A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

É qualquer tipo de ocorrência, de origem traumática ou de sobreuso, da qual resulta incapacidade funcional, obrigando o atleta a interromper a sua actividade,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "É qualquer tipo de ocorrência, de origem traumática ou de sobreuso, da qual resulta incapacidade funcional, obrigando o atleta a interromper a sua actividade,"— Transcrição da apresentação:

1

2 É qualquer tipo de ocorrência, de origem traumática ou de sobreuso, da qual resulta incapacidade funcional, obrigando o atleta a interromper a sua actividade, não participando em, pelo menos, um treino ou jogo. (Fuller, Ekstrand, Junge, 2006) Definição de Lesão:

3 Coxa Tornozelo Joelho Anca/Virilha Perna/Tendão de Aquiles [Journal Science and Sports Medicine (2005) 4, ] Localização das lesões mais comuns Natureza da lesão Agudas (overstress) - são causadas por um evento específico e identificável; Crónicas (overuse) - surgem por micro traumatismos repetidos, sem uma causa identificável.

4 Classificação das lesões desportivas Localização Aguda (overstress)Crónicas (overuse) OssoFratura; Periostite pós contusão.Fratura de stress; Periostite, Apofisite. Cartilagem articularFratura osteocondral/condral; lesão minor osteocondral. Condropatia (ex. condromalácia) ArticulaçãoLuxação; Subluxação.Sinovite; Osteoartrite. LigamentoEstiramento/rutura (grau I-III)Inflamação MúsculoEstiramento/rutura (grau I-III); Contusão; Cãimbras; Síndrome compartimental agudo. Síndrome compartimental crónico; TendãoRutura (completa ou parcial).Tendinopatia (incluí paratenonite, tendinose, tendinite). BursaBursite traumática.Bursite. NervoNeuropraxia.Compressão nervos; Lesão/irritação minor no nervo; Tensão neural adversa. PeleLaceração; Abrasão; Ferida profunda.Bolhas de água; Calos. [Clinical Sports Medicine 3 rd edition (2010), pag. 8]

5 Entorse joelho e tornozelo Rutura muscularFratura OsteocondralOsgood-SchlatterBursite Neurite Ciática Síndrome compartimental

6 Factores de risco IntrínsecosExtrínsecos Idade ( com a idade, zonas de crescimento)Nutrição Sexo ( sexo feminino)Higiene física (descanso, álcool…) Estado de saúde (temperatura, cáries dentárias)Condições atmosféricas (frio/calor) Alterações anatómicas (membro curto)Equipamento adequado (luvas, botas) Estabilidade articular (após lesão)Tipo e qualidade de piso (relva natural/sintética) Agilidade/Coordenação (desregulação na coordenação neuromuscular) Nível de competição (maior risco conforme nível competitivo) Força (agonistas/antagonistas) (bilaterais)Volume de jogos/treinos (fadiga muscular) Flexibilidade (não existe consenso cientifico)Intensidade de jogos/treinos (velocidade do jogo) História prévia de lesão (15% a 30% são recidivas)Estágios (particularmente na pré época) Aspetos psicológicos (mais tensão muscular)Jogo vs treino (maio risco no jogo) …… [Prevenção de lesões no desporto. Luís Horta. (1995)] [O treino do Futebolista. José Soares. 2007)] [Como ganhar usando a cabeça. Jorge Silvério. 2002)]

7 Fatores de risco - Bibliografia Risk of injury in elite football played on artificial turf versus natural grass: a prospective two-cohort study. BJSM (2006)]; Prevenção de lesões no desporto. Luís Horta. (1995); Como ganhar usando a cabeça. Jorge Silvério. 2002; O treino do Futebolista vol. I e II. José Soares. (2007); Exercise and Fluid Replacement. American College of Sports Medicine; F-Marc. Football Medicine Manual. (2005); Prevention of soccer injuries: Supervision by doctor and physiotherapist. Am J Sports Med; Diversos artigos publicados por Jan Ekstrand, MD (Department of Surgery, University Hospital, Linköping, Sweden).

8 Prevenção de lesões (filosofia do clube) Atleta Comunic ação social Enfer meiro Dentista Observado r de jogos Recupera dor físico Massagi sta Tratador da relva Oftalmolo gista Arbitro Ortopedist a Osteop ata Medico clinica geral Fisiatra Fisioterap euta Nutricio nista Amigos Podologi stas Dirigentes Família Psicólo go Preparad or físico Treinador

9 O Treinador e Preparador Físico na prevenção de lesões Gerir o plantel nas várias competições Dar descanso a alguns jogadores mais desgastados (os atletas não são todos iguais) Não alterar o volume de treino em semanas de jogos decisivo ou quando se perde O treino deve dar prioridade à Qualidade em detrimento da Quantidade Deve existir o principio da Especificidade no treino As acções no treino devem ser baseadas num conhecimento científico comprovado O Feedback dos atleta é fundamental para prevenir lesões Treino de recuperação para os mais desgastados (normalmente os titulares) Cada treino/jogo deverá ser pensado em pormenor!!!

10 (FIFA Medical Research Center – FMarc) Desenvolvido pelo Departamento Médico FIFA, São 10 exercícios simples sem necessidade de comprar material, Tem uma duração de 10 a 15 minutos, Tem como objectivos: Correcção postural estática e dinâmica, Treino excêntrico dos músculos da coxa, Treino proprioceptivo, Pliometria, Promoção alinhamento da perna. Deve ser feito todos os treino após o aquecimento. Ver poster: THE 11

11 Exame Médico-Desportivo; Avaliação Médica de Pré-Época: Formulários aconselhados pela FIFA para avaliação de segmentos anatómicos. Eletrocardiograma; Ecocardiograma; Prova de esforço; Ressonância magnética; Testes sanguíneos; Avaliação Isocinética. Avaliação funcional dos diversos segmentos; Avaliação muscular; Avaliação propriocetiva; Avaliação da coordenação motora; Avaliação postural. A importância da avaliação na prevenção de lesões Outros questionários: Foot and Ankle Outcome Score (FAOS), Knee Osteoarthritis Outcome Score (KOOS), Hamstring Outcome Score (HaOS), Groin Outcome Score (GrOS).

