmas qualidades e perguntam-se amiúde: “por que eu trabalho tão duro enquanto outros se dão bem e vão pra casa com um trabalhinho medíocre?!”. QUESTÕES BÁSICAS

5 JULGAMENTO E AUTO-APERFEIÇOAMENTO  Uns tem elevada auto-crítica e uma voz interna que funciona 85% do tempo com um único propósito: evitar que o Um cometa erros. A voz também indica aos Uns o que devem fazer para se auto-aperfeiçoar. Uns tendem a julgar os outros e se não os criticam abertamente, o fazem dentro de suas cabeças. O julgamento dos outros também pode ser positivo; Uns podem ficar terrivelmente excitados quando observam excelência no trabalho alheio, seja na execução de uma peça clássica de Bach, seja num projeto de engenharia, ou mesmo no processo de pensamento, no comportamento ou no jeito de trabalhar de outrem. QUESTÕES BÁSICAS

6 PARADIGMAS Marque as características de liderança que melhor o descrevem; Eu sou bom em (É FÁCIL PARA MIM): Liderar pelo exemplo Lutar pela qualidade Perseguir a perfeição Ser organizado Ser consistente Ser perceptivo Ser honesto Ser prático

7 PARADIGMAS Características que tenho que melhorar, ou desenvolver: Reatividade Crítica excessiva Sou defensivo quando criticado Sou (excessivamente) focado em detalhes Frequentemente inconsciente de raiva profunda Ser Controlador Ser Opinioso Ficar Impaciente

8 DOIS’’ desejam ser queridos, tentam satisfazer as necessidades dos outros e tentam orquestrar as pessoas e eventos a sua volta. Foco nuclear: Eu sou querido? Os outros vão gostar de mim? Rótulos comuns: Doador, auxiliador, possibilitador, cuidador.

9 ORIENTADOS PARA O RELACIONAMENTO  A maioria dos Dois’ acreditam que suas relações pessoais constituem a parte mais importante de suas vidas. É muito comum Dois’ possuírem muitas amizades próximas, com os Dois’ fornecendo apoio, conselhos, ou o que seja que acreditem que a outra pessoa necessite. Embora os Dois’ frequentemente sintam que outros são dependentes deles, eles mesmos tornam-se dependentes do relacionamento para sua afirmação pessoal e senso de auto-capacidade. FOCO NOS OUTROS  Dois’ usualmente exibem uma habilidade para compreender intuitivamente a necessidade dos outros e uma disposição inata para atender essas necessidades. Esta capacidade para contactar o outro pode ser generalizada ou altamente específica, por exemplo, em direção a pessoas que os Dois’ crêem que têm alto status. No último caso, os Dois’ alterarão sua imagem e comportamento para atender o que crêem seja desejável para o outro. QUESTÕES BÁSICAS

10 NEGAÇÃO DOS PRÓPRIOS DESEJOS  Por focar demasiadamente no outro, os Dois’ acabam por prestar pouca atenção em suas próprias necessidades e desejos. Quando questionados sobre o que eles mesmos querem, podem tornar-se confusos ou dizer “Eu quero ser querido...”. ORGULHO  Dois’ tipicamente são bastante orgulhosos de sua auto-imagem como uma pessoa “boa” e de sua habilidade em saber o que as pessoas querem, ou o que é realmente requerido pelas situações do que as outras pessoas. Podem inflar-se e desfrutar de grande prazer quando tudo dá certo, porém o oposto ambém é verdadeiro: frustram-se e podem ficar deprimidos quando os eventos não saem como o planejado. QUESTÕES BÁSICAS

11 PARADIGMAS Marque as características de liderança que melhor o descrevem; Eu sou bom em (É FÁCIL PARA MIM): Desenvolver excelentes relacionamentos Empatia Ser apoiador e generoso Ser otimista Gostarem de mim Ser responsável e trabalhar duro Intuir as necessidades dos outros Ser capaz de motivar os outros

12 Características que tenho que melhorar, ou desenvolver: Fico enraivecido quando outros são maltratados Tenho dificuldade em dizer não Fico com raiva ou deprimido quando não sou apreciado Não tenho uma idéia clara de meus próprios desejos e necessidades Sobrevalorizo os relacionamentos Não estou consciente de que quero algo em troca do que dou

13 PARADIGMAS Características que tenho que melhorar, ou desenvolver: Fico enraivecido quando outros são maltratados Tenho dificuldade em dizer não Fico com raiva ou deprimido quando não sou apreciado Não tenho uma idéia clara de meus próprios desejos e necessidades Sobrevalorizo os relacionamentos Não estou consciente de que quero algo em troca do que dou

14 Três’ organizam sua vida para atingir objetivos específicos e para parecerem exitosos de forma a ganhar o respeito e a admiração dos outros. Foco nuclear: Como eu posso obter o respeito e a estima alheia? Rótulos comuns: Performático, ganhador, conquistador, iniciador.

