A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANO PAULINO No dia 28 de junho do ano passado foi proclamado pelo Papa Bento XVI o Ano Paulino comemorando o jubileu de nascimento do Apóstolo dos gentios.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANO PAULINO No dia 28 de junho do ano passado foi proclamado pelo Papa Bento XVI o Ano Paulino comemorando o jubileu de nascimento do Apóstolo dos gentios."— Transcrição da apresentação:

1 ANO PAULINO No dia 28 de junho do ano passado foi proclamado pelo Papa Bento XVI o Ano Paulino comemorando o jubileu de nascimento do Apóstolo dos gentios. Celebramos 2 mil anos do nascimento de Paulo. O Ano Paulino começou no dia 28 de junho de 2008 e vai até 29 de junho de À luz do apóstolo Paulo que procurou fazer tudo para ganhar a todos, a Igreja deverá fortalecer o diálogo inter- religioso e o ecumenismo. Este diálogo abre caminhos para o Evangelho chegar a um maior número de destinatários.

2 A 5ª Conferência da Igreja latino-americana celebrada em Aparecida recorda que somos chamados, assim como Paulo, a ser discípulos e missionários de Jesus Cristo. Paulo foi chamado e escolhido para anunciar a Boa Nova a todas as nações e povos (cf. Atos 9,15). Muitos conflitos das comunidades visitadas e animadas por Paulo e os conseqüentes desafios enfrentados pelos missionários e missionárias que acompanhavam o apóstolo são semelhantes aos de nossas comunidades. As orientações de Paulo àquelas comunidades trazem muitas luzes para a ação evangelizadora em nossos dias.

3 Toda a vida de Paulo pode despertar em nós a vontade de sermos discípulos e missionários de Jesus Cristo na realidade em que vivemos. A missão de Paulo não se reduziu à pregação do Evangelho. Ele foi animador das comunidades por ele fundadas. Um verdadeiro catequista que ensinava a verdadeira maneira de ler e interpretar as Sagradas Escrituras. O amor que ele tinha pela Torah (Caminho que conduz à vida) quando estava entre os fariseus agora ele o encontra em Jesus Cristo, Crucificado e Ressuscitado, Caminho, Verdade e Vida.

4 A Palavra de Deus continua através de nós fazendo sua caminhada. Somos os continuadores do anúncio do mesmo Evangelho diante de nosso contexto histórico. Quem foi o Apóstolo Paulo? Contemporâneo de Jesus embora provavelmente não o tenha conhecido nas terras de Israel. Jesus nasceu entre os anos 7 e 6a.C. e Paulo entre 5 e 10d.C. segundo muitos pesquisadores. Paulo era um homem culto, freqüentou uma escola em Jerusalém (a Escola de Gamaliel), era Fariseu.

5 Império Romano

6 Destaca-se dos outros apóstolos pela sua cultura. Os outros apóstolos eram em sua maioria pescadores. A língua materna de Paulo era o grego. É provável que também dominasse o aramaico. Educado em duas culturas (grega e judaica), Paulo fez muito pela difusão do Cristianismo entre os gentios e é considerado uma das principais fontes da doutrina da Igreja. As suas Epístolas formam uma secção fundamental do Novo Testamento. Alguns afirmam que ele foi quem verdadeiramente transformou o cristianismo numa nova religião e não mais uma seita do Judaísmo.

7 Foi a mais destacada figura cristã a favorecer a abolição da necessidade da circuncisão e dos estritos hábitos alimentares tradicionais judaicos. Esta opção teve a princípio a oposição de outros líderes cristãos, mas, em conseqüência desta revolução, a adoção do cristianismo pelos povos gentios tornou-se mais viável, ao passo que os Judeus mais conservadores, muitos deles vivendo na Europa, permaneceram fiéis à sua tradição (Atos 15). Entre os anos 36 e 37 aconteceu o martírio de Estevão e a dispersão da comunidade. Pouco depois a conversão de Saulo. Em Romanos 11,1, Paulo revela aos romanos sua identidade judaica e apostólica:

8 “Sou Israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim. Faço-vos saber, irmãos, que o Evangelho por mim anunciado, não o conheci à maneira humana; pois eu não o recebi nem aprendi de homem algum, mas por uma revelação de Jesus Cristo”. No judaísmo ultrapassava a muitos dos compatriotas da sua idade no zelo das tradições dos seus pais. Por isso perseguia os seguidores de Cristo. Paulo crê que Deus o chamou, desde o seio materno, para anunciar o Evangelho entre os gentios.

9 Após sua conversão, ficou em Damasco por algum tempo, viajou para a Arábia e voltou a Damasco e só depois subiu a Jerusalém para conhecer Pedro, ficando com ele durante 15 dias. Foi várias vezes para as regiões da Síria e da Cilícia, mas não era pessoalmente conhecido das igrejas de Cristo que estavam na Judéia. Apenas ouviam dizer que aquele que perseguia outrora a Igreja, anuncia agora o Evangelho aos que então devastava. Em 2Coríntios 11,16-33, Paulo fala dos sofrimentos suportados em sua caminhada missionária. Sofrimentos estes que vinham de fora (judeus e romanos) e de dentro das comunidades (conflitos internos).

10 Em Gálatas 1,11-24, Paulo faz um balanço de sua vida para se defender das acusações que vinha sofrendo por parte de alguns judeu-cristãos vindos da Judéia que não o reconhecia como verdadeiro apóstolo de Jesus Cristo: As várias imagens de Paulo As cartas Paulinas (1Tessalonicenses, Gálatas, 1 e 2 Coríntios, Romanos, Filipenses e Filêmon) revelam a imagem de um Paulo escritor e teólogo. Nas cartas Deuteropaulinas (Efésios, Colossenses, 2Tessalonicenses [?] e 1 e 2 Timóteo, Tito) aparece um Paulo mais complexo e às vezes contraditório, principalmente em relação às mulheres.

11 Em Atos dos Apóstolos, Lucas apresenta Paulo como apóstolo e missionário dos gentios, inserido na cultura helenista. Na literatura apócrifa (Atos de Paulo e Tecla) retratam um Paulo ascético, místico e contemplativo (imagens apresentadas em muitos quadros antigos). Em 1906 foram descobertas numa caverna perto de Éfeso duas imagens do século VI: Paulo e Tecla. As duas figuras são da mesma altura indicando que tinham a mesma importância.

12

13

14 Ambas aparecem com a mão direita levantada indicando o gesto de ensinar. Paulo e Teclam tinham a mesma autoridade para ensinar. Tecla, porém, aparece com os olhos raspados e a mão direita mutilada. O que significa isso? Conflitos de gênero? A igualdade paulina em relação homem-mulher nas comunidades foi negada mais tarde pela desigualdade deutero-paulina.

15 O texto da primeira carta aos Coríntios que impõe silêncio às mulheres na Igreja deve ter sido inserido mais tarde por um seguidor de Paulo contrário à ação das mulheres na comunidade (confira 1Cor 14,33-36). Assim como Jesus, Paulo não deixou de ser judeu e não abandonou seu zelo religioso, mas encontrou um novo jeito de colocar em prática a Palavra de Deus. Jesus oferece a graça de Deus como caminho de salvação para toda humanidade. Na teologia protestante Paulo é uma figura central ao ressaltar que a salvação não é fruto das obras da Lei, mas sim da fé em Jesus Cristo.

16 As Viagens Missionárias de Paulo Lucas retrata três grandes viagens missionárias liderados por Paulo. O ponto de partida das três viagens é Antioquia da Síria. Antes de realizar a primeira viagem à Ásia Menor, Paulo e Barnabé sobem para levar ajuda às Igrejas da Judéia (At 11,27-30; 12,2).

