A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANESTESIA Dra. Lilian Cristina Marigonda Wurschig.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANESTESIA Dra. Lilian Cristina Marigonda Wurschig."— Transcrição da apresentação:

1 ANESTESIA Dra. Lilian Cristina Marigonda Wurschig

2 CONSULTA PRÉ-ANESTÉSICA PRINCIPAIS ITENS AVALIADOS: Alergias, Uso de medicamentos, Tabagismo, Alcoolismo, Uso de drogas, Doenças tais como: diabetes, hipertensão arterial, doenças cardíacas e pulmonares, hepatite, Uso de prótese dentária, Sangramentos, Avaliação de exames pré-operatórios, Anestesias anteriores, Exame físico: auscuta cardíaca, auscuta pulmonar, deformidades da coluna vertebral, abertura da boca e flexibilidade do pescoço.

3 MEDICAÇÕES USADAS NO PRÉ-ANESTÉSICO SEDATIVOS: DIAZEPAN (Diazepan/Valium) MIDAZOLAN (Dormonid) FINALIDADES: Sedação, Amnésia Diminuição de reflexos indesejáveis.

4 TIPOS DE ANESTESIA ANESTESIA GERAL (tipos). Geral/ EV. Geral/Inalatória. Geral/EV + Inalatória VENTILAÇÃO:. Espontânea,. Assistida,. Controlada. Principais medicamentos utilizados em Anestesia Geral:. Hipnóticos: Thionembutal/Propofol/Hypnomidate. Relaxantes Musculares: Quelicin/Pavulon/Aloferine/ Tracrium. Opióides: Fentanil/Rapifen/Sulfentanil. Anestésicos Inalatórios: Halotano/Efrane/Forane/Sevorane

5 TIPOS DE ANESTESIA ANESTESIAS REGIONAIS (tipos). Bloqueios Espinhais. Raqui ou Bloqueio Subaracnóideo. Peridural. Bloqueio de Membros Superiores. Bier. Interescalênico. Axilar. Bloqueio Intercostal (BILAM)

6 A COLUNA VERTEBRAL A Coluna Vertebral é formada por 33 vértebras, sendo:. 7 Cervicais (C1 a C7). 12 Torácicas (T1 a T12). 5 Lombares (L1 a L5). 5 Sacrais. 4 Coccígeas OBS.: A Medula Espinhal no adulto, termina ao nível da 2a. Vertebra Lombar.

7 Raqui ou Bloqueio Subaracnóideo TÉCNICA: 1. Paciente sentado ou em decubito lateral, com as pernas fletidas sob o abdomen, 2. Assepsia rigorosa com alcool iodado, 3. Apalpar a crista ilíaca e traçar uma linha até a coluna, 4. Identificar o espaço L3 L4, 5. Introduzir a agulha de Raqui com o bisel lateralizado Pele Subcutâneo Ligamento supra espinhoso Ligamento inter espinhoso ligamento amarelo Duramater Espaço Aracnóideo Liquor 6. Aspirar e injetar o anestésico.

8 Raqui ou Bloqueio Subaracnóideo A punção deve ser feita abaixo de L2. Medicações usadas para Anestesia Raqui: Lidocaina pesada Bupivacaina pesada Principais Complicações: Imediatas: –Hipotensão, –Bradicardia, –Nausea e vomitos. Tardias: –Cefaléia.

9 Peridural

10 PERIDURAL A anestesia pode ser realizada em qualquer ponto da coluna vertebral, desde a Cervical até a Sacral; sendo mais comumente usada nas Torácicas, Lombares e Sacrais. TÉCNICA: 1. Paciente sentado ou em decubito lateral, com as pernas fletidas sob o abdomen, 2. Assepsia rigorosa com alcool iodado, 3. Apalpar o espaço vertebral desejado, 4. Infiltração da área com anestesia local, 5. Introduzir a agulha de Peridural, Pele Subcutâneo Ligamento supra espinhoso Ligamento inter espinhoso ligamento amarelo Espaço Peridural Duramater 6. Confirmar o Espaço Peridural (gota de soro ou êmbolo fácil), 7. Aspirar e injetar o anestésico.

11 PERIDURAL Medicações usadas para Anestesia Peridural: Lidocaina 2% com ou sem Adrenalina Bupivacaina 0,5% com ou sem Adrenalina Bupivacaina 0,25% com ou sem Adrenalina Principais Complicações: Imediatas: –Hipotensão, –Bradicardia, –Nauseas e vomitos.

12 Bloqueio de Membro Superior Bloqueio Regional Intravenosa (Bier) TÉCNICA: 1. Punciona-se uma veia no dorso da mão, 2. Garroteia-se o membro e injeta-se o anestésico, 3. Passa-se outro garrote abaixo do anterior e retira-se o primeiro. Obs. 1.: Este tipo de anestesia é utilizado para pequenos procedimentos com duração aproximada de 1 hora. Obs. 2.: O segundo garrote só pode ser retirado, 30 minutos após ser realizada a anestesia. Medicação usada para Anestesia Bier: Lidocaina 1% sem Adrenalina

13 Bloqueio de Membro Superior Interescalênico TÉCNICA: 1. Paciente em decubito dorsal com o braço ao lado do corpo e a cabeça virada para o lado oposto, 2. Apalpa-se os músculos escalenos Anterior e Médio, 3. Na fenda inter escalênica, introduz a agulha, 4. Aspira e injeta o anestésico. Medicações usadas para Anestesia Interescalênico: Lidocaina 2% com ou sem Adrenalina Bupivacaina a 0,5% com ou sem Adrenalina

14 Bloqueio de Membro Superior Axilar TÉCNICA: 1. Paciente em decubito dorsal com o braço aberto, 2. Apalpa-se a artéria axilar, 3. introduz a agulha, 4. Aspira e injeta o anestésico. Medicação usada para Anestesia Axilar: Lidocaina 2% com ou sem Adrenalina

15 Bloqueio Intercostal BILAM Usada para cirurgia de nódulo de mama. TÉCNICA: 1. Paciente em decubito dorsal com o braço atrás da cabeça, 2. Apalpa-se os espaços intercostais, 3. Introduz a agulha em direção às costelas, 4. Abaixa a ponta da agulha, 4. Aspira e injeta o anestésico. Medicação usada para Anestesia BILAM: Lidocaina 2% com ou sem Adrenalina


Carregar ppt "ANESTESIA Dra. Lilian Cristina Marigonda Wurschig."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google