12 Recuperação dos atletas

13 Fase da resposta inflamatória (0 - 4 dias) Fase da reaparação fibroblástica ( 2 dias - 6 semanas) Fase da remodelação - maturação ( 3 semanas - 2 anos) Fases processo de cura tecidular Fases processo de reabilitação

14 A importância da recuperação pós - esforço Massagem; Crioterapia; Banhos de imersão em hidromassagem e Jacuzzi; Banhos de sauna; Banhos de vapor “banho turco”; Duche Escocês “Banho de jacto de pressão”; Vitaminas e Anti oxidantes; Suplementos nutricionais; Alongamentos; Reeducação postural global (RPG); Crochetagem; Kinesiotape; …

15 O papel do Fisioterapeuta Antes do jogo/treino Massagens de aquecimento; Aplicação de ligaduras funcionais; Aplicação de ligaduras de suporte; Aplicação de Kinesiotape; Protecção para zonas de fricção; Motivar o atleta. Após jogo/treino Avaliação de possíveis situações lesionais; Elaboração de planos de tratamento; Preparação de bebidas e alimentos indicados pelo nutricionista; Elaboração de planos de prevenção específicos; Promover a educação para a saúde aos atletas.

16 Imagiologia RX é indicado para lesões ósseas; Ultra som é indicado para lesões musculares; TAC permite analisar a arquitetura interna do organismo; Ressonância Magnética permite analisar a arquitetura interna do organismo, com muita qualidade e precisão. Estratégias utilizadas na avaliação e recuperação de lesões Farmacologia Anti – inflamatórios: Esteroides e Não esteroides Mio-relaxantes; Anestésicos; Medicação para tratamento de infeções; Medicação para infeções respiratórias; Medicação para alterações gastrointestinais. Agentes físicos (2) Crioterapia; Termoterapia; Eletroterapia; Ondas choque radiais; Magnetoterapia Vibroterapia Lazer terapia. Agentes físicos (1) Osteopatia; Acupunctura; Mesoterapia ; Vacuoterapia; Crochetagem (libertação miofascial); Trigger point terapy ; Reeducação postural Global (RPG)

17 I.Treino propriocetivo e de equilíbrio II.Reforço muscular Pesos livres, Isocinética, Máquinas… Vibração mecânica (power plate). III.Treino funcional Trabalhar a musculatura profunda da região da cintura pélvica; ↑ controle neuromuscular e coordenação; Muito útil para tratamento de desequilíbrios posturais. IV.Exercícios de flexibilidade Alongamentos balísticos, estáticos ou dinâmicos; Facilitação neuromuscular proprioceptiva (PNF): Reeducação Postural Geral (RPG). V.Exercícios de agilidade e coordenação ↑ velocidade de deslocamento; ↓ gastos energéticos no gesto desportivo; ↑ habilidade de mudar de direção com o mínimo de desaceleração. Estratégias utilizadas na avaliação e recuperação de lesões (ginásio/piscina/campo)

18 Todas as lesões deverão ser avaliadas e tratadas intensivamente; Não devemos esquecer as lesões de menor gravidade, porque podem originar lesões mais graves; Dar tempo suficiente às lesões para uma completa cicatrização dos tecidos, mesmo que o ponto de vista mecânico e funcional o atleta pareça estar completamente recuperado (ex. LCA); O retorno à competição deverá ser gradual com especial atenção aos sinais sintomas de agravamento ou reaparecimento da lesão. Regras de ouro da reabilitação de lesões

19 Tratamento da lesão do LCA

20 Avaliação Clínica – Rotura LCA Joelho 1.Testes Ortopédicos Teste de gaveta anterior Teste de Lachmann Teste pivot shift Teste de hiper extensão 2.Avaliação imagiológica Ressonância magnética

21 Tratamento – Rotura LCA Joelho 1.Cirurgia Diversas técnicas. 2.Inicio da reabilitação A partir do 3 dia, Retirar pontos, Drenagem, Utilização de tala.

22 1ª Semana – Rotura LCA Joelho Amplitude articular Atingir 70º, Flexão extensão, Hiperextensão. Reforço muscular Quadricipedes Redução de edema Electroterapia TENS, Cefar.

23 2ª à 12ª Semana – Rotura LCA Joelho Piscina Ginásio Amplitude articular total Reforço muscular Quadricipedes, Ísquio-tibiais. Proprioceptividade

24 13ª à 20ª Semana – Rotura LCA Joelho Movimento do joelho é normal Reforço muscular Quadricipedes, Ísquio-tibiais. Proprioceptividade, Movimentos específicos, Aumentar a intensidade, volume e frequência.

25 > 20 Semana – Rotura LCA Joelho Após atingir diferença bilateral de força muscular inferior a 15% Treino de técnica de corrida, Exercícios de agilidade, Treino funcional, Exercícios específicos de campo. Treino integrado condicionado Regresso à competição!!

26 Adriano Gonçalves Correio electrónico:


Carregar ppt "É qualquer tipo de ocorrência, de origem traumática ou de sobreuso, da qual resulta incapacidade funcional, obrigando o atleta a interromper a sua actividade,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google