A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avaliação da Aprendizagem. A avaliação do processo ensino e aprendizagem é um tema muito discutido na educação, pois neste processo são avaliados não.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avaliação da Aprendizagem. A avaliação do processo ensino e aprendizagem é um tema muito discutido na educação, pois neste processo são avaliados não."— Transcrição da apresentação:

1 Avaliação da Aprendizagem

2 A avaliação do processo ensino e aprendizagem é um tema muito discutido na educação, pois neste processo são avaliados não só os conhecimentos, mas também as atitudes e hábitos. Dentre as atividades docentes está a avaliação do processo ensino e aprendizagem nos seus domínios: cognitivo, psicomotor e comportamental. A prática pedagógica da avaliação da aprendizagem, visando à melhoria do processo educacional, busca desenvolver uma educação democrática que acolha a todos e que responda as necessidades apresentadas pelo público atendido.

3 A avaliação no contexto escolar, para Chueiri (2008), constitui-se em prática intencional e organizada e se realiza a partir de objetivos pedagógicos, claros ou velados, que são o reflexo de valores, códigos e convenções sociais. A prática de avaliar perpassa todo o processo pedagógico ao iniciá-lo com a coleta das informações indispensáveis para conhecimento da realidade, durante a execução do trabalho, até a sua finalização. Portanto, não pode ser realizada em momentos estanques, deve acontecer a cada momento. Avaliação da Aprendizagem

4 “[...] avaliação só faz sentido se favorecer a aprendizagem. Todavia, não se realiza aprendizagem qualitativa, sem avaliar. Quando se combate o tom classificatório, [...] pretende- se, no fundo, superar abusos da avaliação, no que estamos todos de acordo, mas não se poderia retirar daí que avaliação, de si, não é fenômeno classificatório. Será mister distinguir acuradamente entre abusos da classificação, de teor repressivo, humilhante e punitivo, e efeitos classifi catórios implicados em qualquer processo avaliativo, também quando dito qualitativo.” (LUCKESI, 2002). Avaliação da Aprendizagem

5 A avaliação educacional é um dos mecanismos que sustenta e organiza o trabalho pedagógico, legitimando o sucesso ou o fracasso escolar do trabalho integrado vivenciado pela Comunidade Escolar. A avaliação nas Instituições Escolares deveria ter como proposta e ação uma relação qualitativa com ma aprendizagem. Contudo, o que ainda vemos são escolas que mantém a avaliação como forma de classificação por meio de provas e notas, mesmo que muitas vezes, o ônus pelo fracasso seja debitado exclusivamente ao aluno. Neste caso, a avaliação é vista como uma forma em si mesma. Avaliação da Aprendizagem

6 Certamente, não devemos extrair da prática avaliativa o modo formal, mas não devemos fazer dele uma única forma de avaliar, baseando-se apenas em provas e notas. É necessário que haja, por parte dos envolvidos no processo avaliativo, a compreensão de que a concepção de conhecimento determina o direcionamento da prática pedagógica. Questionar o objetivo da avaliação, isto é, qual é o sentido desse ato, leva à resposta de qual é o sentido atribuído ao conhecimento.

7 Avaliação da Aprendizagem Cabe ao professor e todos os envolvidos neste processo lançar estudos e reflexões sobre a prática avaliativa desenvolvida nas escolas sem perder de vista que essa prática está embutida em todo o processo ensino e aprendizagem. A avaliação educacional pode ser representada através das seguintes concepções:  TRADICIONAL  TECNICISTA  QUALITATIVA

8 CONCEPÇÃO TRADICIONAL DA AVALIAÇÃO A avaliação, nesta concepção, tem a função de exame, pois valoriza os aspectos cognitivos com ênfase na memorização. Verifica através de provas orais ou escritas nas quais o aluno deve reproduzir exatamente aquilo que lhe foi ensinado. Planejamento contendo “regras abrangendo todos os elementos envolvidos com atividades do ensino, que previam “regras da prova escrita, da distribuição de prêmios, do bedel, chegando às regras dos alunos (...)” (SAVIANI, 2005).