15 IMAGEM  Três’ são conhecidos como os camaleões do Eneagrama porque mudam sua imagem para adequar-se a uma situação particular. Eles não fazem isso para misturar-se ou encaixar-se na situação, mas para criar uma impressão positiva_ usualmente uma de auto- confiança, otimismo e sucesso. Esta mudança de forma é mais intuitiva e automática do que consciente. Por exemplo, um Três pode dizer: “Eu apenas sou capaz de ler minha audiência sem esforço.” ORIENTADO A OBJETIVOS  Três’ focam em obter resultados, o que tende a torná-los altamente produtivos. A sua produção, entretanto, pode surgir às expensas da negação dos sentimentos alheios. Três’ usualmente percebem as emoções, especialmente aquelas de tristeza e medo, como tendo o potencial de desmontar suas aquisições, tornando-se bastante agitados quando obstáculos surgem em seu caminho. QUESTÕES BÁSICAS

16 SUCESSO  Uma vez que seu senso de valor pessoal depende de executar seus trabalhos com sucesso Três’ tendem a focar mais no “fazer” que no “ser”. Eles acreditam que são valorizados apenas pelo que fazem, e nunca pelo que são. Se instados a gastar menos tempo fazendo e mais apenas sendo, poderão simplesmente perguntar; “Sendo? O que é isso?”. QUESTÕES BÁSICAS EVITAÇÃO DE FALHAS  Para evitar falhas a qualquer custo, Três’ quase sempre buscam atividades nas quais são competentes e, portanto, onde terão mais chances de sucesso. Se, mesmo assim, vêm a falhar, tendem a negar a falha ou refazer o quadro situando o fracasso como “Uma experiência de aprendizado”.

17 PARADIGMAS Marque as características de liderança que melhor o descrevem; Eu sou bom em (É FÁCIL PARA MIM): Ser orientado para o sucesso Teralta energia Ler bem a audiência Dar a volta nos problemas Ser otimista Ser empreendedor Ser confiável Obter resultados

18 PARADIGMAS Características que tenho que melhorar, ou desenvolver: Sou abertamente competitivo Tenho dificuldade em planejar o futuro Por vezes sou abrupto ou rude Escondo meus sentimentos profundos Sou impaciente com os sentimentos e emoções dos outros Acredito que minha imagem é meu verdadeiro eu. Não tenho muito tempo para relações pessoais.

19 Quatros desejam conexões profundas tanto com seu interior quanto com outras pessoas, e sentem-se mais autenticamente vivos quando expressam suas experiências pessoais, emoções e sentimentos. Foco nuclear: Vou ser rejeitado ou não me sentirei bem o bastante? Posso me expressar livremente? Rótulos comuns: Trágico-romântico, artista, esteta, individualista.

20 QUESTÕES BÁSICAS EXTREMOS DE VIDA EMOCIONAL  Quatros tendem a viver os extremos do espectro emocional, com depressão num pólo e hiperatividade no outro. Quatros acreditam que a intensidade de suas experiências, com altos (altíssimos) e baixos (baixíssimos) suplantam a alegria comum que outros sentem. Muitos Quatros dão a impressão que acreditam na afirmação: “Eu sou meus sentimentos”. ANSEIOS E FANTASIAS  Quatros idealizam o que eles acreditam esteja além de seu alcance, romantizando ou esperando ansiosamente por isso. Como resultado a vida comum parece-lhes aborrecida e ordinária, em comparação. Muitos Quatros consideram a melancolia como uma emoção positiva, ou ao menos não negativa, que os faz entrar em contacto com seu eu mais profundo, fazendo-os sentir-se como muito vivos.