17 1ª Viagem missionária

18 Chegam a Listra: conflito com pagãos e judeus (14,6- 20).. Alcançam Derbe que marca o lugar do retorno (14,20). Na volta, passam por Derbe, Listra, Icônio e Antioquia (14,21-23). Fazem uma parada em Perge, passando por Atália (14,24-25), Retornam para Antioquia na Síria (14,26-28). Antes da segunda viagem de missão, Paulo e Barnabé sobem a Jerusalém para resolver problemas (At 15,2.30).

19 2ª Viagem missionária (Atos 15,36 a 18,22) O ponto de partida é Antioquia: briga com Barnabé (15,36-40). Percorrem Síria e Cilícia, confirmando as comunidades (15,41). Passam por Derbe e Listra, e levam consigo Timóteo (16,1-5). Entram na Frígia; não podem ir até a Ásia; passam pela Galácia (16,6). Impedidos de ir até Bitínia, seguem para Mísia e Trôade (16,7-8).

20 2ª Viagem missionária

21 Um sonho os leva até Filipos na Macedônia: conflito (16,9-40). Expulsos de lá, seguem para Tessalônica: conflito (17,1-9). Expulsos de lá, chegam a Beréia: conflito (17,10- 14). Expulsos, vão até Atenas: discurso aos atenienses, conflito (17,15-34). De Atenas, Paulo e seus companheiros de missão seguem para Corinto onde fundam uma comunidade.

22 Em Corinto, Paulo encontra-se com Áquila e Priscila, cristãos recém-chegados de Roma (18,1-17). De Corinto parte de volta para Antioquia da Síria. Passando por Éfeso, entra na sinagoga sendo bem recebido pelos judeus. Áquila e Priscila ficam em Éfeso. Voltando para Antioquia da Síria, visita ainda a igreja de Cencréia (18,18-22).

23 3ª Viagem missionária (Atos 18,23 a 21,17) O ponto de partida é novamente Antioquia (18,23). Percorre a Galácia e a Frígia, confirmando as comunidades (18,23). Segue direto até Éfeso, onde fica três anos: conflito (19,1-40). Expulso de lá, segue para Macedônia (20,1). Desce para Corinto na Grécia, onde fica três meses (20,2-3).

24 3ª Viagem missionária

25 Ameaçado de morte, volta para Macedônia até Trôade (20,3-12). Viajam de Trôade para Mileto em dois grupos (20,13- 16). Em Mileto: discurso de despedida para os coordenadores de Éfeso (20,17-38). Segue de navio até Tiro, na Síria: visita a comunidade, seguindo até Ptolemaida (21,1-7). Partida para Cesaréia e visita às comunidades (21,8- 14). Sobe até Jerusalém, onde é acolhido pelos irmãos (21,15-17).

26 Em Jerusalém: Paulo é acolhido pelos irmãos e preso pelos judeus Paulo é levado como prisioneiro até Roma onde continua anunciando a Boa Nova: O Evangelho chegou aos confins do mundo (At 21,18 a 28,31) Passando por Roma, "o fim do mundo" (1,8; 28,14), a Boa Nova chegou ao Brasil.

27 Pontos para continuar a reflexão: Ler as três narrativas da conversão de Paulo em Atos: Atos 9,3-16: Como Lucas conta a conversão de Saulo? Atos 22,6-15: Como, onde e para quem Paulo conta sua conversão? Atos 26,12-18: Como, onde e para quem Paulo conta sua conversão? Ler também Gálatas 1,11-16 e comparar com as narrativas acima. Destacar as principais diferenças que existem entre elas.

28 Ler Atos 13 a 21 (Viagens Missionárias de Paulo) Destacar o que em Paulo fortalece nosso carisma missionário. Qual é a luz que a vida de Paulo traz para nós e nossas comunidades?

29


Carregar ppt "ANO PAULINO No dia 28 de junho do ano passado foi proclamado pelo Papa Bento XVI o Ano Paulino comemorando o jubileu de nascimento do Apóstolo dos gentios."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google