A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAMINHADA DA PASTORAL DA SOBRIEDADE Paróquia Santo Antônio Santo Antônio do Monte – MG 2005 a 2014.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAMINHADA DA PASTORAL DA SOBRIEDADE Paróquia Santo Antônio Santo Antônio do Monte – MG 2005 a 2014."— Transcrição da apresentação:

1 CAMINHADA DA PASTORAL DA SOBRIEDADE Paróquia Santo Antônio Santo Antônio do Monte – MG 2005 a 2014

2

3 O que é a Pastoral da Sobriedade? É uma ação pastoral conjunta que busca a integração entre todas as Pastorais, Movimentos, Comunidades Terapêuticas, Casas de Recuperação para, através da pedagogia de Jesus-Libertador, resgatar e reinserir os excluídos, propondo uma mudança de vida através da conversão.

4 Identidade da Pastoral da Sobriedade em nível nacional - Nasceu em 1998 Identidade da Pastoral da Sobriedade em nível nacional - Nasceu em 1998 A Pastoral da Sobriedade é a ação concreta da Igreja para o enfrentamento, do problema social da exclusão, miséria e violência. Nasceu em 1998, na 36ª Assembleia dos Bispos do Brasil, para responder à delicada questão do uso de drogas. Trata de qualquer tipo de dependência – química ou não – vícios, manias, compulsões ou pecados. Atua de forma orgânica. É uma Pastoral Social.É a resposta imediata na Paróquia ao flagelo da dependência química.

5 Propõe 5 linhas de ação: Na PREVENÇÃO ao uso de drogas. Na INTERVENÇÃO junto a quem experimentou a droga, mas ainda não se tornou dependente dela. Na RECUPERAÇÃO do dependente químico. Na REINSERÇÃO FAMILIAR E SOCIAL do dependente em sobriedade. Na ATUAÇÃO POLÍTICA onde entendemos todas as formas de articulação e diálogo. E inicia suas atividades de forma concreta através da abertura do GRUPO DE AUTO-AJUDA DA SOBRIEDADE na Paróquia. A porta de entrada para o desenvolvimento destas linhas de ação é o Grupo de Auto-Ajuda da Pastoral da Sobriedade – GAA. Propõe 5 linhas de ação: Na PREVENÇÃO ao uso de drogas. Na INTERVENÇÃO junto a quem experimentou a droga, mas ainda não se tornou dependente dela. Na RECUPERAÇÃO do dependente químico. Na REINSERÇÃO FAMILIAR E SOCIAL do dependente em sobriedade. Na ATUAÇÃO POLÍTICA onde entendemos todas as formas de articulação e diálogo. E inicia suas atividades de forma concreta através da abertura do GRUPO DE AUTO-AJUDA DA SOBRIEDADE na Paróquia. A porta de entrada para o desenvolvimento destas linhas de ação é o Grupo de Auto-Ajuda da Pastoral da Sobriedade – GAA.

6 Metodologia: O programa de Vida Nova é a vivência dos 12 Passos da Pastoral da Sobriedade proposto nas reuniões semanais do Grupo de Auto-Ajuda, onde vivenciamos a Terapia do Amor, da Escuta e do Perdão que nos estimula para uma mudança de comportamento pessoal e das relações familiares, nos levando à conversão, num processo gradual e permanente. É através da perseverança nas reuniões que o Programa de Vida Nova é proposto, compreendido e, pela graça de Deus, adotado como meta individual. Sua vivência leva à conversão. Por meio dele a pessoa é conduzida ao compromisso no agir cristão. É a fé inserida no cotidiano da vida. Descobre a Vida Nova em Cristo cuja meta é uma caminhada perene em sobriedade à santidade.

7 Deus ama, de maneira especial, a cada um de nós. E Ele tem para os seus filhos um Projeto de Amor, revelado por Jesus Cristo e garantido pelo Espírito Santo que gera a felicidade.

8 Coordenação Nacional Bispo Responsável: Dom Irineu Danelon -SP Assessor Eclesiástico Nacional: Pe. Idonizete Krüger – SC Coordenador Nacional: Ana Martins Godoy Pimenta – MG Coordenador Nacional Adjunto: Dalva Rodrigues Carvalho – SP Assessor Nacional: Denise Ferreira de Souza Ribeiro – RJ Assessor Nacional: Vanir Aparecida Kroetz – RO Coordenação Nacional de Formação Bispo Responsável: Dom Irineu Danelon – SP Equipe Nacional: Coordenador Nacional de Formação: Pe. João Roberto Ceconello – PR Coordenador Nacional de Formação Adjunto : Ernestina Bites Flores – PR Assessor Nacional de Formação: Silvane Villanova Cecato – PR

9 Juntamente com outras pastorais, que cuidam de situações semelhantes, a Pastoral da Sobriedade trabalha pela implantação de grupos de auto-ajuda visando o desenvolvimento das ações em relação ao uso indevido do álcool e outras drogas. Pastoral da Sobriedade – Nível estadual Pastoral da Sobriedade tem como objetivo a busca pela sobriedade como um modo de vida, tratando todo e qualquer tipo de dependência pela Terapia do Amor, propondo mudanças e valorizando a pessoa humana. Juntamente com outras pastorais, que cuidam de situações semelhantes, a Pastoral da Sobriedade trabalha pela implantação de grupos de auto-ajuda visando o desenvolvimento das ações em relação ao uso indevido do álcool e outras drogas.