21 AUTENTICIDADE  Quatros estão numa contínua busca pelo real e verdadeiro na sua auto- expressão (usualmente através das artes ou da comunicação interpessoal) e das conexões emocionais genuínas que experienciam com outras pessoas. Em busca de sentido através da expressão emocional, tendem a expressar-se através de histórias pessoais e frequentemente acreditam que o mundo de experiências pessoais e sentimentos é o que é real. COMPARAÇÕES  De forma insidiosa ou abrupta, conscientemente ou não, Quatroscomparam- se aos outros, em uma base regular. Quatros concluem que são defeituosos, superiores, ou ambos. Quando se julgam inferiores tornam-se invejosos: ”Os outros têm alguma coisa que me falta. Por que não eu?”, ou seja, “Eles têm, eu quero também!”. QUESTÕES BÁSICAS

22 PARADIGMAS Marque as características de liderança que melhor o descrevem; Eu sou bom em (É FÁCIL PARA MIM): Ser inspirado Ser criativo Ser introspectivo Ser expressivo Ser intuitivo Ter compaixão Buscar a excelência Buscar significado através das conexões pessoais.

23 Características que tenho que melhorar, ou desenvolver: Sou muito intenso Minha auto-consciência poderia ser melhor Tenho humor instável Me aborreço com facilidade Sou guiado pela culpa Tenho dificuldade para aceitar críticas Sou profundamente crítico dos outros Não sou muito amistoso, às vezes Não sou muito receptivo,às vêzes PARADIGMAS

24 Cincos têm sede por conhecimento e usam o afastamento emocional como uma maneira de manter ao mínimo o envolvimento com o outro. Foco nuclear: Algo irá demandar meus recursos, tempo e energia? Rótulos comuns: Observador, recluso, pensador, investigador.

25 QUESTÕES BÁSICAS SEDE POR CONHECIMENTO  Focados em fatos, objetivos e analíticos, Cincos são fascinados por informação, especialmente em suas áreas de interesse. Não é incomum Cincos possuírem uma extensa biblioteca pessoal num quarto exclusivamente deles. Esta coleção pode conter CDs, DVDs, revistas... não é um armazém do conhecimento e sim um retiro ou refúgio pessoal, onde um Cinco pode ficar só, longe das demandas externas. DESTACAMENTO EMOCIONAL  Cincos automaticamente reservam-se e destacam-se de sua emoções, reexperimentando-as mais tarde, quando estão sós e ninguém mais está à sua volta para observá-los. Dizem que precisam desse tempo para organizar suas emoções e pensamentos.

26 PRIVACIDADE  Cincos usualmente lutam com unhas e dentes por sua privacidade, uma vez que ela os possibilita recarregar-se e preparar-se para a relação com os outros. Em um extremo um Cinco pode ser um eremita, levando uma vida reclusa em sua mente. Por outro lado, um Cinco pode assumir papéis públicos, desde que circunscritos a determinados assuntos e claros em seus objetivos, permitindo-lhes manter no mínimo suas emoções. Cincos podem confiar em alguns poucos, mas espera que estes protejam sua confidencialidade. COMPARTIMENTALIZAÇÃO  Cincos habitualmente separam ou compartimentalizam as diversas partes de suas vidas. Frequentemente têm amigos diferentes no trabalho, no Clube e nos serviços comunitários. Cincos também colocam em compartimentos o conhecimento, posicionando informações em ”gavetas” separadas ou categorias mentais. QUESTÕES BÁSICAS

27 PARADIGMAS Marque as características de liderança que melhor o descrevem; Eu sou bom em (É FÁCIL PARA MIM): Ser analítico Conhecer em profundidade um assunto Ser objetivo Ser sistemático Planejar todo o processo Lidar com crises Ser persistente Ser ‘expert’ em vários assuntos

28 Características que tenho que melhorar, ou desenvolver: Jamais me envolvo emocionalmente quando trabalho Não sou muito assertivo Não valorizo as relações Não compartilho informações Sou teimoso Sou crítico dos outros Não sou muito amistoso, normalmente Não sou muito receptivo, normalmente

29 Seis’ possuem mentes intuitivas e criam “cenários no pior caso” para ajudá-los a se preparar caso alguma coisa saia errado. Foco nuclear: Oque pode dar errado aqui? Em quem posso confiar? Estou tomando a melhor decisão? Rótulos comuns: Advogado do diabo, leal, questionador, cético.

