A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As raízes de uma renovada compreensão da nossa parceria na Missão e, portanto, das suas expressões concretas na nossa ação, encontram-se na.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As raízes de uma renovada compreensão da nossa parceria na Missão e, portanto, das suas expressões concretas na nossa ação, encontram-se na."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5

6

7

8 As raízes de uma renovada compreensão da nossa parceria na Missão e, portanto, das suas expressões concretas na nossa ação, encontram-se na visão que a Igreja tem de si mesma, hoje, como comunhão missionária.

9 Nas palavras de Jesus, na Última Ceia Eu vos chamo amigos, constatamos um chamado à unidade e um envio. Inspirados por estas imagens, somos convidados, como cristãos, a assumir juntamente o nosso batismo comum e o chamado à missão.

10 PROJETOS ATÉ 2006 JEMAR – 1985 – 2002 Porto Alegre FORMAÇÃO PERMANENTE I e II 1992 – 2000 – Santa Maria PÓS – JEMAR JEMARÕES GRUPOS(oração-estudo-reflexão-partilha-ação) No JEMARÃO 2006 denominados Jemaristas JEMAR ª Edição da PMRS (180 pessoas) TELEFORMAR - EAD 2002 e 2004 Processo de Formação nas Obras (Pastoral) (Encontros-Retiros-Cursos) ASDEPAS Reflexões PUCRS

11

12 JEMAR - JORNADA EDUCATIVA MARISTA Aderir Fazer a experiência conhecer

13 Considerando a necessidade de aprofundar a Identidade Marista junto aos Leigos, manifestada pelas diferentes comunidades, colégios e obras sociais, bem como a Avaliação Institucional, onde pais, alunos, professores, auxiliares e gestores

14 constataram que o Carisma Marista se constitui num diferencial, pode-se concluir de que se faz imprescindível um investimento, a médio e longo prazo, na Formação dos Leigos, a fim de avalizar a Identidade Marista junto as Obras.

15

16 Outro elemento a ser ressaltado é que o Carisma Marista deve ser entendido como um Patrimônio a serviço de todas as pessoas que manifestarem interesse, sem a necessidade de um vínculo profissional.

17 OBJETIVOS Oportunizar experiência concreta da proposta Marista de Educação e Vida, contida na Missão Educativa Marista;

18

19 Criar espaços de tempo, para que as pessoas possam vivenciar os valores que constituem a proposta da EAM. Oportunizar o conhecimento, a experiência, a adesão e a celebração, por meio dos eixos temáticos em três etapas diferentes.

20

21 Possibilitar, através do encontro consigo mesmo, com os outros, com a realidade e com Deus, uma profunda revisão no seu modo de ser e de agir, principalmente como Educador Marista, tomando como referência a Espiritualidade Apostólica Marista

22

23 Realidade até 2006 ETAPA I(6d)Humano-Cristão-Marista1(55/ano) ETAPASEIXOS Nº EDIÇÕES/ANO (55vagas)

24 ETAPA I(6d) ETAPA II(6d) ETAPA III(6d) Pós JEMAR Humano-Cristão-Marista ETAPASEIXOS Nº EDIÇÕES/ANO (55vagas) Humano-Cristão-Marista 4(220/ano) 2(110/ano) 1(55/ano) JEMARÕES Grupos(orientação e acompanhamento) Correspondência-Informativos Cursos e Encontros Disponibilizar acompanhamento pessoal(discernimento) EIXOS TRANSVERSAIS

25 A JEMAR quer ser uma oportunidade, onde o jemarista possa vivenciar experiências, que o levem a uma transformação no seu modo ser e de agir, frente às realidades.

26

27 Os momentos celebrativos são importantes, pois através deles, podemos aprofundar valores como a contemplação, a oração, a espiritualidade, a partilha e outros que ajudam estabelecer e fortalecer a relação do humano com o mistério trinitário de Deus.

28

29 A Espiritualidade Apostólica Marista deve ser a referência da caminhada da JEMAR. A proposta da JEMAR é a de ser um movimento que procura viver a espiritualidade marista, segundo inspiração de Marcelino Champagnat, num compromisso pessoal e no contexto específico da ação educativa visando à formação de cidadãos e cristãos.

30

31 ETAPAS Previsão de 3 etapas: Etapa I 1) planejamento em 2006 e 2007; 2) 2 edições em 2007; 3) 4 edições em 2008; 4) 3 edições em 2009; 5) 4 edições em Etapa II 1) 2 edições em 2008; 2) 2 edições em 2009; 3) 1 edição em Etapa III 1) 1 edição em 2009; 2) 1 edição em edições da ETAPA I 24 a 29 de setembro (Santa Maria) E 5 a 10 de novembro (Veranópolis)

32 METAS 1 ) Atingir 20% dos Educadores das Obras Sociais e dos Colégios até 2010; 2)Que até 2010, cada fraternidade do MChFM tenha, no mínimo, um Jemarista; 3)Ter em cada edição da Etapa I, até 2010: 3.1. No mínimo um afiliado ou benfeitor; 3.2. No mínimo um participante sem que este tenha algum tipo de relação trabalhista com a Província, mas que demonstre identificação com o Carisma Marista; 3.3. No mínimo, 3 vagas disponíveis para pessoas que trabalham na PUCRS e/ou Hospital; 4. Ter, no mínimo, 2 jumaristas(Transformando) por ano, na etapa I

33

34


Carregar ppt "As raízes de uma renovada compreensão da nossa parceria na Missão e, portanto, das suas expressões concretas na nossa ação, encontram-se na."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google