10 PARCERIAS Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas - orientação e formação técnica; Secretaria de Estado de Esporte e Juventude - recursos financeiros; Comunidades Terapêuticas Católicas de Belo Horizonte e outras Dioceses do Regional Leste 2 - internação de dependentes químicos;

11 Diocese de Luz - Paróquia Santo Antônio - Pastoral da Sobriedade - Ano: 2005 A Pastoral da Sobriedade chega na Diocese de Luz através da Paróquia Santo Antônio, pelo desejo do pároco Monsenhor Olavo J. Sobrinho e apoio do Bispo Dom Félix no ano de 2005, mediante contato da Arquidiocese de Belo Horizonte na pessoa de Maria Solene Garboci. O pároco solicita de Maria de Lourdes Batista a implantação dessa pastoral que conta com o apoio da coordenadora do CPP Eloisa Neves e Belinha Santos, e de todos os coordenadores de pastorais, grupos e movimentos. Tivemos a primeira reunião com equipe de Belo Horizonte. A primeira reunião aconteceu no dia 08 de agosto de Houve aceitação das famílias que compareceram no grupo de autoajuda. Conforme relato do pároco as famílias da paróquia já estavam solicitando um trabalho como esse.

12 Acontecimentos marcantes: Grupo da autoajuda na cadeia pública de SAMONTE; A implantação da oração do terço nas casas com a coordenação de Maria Helena e Maria Aparecida Costa Lacerda; Pareceria com a Secretaria M. de Assistência Social; Conselho Municipal de Políticas Publicas sobre Drogas; Apoio do Projeto de construção da Comunidade Terapêutica São Francisco de Assis, através de orações, divulgação e ajuda financeira. Coordenadores da pastoral: – Maria de Lourdes Batista Alessandro de Sousa Silva Ângela Maria Bolina. Em seguida houve a organização da Paroquia São José e assim a Pastoral da Sobriedade da Paroquia Santo Antônio passa a ter uma nova coordenação, Marli, Maria e Adriana.

13

14 “Eu vim para que TODOS tenham vida e a tenham em abundância”

15

16

17

18 SEMANA DE PREVENÇÃO O ALCOOLISMO - Fevereiro

19

20 1º ENCONTRO DIOCESANO Março 2009

21 AGENTES DA PASTORAL...

22 ASSEMBLEIA REGIONAL LESTE II BELO HORIZONTE - ABRIL 2009

23 CURSO DE FORMAÇAO PAROQUIAL EM LAGOA DA PRATA – Maio 2009

24 CONVIVIO FAMÍLIAR –JUNHO 2009

25 CONVIVO FAMÍLIAR PALESTRA CAROLINA

26 CONVIVIO FAMÍLIAR PALESTRAS SEMINARISTA PAULO E MARIA LÚCIA

27 CONVIVIO FAMÍLIAR DEPOIMENTO SAULO E JANIO

28 REUNIAO GRUPO AUTO AJUDA 9º PASSO ORAR E VIGIARDEPOIMENTO JÚLIO

29 REUNIÃO GRUPO DE AUTO AJUDA – AGOSTO º PASSO FESTEJAR DEPOIMENTO SAULO

30 FEIRA DA PECHINCHA

31 ENCONTRO PROVINCIAL B.H

32 TERÇO DA SOBRIEDADE CASA DO SAULO

33 CONGRESSO REGIONAL PASTORAL DA SOBRIEDADE SUBSECRETARIA DE POLITICAS SOBRE DROGAS- B.H NOVEMBRO DE 2009

34 AMIGO OCULTO 2009

35 Missa da Pastoral da Sobriedade Novembro 2013

36

37

38

39 Moção de aplausos recebido pela câmara dos vereadores - ano 2013.

40 Pe. Adelzire apoio incondicional Desfile de 07 de setembro 2013

41 Encontro de Formação para Capacitação de novos agentes em Belo Horizonte

42 Encontro Diocesano Formação de Novos agentes em Lagoa da Prata – Palestra Maria de Lourdes Batista - ano 2013


Carregar ppt "CAMINHADA DA PASTORAL DA SOBRIEDADE Paróquia Santo Antônio Santo Antônio do Monte – MG 2005 a 2014."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google