A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Ueliton Santos. Bacilos Gram-negativos Gram-negativosFermentadores Prof. Ueliton Santos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Ueliton Santos. Bacilos Gram-negativos Gram-negativosFermentadores Prof. Ueliton Santos."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Ueliton Santos

2 Bacilos Gram-negativos Gram-negativosFermentadores Prof. Ueliton Santos

3 Características Gerais Bastonetes gram negativos. Habitat natural : trato intestinal de seres humanos e animais. Bactérias aeróbias ou anaeróbias facultativas. Produzem várias toxinas e fatores de virulência. ENTEROBACTÉRIAS Prof. Ueliton Santos

4 Cultura e Características de Crescimento Fermentação de lactose  Escherichia coli: colônias avemelhadas, achatadas e não viscosas. ENTEROBACTÉRIAS Prof. Ueliton Santos

5 Cultura e Características de Crescimento Fermentação rápida da lactose Enterobacter sp : Colônias colônias avemelhadas, crescimento mais viscoso. ENTEROBACTÉRIAS Prof. Ueliton Santos

6 Cultura e Características de Crescimento Fermentação rápida da lactose.  Klebsiella sp : Crescimento mucóide muito viscoso. ENTEROBACTÉRIAS Prof. Ueliton Santos

7 Escherichia coli E.coli enteropatogênica ( EPEC)  EPEC adere à célula epitelial do intestino delgado com perda das microvilosidades  Provoca diarréia aquosa, normalmente autolimitada.  E.coli enterotoxigênica (ETEC)  Liberação de exotoxina termolábil que se liga às células epiteliais, ativando a adenil-ciclase,com aumento na concentração de AMPc que resulta em hipersecreção intensa e prolongada de água e cloretos com inibição da reabsorção de sódio.  E.coli entero-invasiva ( EIEC). ENTEROBACTÉRIAS Prof. Ueliton Santos

8 Medical Microbiology Picture - Niel R. Chamberlain Distribuição da “diarréia dos viajantes” Prof. Ueliton Santos

9 Shigella: S. sonnei, S. dysenteriae, S. flexneri e S. boydii. Morfologia e identificação Bastonetes gram negativos. Em culturas, apresentam-se em formas cocobacilares. Formam colônias circulares e transparentes. Fermentam glicose. Não formam gás. ENTEROBACTÉRIAS Prof. Ueliton Santos

10 ENTEROBACTÉRIAS Shigella penetra na célula epitelial Multiplica-se dentro da célula Invasão das células epiteliais vizinhas Abscesso é formado à medida que as células do epitélio intestinal são mortas pela infecção Shigella Patogenia Endotoxina: Autólise com liberação de lipopolissacarídeo tóxico que provoca irritação da parede intestinal Prof. Ueliton Santos

11 Medical Microbiology Picture - Niel R. Chamberlain Shigelose Prof. Ueliton Santos

12 Salmonella Tem antígenos O, H e K Existem três espécies principais:  Salmonella typhi (um sorotipo)  Salmonella choleraesius (um sorotipo)  Salmonella enteritidis (mais de 1500 sorotipos) ENTEROBACTÉRIAS Prof. Ueliton Santos

13 Febre tifóide Prof. Ueliton Santos

14 ENTEROBACTÉRIAS Salmonella Patogenia Ingestão de alimentos ou bebidas contaminadas Penetração da mucosa intestinal Disseminação via linfáticos e corrente sanguínea Multiplicação local Febre Entérica Septicemia Enterocolite Prof. Ueliton Santos

15 Salmonella Epidemiologia, Prevenção e Controle Portadores : Após infecção manisfesta ou subclínica 3% dos infectados continuam a abrigar Salmonellas em seus tecidos ( vesícula biliar, trato biliar ou, raramente, intestino ou vias urinárias). Fontes de infecção: Consistem em líquidos e alimentos contaminados. Água: Contaminação por fezes. ENTEROBACTÉRIAS Prof. Ueliton Santos

16 Microbiology - A Human Perspective - Eugene W. Nester, 4ed. Campylobacter jejuni Obs: cultivo em microaerofilia Prof. Ueliton Santos