9 CONCEPÇÃO TECNICISTA DA AVALIAÇÃO A concepção tecnicista da avaliação teve início no século XX, nos Estados Unidos, com estudos do teórico Thorndike sobre os testes educacionais e foi influenciada pela Psicologia, pois os testes psicológicos de inteligência têm a função de mensurar os comportamentos e a aprendizagem pode ser então quantificada. De acordo com os estudos de Chueiri (2008), a avaliação tecnicista está voltada aos testes e medidas na educação, onde se comprova o rendimento com base nos objetivos comportamentais, os quais se reduzem a uma medida e, portanto, separa o processo de ensino de seu resultado.

10 A avaliação tecnicista está voltada à medição da aprendizagem, pois indica sobre o valor do objeto a partir de um instrumento determinado para este fim. “Uma medida é objetiva no sentido de que, uma vez defi nida a unidade, deve ter sempre a mesma medida para o mesmo fenômeno. Certamente, um erro é sempre possível, devido às imperfeições da instrumentação, pois ele resulta então das condições de operacionalização dos instrumentos. Ele provém da operação de medida e, portanto neutralizado (HADJI, apud CHUEIRI, 2008). CONCEPÇÃO TECNICISTA DA AVALIAÇÃO

11 CONCEPÇÃO QUALITATIVA DA AVALIAÇÃO O que caracteriza esta concepção é a compreensão dos resultados durante o processo de ensino e aprendizagem dos educandos, não só de forma quantitativa, mas também qualitativa, através de fenômenos perceptíveis ou não. Para que aconteça a concepção qualitativa da avaliação todos devem estar muito bem envolvidos no processo da construção da aprendizagem

12 Encontramos a medida na avaliação tecnicista que acaba por aceitar a prova como um instrumento, não levando em conta que quem avalia pode influenciar no resultado obtido. Nesta concepção de avaliação (tecnicista), há ênfase ao cognitivo dos sujeitos, classificando-os, comparando-os, certificando-os. Não há parecer favorável para a construção do conhecimento do indivíduo neste tipo de avaliação. CONCEPÇÃO TECNICISTA DA AVALIAÇÃO

13 Segundo Saul (apud CHUEIRI, 2008), a avaliação qualitativa tem outra característica que é o “delineamento flexível que permite um enfoque progressivo, isto é, a avaliação centrada em processos é em si mesma um processo que evolui em virtude de descobertas sucessivas e de transformações do contexto”. A avaliação qualitativa tem caráter emancipatório, pois democratiza a aprendizagem, critica a Instituição Escolar e cria espírito coletivo (trabalho em equipe). Também promove a pesquisa participativa superando o empirismo. Nesta concepção avaliativa há na proposta da prática democrática que aconteça um envolvimento de todos neste processo educacional, onde toda Comunidade Escolar deverá discutir, analisar e propor ações, apresentando idéias para uma discussão mais ampla, onde acontecerão discussões para estratégias de ações que resultarão qualitativamente na compreensão avaliativa cotidiana. CONCEPÇÃO QUALITATIVA DA AVALIAÇÃO

14 A concepção qualitativa da avaliação apresenta que avaliar não se resume a apresentar as notas, fazer médias, reprovar ou aprovar os estudantes. Vai, além disso, quando trabalha com a auto crítica, auto-conhecimento, autonomia, compromisso e emancipação dos sujeitos. Mas não devemos apenas mudar as pessoas, devemos também mudar o mundo; qualificando os meios, instrumentos, técnicas, metodologias e processos. A avaliação qualitativa faz críticas à avaliação nas concepções: tradicional e tecnicista. A avaliação qualitativa aparece na prática de alguns professores, como modelo em transição, porque ela tem como foco a compreensão do processo e das ações de todos os sujeitos envolvidos. CONCEPÇÃO QUALITATIVA DA AVALIAÇÃO

15 Na avaliação de concepção qualitativa, as ações estarão presentes a todo momento. Desta forma, se constitui numa ação inerente à organização do trabalho escolar, desde que envolvida no contexto da aprendizagem e pensada no interior da organização curricular, levando novo sentido à avaliação escolar. Logo, passa a ser entendida como parte do processo de ensino e aprendizagem e não como um fim em si mesma. Avaliar no sentido qualitativo significa ter clareza das necessidades apresentadas pelos estudantes e oportunizar aos que não aprendem a garantia do seu direito de aprender. CONCEPÇÃO QUALITATIVA DA AVALIAÇÃO

16 Avaliação da Aprendizagem


Carregar ppt "Avaliação da Aprendizagem. A avaliação do processo ensino e aprendizagem é um tema muito discutido na educação, pois neste processo são avaliados não."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google