30 QUESTÕES BÁSICAS PLANEJAMENTO ANTECIPATÓRIO E “WORST CASE SCENARIOS”  Seis’ usualmente têm uma imaginação ativa e vívida que continuamente gera imagens de desfechos catastróficos para a situação-problema em pauta. De fato, Seis’ podem ser bastante intuitivos, antecipando e evitando problemas potenciais, porém também podem errar o alvo, projetando suas próprias apreensões e sentimentos negativos nos outros acarretando-lhes desnecessária ansiedade no processo. Alguns Seis’_ chamados Seis’ fóbicos_ estão conscientes de que sempre criam “worst case scenarios”, enquanto outros Seis’ são contrafóbicos, engajando em atividades de alto risco para provar, a si mesmos e aos outros, que não têm medo. A maioria dos Seis, entretanto, cai em algum lugar no meio desses extremos, podendo exibir comportamentos ora fóbicos, ora contrafóbicos, sob diferentes circunstâncias.

31 PROCASTINAÇÃO  A tendência dos Seis’ de preocupar-se com o que possa ocorrer frequentemente resulta em procastinação. Não é que eles esqueçam de fazer algo,; eles simplesmente não conseguem decidir qual alternativa seria o melhor curso de ação. Por vezes a ansiedade de escolha pode levá-los a uma “paralisia de análise”. LEALDADE  Seis’ valorizam a lealdade à equipe e a organização, acreditando que aqueles investidos de autoridade irão reconhecê-los e recompensá-los por sua dedicação, além do que crêm que seus pares irão apoiá-los de alguma coisa sair dos eixos. Esta lealdade não significa que todos os Seis’ farão parte integral de um grupo; alguns preferirão ficar na periferia onde terão mais liberdade para mover-se para dentro ou fora do grupo, quando assim o desejarem. QUESTÕES BÁSICAS

32 FOCO NA AUTORIDADE  Seis’ tendem a focar-se naqueles que possuem ou exibem autoridade, acreditando que essas pessoas têm a habilidade de mantê-los a salvo, bem como a capacidade de causar-lhes danos. Eles esperam pela primeira opção, ao mesmo tempo que preocupam-se bastante de que a segunda aconteça a qualquer momento. Alguns Seis’, contrafóbicos, entretanto aprazem-se em desafiar a autoridade. Alguns exibem ambas as reações. QUESTÕES BÁSICAS

33 PARADIGMAS Marque as características de liderança que melhor o descrevem; Eu sou bom em (É FÁCIL PARA MIM): Ser responsável Ser prático Ser colaborativo Ser estratégico Exibir inteligência aguda Antecipar questões e problemas Ser persistente Ser leal à Companhia e aos empregados

34 Características que tenho que melhorar, ou desenvolver: Me preocupo constantemente Não gosto de ambiguidades Sofro de “paralisia de análise” Me auto-sacrifico em demasia Sou reativo Sou abertamente cauteloso e evito tomar riscos a qualquer custo Me submeto totalmente à autoridade, ou então desafio abertamente qualquer autoridade Projeto meus próprios pensamentos ou sentimentos nos outros PARADIGMAS

35 Setes buscam a todo custo o estímulo de novas idéias, novas pessoas e novas experiências; evitam a dor e criam planos elaborados que lhes permitirão manter todas as opções em aberto. Foco nuclear: O que é excitante? Me sinto de alguma forma constrangido ou limitado? Posso evitar a dor e o desconforto? Rótulos comuns: Epicurista, generalista, visionário, connoisseur.

36 QUESTÕES BÁSICAS “FISSURA” POR OPÇÕES  Setes estão ancorados na sua crença de que as possibilidades da vida são ilimitadas e querem estar certos de que retém todas as suas opções. Quando sentem que suas alternativas foram limitadas, tendem a sentir-se amarrados e ansiosos. Embora Setes assumam compromissos, também sempre têm em mente o plano B, só por precaução. EVITAÇAO DA DOR  Procurando experiências positivas e reinterpretando as negativas, Setes encontram um caminho para evitar dores, desconfortos e situações difíceis. Embora possam envolver-se profundamente com a situação difícil por que outros passam, tornando-se disponíveis para auxiliar aqueles em dificuldades, o bordão típico de um sete é “Don’t worry, be happy!”.

