A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Planejamento Integrado de Recursos Energéticos no Oeste do Estado de São Paulo Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Planejamento Integrado de Recursos Energéticos no Oeste do Estado de São Paulo Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento."— Transcrição da apresentação:

1

2 Planejamento Integrado de Recursos Energéticos no Oeste do Estado de São Paulo Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável FAPESP _ 03/ Cômputo e Valoração dos Recursos Energéticos do Lado da Demanda Setembro de 2009 Rodrigo Antonio Carneiro Renata Valério de Freitas José Aquiles Baesso Grimoni

3 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável 2 Introdução Definição de Recurso da Demanda Recursos de Demanda e o Sistema Interligado Algoritmo de Cálculo dos Atributos Exemplo de Aplicação do Algoritmo Apresentação do Tabelão da Demanda Completo Conclusão Tópicos:

4 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Introdução No planejamento energético, é necessário levar em conta não somente a forma de aumentar a oferta de energia para suprir a crescente demanda, mas também a utilização otimizada da energia elétrica já disponível de forma a termos a mesma prestação de serviço com menos consumo. 3

5 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Recurso Energético do Lado da Demanda (RELD) O Recurso energético do Lado da Demanda é uma medida de gerenciamento capaz de reduzir o consumo de energia mantendo o mesmo nível de serviço/conforto para o usuário final. A valoração dos RELDs mede a capacidade de um recurso de contribuir para a redução do consumo de energia e seus impactos ambientais, sociais e políticos.

6 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Dimensão Técnico-econômica: Atributos 5

7 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Dimensão Ambiental: Atributos 6

8 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Dimensão Social: Atributos 7

9 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Dimensão Ambiental: Atributos 8

10 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Recurso da Demanda e o Sistema Interligado 9 O SIN (Sistema Interligado Nacional) é o sistema que centraliza a produção e transmissão de cerca de 96,6% da energia elétrica no Brasil. Esse sistema possui uma característica importante de não garantir que a energia produzida em determinada região seja a mesma consumida por ela.

11 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Recurso da Demanda e o Sistema Interligado Fonte ONS

12 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Matriz Elétrica Brasileira 11 Fonte BEN 2008

13 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Algoritmo de Computo 12 Assim como a energia produzida em uma região não é obrigatoriamente consumida por essa região, a economia de energia realizada pela mesma possui reflexos em todo o sistema. Os MWh não gerados também não causarão os impactos socias, ambientais e políticos que normalmente a geração de 1MHh com recursos de oferta acarretaria.

14 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Algoritmo de Computo 13 Para valorar os atributos da demanda é necessário conhecer a matriz energética brasileira. Ou seja, para cada MWh gerado qual a porcentagem correspondente às fontes relacionadas no recurso na demanda: hídrico, eólico, carvão, derivados de petróleo etc. De posse desses dados e dos impactos de cada recurso de oferta e de cada recurso de demanda, podemos calcular um atributo da demanda de acordo com a fórmula que segue:

15 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Algoritmo de Cálculo dos Atributos 14 Exemplo de aplicação: MWh economizados * (%hidro*qtd dejetos sólidos hidro+%carvão*qtd dejetos sólidos carvão+%eólico*qtd dejetos sólidos eólico +... – quantidade de dejetos sólidos gerados pelo recurso da demanda) = Quantidade de dejetos solidos gerada ou evitada pelo recurso Ou genericamente, Valor_atributo_demanda = MWh*[Σ(%fonte*Valor_atributo_oferta)- Valor_produzido_aplicação_RELD]

16 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Aplicação do algoritmo Segue abaixo a aplicação do algoritmo no sub-atributo poluentes atmosféricos gasosos. Fonte de energiaSub-atributo Poluentes atmosféricos gasosos (ppm) Eólico0 Hidráulica0,04656 Biomassa0,46837 Derivados de Petróleo 0,45723 Gás Natural0,24111 Carvão0,74420 Nuclear0,00360 Total0,09187

17 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Aplicação do algoritmo O valor total é obtido através de uma média ponderada entre o valor emitido por cada fonte de energia e a sua respectiva representatividade na matriz elétrica brasileira. Assim para o caso explicado. Poluentes gasosos = 0*0,001+0,04656 *0,854+0,46837*0,045+0,45723*0,028+0,24111*0,032+0,74420*0,014+0,00360*0,026 = 0,09187

18 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Aplicação do algoritmo Após calcular o valor total basta multiplicar pela potencia do recurso para conseguir obter a quantidade de poluentes que deixara de ser emitida. RecursoUso FinalPotência (kW) Poluentes Atmosféricos (mg/l) Controle de Carga Iluminação5211,57-0,4788 Aquecimento de água 750,3-0,0689

19 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Exemplos deValoração de Recursos de Demanda

20 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Valoração da Dimensão Ambiental: Recurso Substituição lâmpadas incandescentes

21 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Valoração da Dimensão Ambiental: Recurso Substituição lâmpadas incandescentes

22 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Valoração da Dimensão Social:

23 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Valoração da Dimensão Politica:

24 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Conclusão A aplicação de um recurso de demanda, proporciona a redução de consumo e tem como característica, evitar os impactos socioambientais oriundos da geração de energia de cada fonte, além de postergar a necessidade de investimentos na expansão do setor elétrico nacional, o que permite que esses recursos sejam aplicados em outras necessidades da sociedade brasileira.

25 Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento Sustentável Obrigado


Carregar ppt "Planejamento Integrado de Recursos Energéticos no Oeste do Estado de São Paulo Novos Instrumentos de Planejamento Energético Regional visando o Desenvolvimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google