A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FRATURAS E LESÕES TRAUMÁTICAS DA COLUNA VERTEBRAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FRATURAS E LESÕES TRAUMÁTICAS DA COLUNA VERTEBRAL."— Transcrição da apresentação:

1 FRATURAS E LESÕES TRAUMÁTICAS DA COLUNA VERTEBRAL

2 TRAUMATISMOS TIPOS MAIS COMUNS: - fraturas em cunha (força intensa em flexão)

3 TRAUMATISMOS TIPOS MAIS COMUNS: - fraturas por explosão (força de compressão axial)

4 TRAUMATISMOS TIPOS MAIS COMUNS: - luxação e fratura-luxação (trauma em flexão associado à rotação)

5 TRAUMATISMOS PARTICULARIDADES: -tipo de fratura -lesão ligamentar -estabilidade -invasão de canal medular por fragmentos -lesão medular

6 TRAUMATISMOS TTO ORTOPÉDICO: (depende das características da lesão) -Imobilização -Redução -Tração -Cirúrgico: - descompressão (canal medular) - redução - enxerto ósseo - osteossíntese *TTO FISIOTERÁPICO: depende do tipo de tto ortopédico utilizado

7

8 ARTIGOS AutorConclusão Fairbank et al A dor na coluna era mais comuns em estudantes sedentários do que naqueles que praticavam esportes Knee et al 80% das lesões esportivas ocorrem durante a pratica, 6% durante os jogos e 14% durante o aquecimento. Destes, 59% foi lesão aguda, 12% por overuse e 29% por agravamento de lesões pre existentes

9 Mecanismos básicos de lesão de acordo com a biomecânica 1. Compressão na coluna ou carregar peso 2. Torque ou rotação. 3. Stress em torção produzido por movimentação excessiva da coluna

10 Biomecânica X esportes As forças de compressão são mais comuns nos esportes que necessitam de peso corporal e muita força como futebol e levantamento de peso.

11 Biomecânica X esportes Esportes de muito movimento produzem forças de torção como na ginástica, ballet, outras formas de dança, salto com vara e salto em altura.

12 POSTURA X LESÕES Watson observou que apenas 26,5% de jogadores de futebol, rúgbi e futebol americano tinham sua coluna lombar com bom alinhamento Também encontrou uma incidência de 51,9% de jogadores com hiperlordose lombar 67% dos jogadores com alteração postural sofreram lesões musculares, grupo sem alterações posturais, só 36% sofreram a mesma lesão. Watson AWS. Posture and participation in sport. J Sports Med Phys Fitness 1983;23:231-9

13 ALTERAÇÃO POSTURAL: ALTERAÇÕES BIOMECÂNICAS Os dados sugerem que as alterações posturais estão relacionados ao aumento do risco de lesões, uma vez que o mal alinhamento postural provoca uma sobrecarga extra e exige mais esforço por parte dos conjuntos;

14 ALTERAÇÕES BIOMECÂNICAS: AUMENTAM CHANCE DE LESÃO Existe uma ação biomecânica criando um stress e alongamentos desnecessário nos tecidos, diminuindo eficiência muscular e ligamentar que mantém o equilíbrio da articulação. Apesar de não ser possível fazer uma correlação direta entre esses fatores,pode-se provar a existência de uma relação entre estes parâmetros.

15 GINASTICA OLÍMPICA Movimentos em hiperextensão podem gerar espondilólise. Há também uma predisposição hereditária para a fratura de estresse e espondilólise Robert G. Watkins, MD,LUMBAR DISC INJURY IN THE ATHLETE. CLINICS IN SPORTS MEDICINE VOL 21,N 1, JAN 2002.

16 BALLET

17 RUBIN (1999) indica uma incidência de lesões variando de 92 a 100% tendência de aumentar o número de lesões com o aumento dos anos de treinamento e competição, e sem diferença entre homens e mulheres. RUBIN, BD. The basics of competitive diving and its injuries. Aquatic Sports Injuries and Rehabilitation, 1999, 18 (2): SALTOS ORNAMENTAIS

18 Lesões : Torções e tensões cervicais Torções e tensões da coluna torácica são associadas com a hipomobilidade ou hipermobilidade de outras regiões da coluna. Estresse dos elementos posteriores são a causa mais comum de lesões em saltadores, pois estão sujeitos à sobrecarga durante a máxima extensão lombar ou durante a extensão combinada com rotação. GERARD, ES; CAIOZZO, VJ; RUBIN, BD; PRIETTO, CA; DAVIDSON, DM. Skeletal muscle profiles in elite springboard and platform divers. Am J Sports Med, 1987, 15 (2):

19 CORREDORES Há tendência natural para desenvolver fraqueza abdominal, freqüentemente produzem um desequilíbrio significativo entre flexores e extensores músculos nas pernas e no tronco. Robert G. Watkins, MD,LUMBAR DISC INJURY IN THE ATHLETE. CLINICS IN SPORTS MEDICINE VOL 21,N 1, JAN S. R. D. Silva, C. H. W. Fraga & M. Gonçalves,. 2007

20 GOLF No golfe atuam forças de compressão, cisalhamento, torção e inclinação lateral. Pode haver lesões de partes moles, disco intervertebral e osso. As lesões das partes moles são as mais comuns, ocorrendo em músculos e ligamentos. Haher, T.R., OBrien, M., Kauffman, C. & Liao, K.C.: Biomechanics of the spine in sports. Clin Sports Med 12: , 1993

21 JUDÔ Carazzato et al.(2) - Medicina Esportiva nos Jogos Pan- Americanos de Mar del Plata, em 1995: judô foi o esporte que apresentou a maior incidência de lesões do aparelho locomotor em geral e, especificamente, lesões articulares (27 lesões em 16 atletas). Relatam também que as lesões de coluna foram as mais freqüentes. Carazzato, J.G. et al: Equipe médica do Comitê Olímpico Brasileiro: atendimento médico-esportivo. Jogos Pan-Americanos – Mar del Plata – Rev Bras Med Esport 1: 69-79, 1995


Carregar ppt "FRATURAS E LESÕES TRAUMÁTICAS DA COLUNA VERTEBRAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google