37 QUESTÕES BÁSICAS OTIMISMO  Sete é o estilo mais otimista do Eneagrama. Efervescentes e entusiásticos, Setes permanecem na sua batida habitual e, mesmo em tempos de dureza, eles acreditam que se as cisas não estão se resolvendo agora, elas serão resolvidas no futuro. Em tempos desafiadores, sua energia é sustentada por sua fascinação por coisas e pessoas interessantes, assim como pela sua capacidade de redesenhar o quadro geral de experiências negativas. Por exemplo, um Sete criticado por perder uma reunião importante poderia dizer, “Sim, mas eu estava revendo um documento e encontrei uma forma de aperfeiçoar dramaticamente este projeto.”

38 QUESTÕES BÁSICAS MENTE SINTETIZADORA  A mente um Sete se move rapidamente de uma idéia para a próxima, o que os faz criativos e adeptos de sintetizar idéia aparentemente desconexas, desenvolvendo idéias inovadoras. Entretanto, este método de processamento mental também leva a uma perda de foco aos Setes, conforme sua atenção direcionada à completar uma tarefa ou elaborar completamente uma idéia descarrila em direção a outro pensamento, fato ou pessoa, que lhe parecem mais interessantes no momento.

39 PARADIGMAS Marque as características de liderança que melhor o descrevem; Eu sou bom em (É FÁCIL PARA MIM): Ser imaginativo e criativo Ser entusiástico Ser curioso Ser estratégico Me engajar nas tarefas Ser “multi-tarefa” Ter um ritmo alto no meu desempenho Ser um pensador rápido Ser capaz de fazer conexões com dados heterogêneos e dispersos

40 Características que tenho que melhorar, ou desenvolver: Sou impulsivo Não sou muito focado Sou rebelde Evito situações potencialmente dolorosas Minha empatia pelos outros é inconsistente Reajo ao feedback negativo Não gosto da rotina Racionalizo experiências negativas PARADIGMAS

41 Oitos procuram a verdade, gostam de ter as situações sob controle, querem que coisas importantes aconteçam e tentam ocultar sua vulnerabilidade. Foco nuclear: Tudo está efetivamente sob controle? Rótulos comuns: Patrão, chefe,líder, desafiador, protetor.

42 QUESTÕES BÁSICAS CONTROLE  Oitos tendem a exercer influência direta sobre pessoas e eventos que afetem a sua vida. Também são agudamente sensíveis ao comportamento orientado ao poder ou controle de outras pessoas. Enquanto oitos usualmente respeitem aqueles que efetivamente usam o poder e influência, o contrário também é verdadeiro, quando os Oitos Têm reações instintivas negativas em direção aos que eles sentem estejam abusando da autoridade ou estejam exencendo controle de uma forma inefetiva. Oitos são rápidos para perceber o caos e perda de controle e vão intervir rapidamente para fazer as coisas retornarem ao eixo.

43 JUSTIÇA  Oitos buscam a verdade e apreciam a honestidade, esperam que as pessoas tenham responsabilidade sobre seu próprio comportamento e demandam a intervenção de figuras de autoridade de uma forma justa e não manipulativa. Quando pressentem injustiça, Oitos vão com tudo à luta, com grande paixão para impingir seus próprios valores e crenças, remediando a situação e protegendo aqueles que eles percebem como vítimas inocentes. VULNERABILIDADE  A maioria dos Oitos acreditam que o mundo pode ser dividido em dois grupos de pessoas: os fortes e os fracos. Dada essa visão de mundo, oitos optam por pertencer aos fortes e duros. Oitos, entretanto, possuem uma vulnerabilidade infantil que eles preferem não revelar. Enquanto alguns Oitos escondem essa vulnerabilidade de si mesmos, outros dispõem-se a compartilhar seu lado mais brando com aqueles em que verdadeiramente confia e respeita. QUESTÕES BÁSICAS

44 VINGANÇA  Muitos Oitos não enxergam seu comportamento como vingativo. Ao invés disso, Oitos vêem seu comportamento como ajustado para rebalancear o escore, buscando a justiça, marcando seu terreno ou evitando um mal-feito, mesmo quando os outros vejam esse comportamento como retaliatório. O desafio para muitos Oitos é compreender que mesmo pessoas confiantes e assertivas podem sentir-se intimidadas pela tendência de um Oito para dominar as situações, com sua típica habilidade para arriscar-se de forma corajosa e confiante.