17 Medical Microbiology Picture - Niel R. Chamberlain Cólera Agente: Vibrio cholerae Prof. Ueliton Santos

18 Diagnóstico da enterobactérias Sorotipagem : método de aglutinação em lâmina Cultura E. coli: Mcconkey, Verde Brilhante e HE Salmonella sp: Mcconkey, Verde Brilhante, HE e Agar Salmonella-Shigella Shigella sp: idem Salmonella sp Prof. Ueliton Santos

19

20 Microbiology - A Human Perspective - Eugene W. Nester, 4ed. Tratamento com probióticos Fungo: Saccharomyces cerevisiae var. boulardii – Floratil, Repoflor Bactéria: Bacillus cereus - Biovicerin Prof. Ueliton Santos

21

22 Características Gerais e Morfologia Bastonetes gram positivos grandes. Produzem esporos centrais ou terminais. Produzem duas enterotoxinas. Habitat natural: os esporos estão presentes em grãos de cereais. BACILOS GRAM ( + ) FORMADORES DE ESPOROS : BACILOS GRAM ( + ) FORMADORES DE ESPOROS : Bacillus cereus Prof. Ueliton Santos

23 Identificação: normalmente não realizada em laboratórios Cultura  Cultivada em meio de Ágar-sangue apresentam colônias acinzentadas. Microscopia: Corar por Gram. BACILOS GRAM ( + ) FORMADORES DE ESPOROS : BACILOS GRAM ( + ) FORMADORES DE ESPOROS : Bacillus cereus Patogenia a) Incubação lenta (4hs): Náuseas e vômitos b) Incubação longa (18hs): Diarréia Prof. Ueliton Santos

24 BACILOS GRAM ( + ) FORMADORES DE ESPOROS : ESPÉCIES DE CLOSTRIDIUM Prof. Ueliton Santos

25 Clostridium botulinum Responsável pelo BOTULISMO. Encontrado no solo e, em certas ocasiões, em fezes de animais. Produz toxina botulínica. Os esporos são altamente resistentes ao calor São destruídas pelo calor a 100 ºC, durante 20 minutos. BACILOS GRAM ( + ) FORMADORES DE ESPOROS : ESPÉCIES DE CLOSTRIDIUM Prof. Ueliton Santos

26 BACILOS GRAM ( + ) FORMADORES DE ESPOROS : ESPÉCIES DE CLOSTRIDIUM Ingestão de alimentos contaminados Germinação e produção de toxina Anaerobiose Bloqueia a liberação de acetilcolina Paralisia flácida SNC Clostridium botulinum Patogenia Prof. Ueliton Santos

27 BACILOS GRAM ( + ) NÃO FORMADORES DE ESPOROS : BACILOS GRAM ( + ) NÃO FORMADORES DE ESPOROS : Listeria monocytogenes Prof. Ueliton Santos

28 Identificação Cultura  Cultivada em meio de Ágar- sangue apresentam colônias cinza e zona de Beta-hemólise semelhante aos estreptococos. Microscopia: Corar por Gram. Procurar bactérias com formas difteróides. BACILOS GRAM ( + ) NÃO FORMADORES DE ESPOROS : BACILOS GRAM ( + ) NÃO FORMADORES DE ESPOROS : Listeria monocytogenes Habitat natural: trato respiratório de seres humanos e pele lesionada. Prof. Ueliton Santos

29 Patogenia Responsável por infecção no feto (potencialmente fatal) e em imunossuprimidos. Produz listeriolisina que degrada membranas celulares. Associada à contaminação de produtos alimentícios derivados de leite ou carne, causando gastrenterite. BACILOS GRAM ( + ) NÃO FORMADORES DE ESPOROS : BACILOS GRAM ( + ) NÃO FORMADORES DE ESPOROS : Listeria monocytogenes Prof. Ueliton Santos


Carregar ppt "Prof. Ueliton Santos. Bacilos Gram-negativos Gram-negativosFermentadores Prof. Ueliton Santos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google