45 PARADIGMAS Marque as características de liderança que melhor o descrevem; Eu sou bom em (É FÁCIL PARA MIM): Ser direto Ser altamente estratégico Ultrapassar obstáculos Ser enérgico Ser protetor de outros Mover projetos para frente Apoiar o sucesso alheio Ser autoconfiante e autoritário

46 Características que tenho que melhorar, ou desenvolver: Sou controlador Sou cobrador de resultados Sou impaciente Fico agitado com o passo lento de outros Desdenho a fraqueza Tenho altas expectativas acerca de mim e dos outros Me sinto usado quando os outros não tem o desempenho esperado PARADIGMAS

47 Noves buscam por harmonia e consideração mútuas; não gostam de conflito, tensão e maus propósitos. Foco nuclear: Todo mundo está sendo ouvudo, incluindo eu mesmo? Rótulos comuns: Mediador, pacificador, conector, harmonizador.

48 QUESTÕES BÁSICAS HARMONIA  Noves tendem a ser relaxados, executando suas tarefas de forma fácil e descontraída, não fazendo julgamentos mentais dos outros e sentindo-se melhor quando experimentam rapport e unidade com os grupos que consideram importantes. A maioria dos Noves apreciam a harmonia em contacto com a Natureza e são tendentes a mesclar-se com pessoas que apreciem. EVITAÇÃO DE CONFLITOS  Porque desejam tão ardentemente a harmonia, Noves evitam conflito direto sempre que possível. Consequentemente, Noves tendem a evitar tomar ações que possam gerar controvérsias_por exemplo, dizer não, desafiar alguém, tomar decisões duras. Desejosos de restaurar a harmonia, Noves são adeptos da mediação de desentendimentos, desde que eles mesmos não façam parte da situação conflituosa.

49 TOMANDO UMA POSIÇÃO  Noves tendem a sub-valorizar e a perder contacto com seus próprios pensamentos, sentimentos e necessidades, permitindo que o outro tome a parte mais ativa e assertiva em seus relacionamentos. Pode ser difícil para um Nove adotar uma posição forte em um grande número de situações_ por exemplo, quando discutem que filme irão ver, ou que automóvel a família deve comprar ou quando é necessária uma opinião direta em um contencioso qualquer. Dizer NÃO pode ser particularmente difícil para um Nove, porque assim o fazendo, potencialmente geraria tensão e conflito com outras pessoas. Mais tipicamente, um Nove diz SIM e seguem com as agendas de outros, mesmo quando acham que deveriam discordar. Nesse aspecto, o comportamento de um Nove pode ser passivo-agressivo, quando ele diz SIM a uma requisição a qual ele ou ela não pretendem de fato atender. QUESTÕES BÁSICAS

50 DIFUSÃO DA ATENÇÃO  Quando as tarefas estão pressionando ou decisões importantes estão pendentes, Noves tendem a dispersar sua atenção e a perder o foco principal, direcionando sua energia para tarefas ou atividades secundárias_ por exemplo, realizando trabalhos não essenciais, assistindo TV ou engajando numa rotina doméstica que consuma seu tempo. QUESTÕES BÁSICAS

51 PARADIGMAS Marque as características de liderança que melhor o descrevem; Eu sou bom em (É FÁCIL PARA MIM): Ser diplomático Não “esquentar a cabeça” Ser consistente Ser inclusivo e colaborativo Desenvolver relações duradouras Ser paciente Apoiar os demais Assimilar o quadro geral por meio de detalhes operacionais

52 Características que tenho que melhorar, ou desenvolver: Evito conflitos a todo custo Não sou assertivo Esqueço ou confundo prioridades Tendo a ser procastinador, deixo tudo para mais tarde Sou um tanto indeciso Tenho baixa energia Quando pressionado sou passivo-agressivo (digo que sim mas não faço nada) PARADIGMAS


Carregar ppt "QUE TIPO DE LÍDER É VOCÊ? COMO VOCÊ SE COMPORTA EM UMA EQUIPE? O ENEAGRAMA DA PERSONALIDADE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google