A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cenáculos de Oração Missionária COM de…. Introdução AN – Caríssimos amigos, o tema dos Cenáculos de Oração Missionária para este ano é a fé e as suas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cenáculos de Oração Missionária COM de…. Introdução AN – Caríssimos amigos, o tema dos Cenáculos de Oração Missionária para este ano é a fé e as suas."— Transcrição da apresentação:

1 Cenáculos de Oração Missionária COM de…

2 Introdução AN – Caríssimos amigos, o tema dos Cenáculos de Oração Missionária para este ano é a fé e as suas exigências. Assim diz o Salmo 27: O Senhor é minha luz e salvação: de quem terei medo? … Uma só coisa peço ao Senhor e ardentemente a desejo: habitar na casa do Senhor. Creio firmemente que hei-de contemplar a bondade do Senhor, na terra dos vivos. Confia no Senhor! Sê forte e confia no Senhor! Coloquemo-nos na Escola de Jesus e peçamos-lhe que nos revele as riquezas de Deus e nos dê o dom da fé, fonte de vida, para nós e para todos os que entrarem em contacto connosco.

3 Cântico

4 Saudação AN– Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Todos – Ámen. AN– A Graça e a Paz de Deus, nosso Pai, pelo Coração aberto de Cristo, Fonte do Espírito Santo, estejam connosco. Todos – Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

5 Anúncio do Tema A fé coloca-nos numa radical comunhão com Deus, fonte da vida. Assim dizia S. Paulo: É em Deus que nos movemos, vivemos e existimos. Deus conhece-nos porque somos obra das Suas mãos, fruto do Seu Amor. Está bem perto de nós, mesmo no meio dos nossos contratempos, cansaços e quedas. Só espera de nós o acolhimento da nossa fé que, depois, também alimenta a nossa confiança e alegria, por sabermos que nunca estamos sós. S. Paulo diz-nos que ninguém é capaz de penetrar no mistério de Deus senão for iluminado pelo Espírito Santo, que vem em ajuda da nossa fraqueza humana. E a nossa experiência também nos mostra que, mesmo na nossa procura confiante e genuína do verdadeiro rosto de Deus, temos de enfrentar sempre a força da resistência dos poderes deste mundo, a exigir de nós uma determinação perseverante, ousada e atenta.

6 Invocação do Espírito Santo sobre o Cenáculo Cântico: Mandai, Senhor, o Vosso Espírito AN– Vinde, Espírito Santo, e enchei o coração dos vossos fiéis! Todos – Vinde, Espírito Santo, e enchei o coração dos vossos fiéis! AN– Abri os nossos ouvidos, iluminai a nossa inteligência e uni-nos num só coração e numa só alma. Todos – Vinde, Espírito Santo, e enchei o coração dos vossos fiéis!

7 AN– Dai-nos o olhar e o sentir de Cristo, Bom Pastor, por cada pessoa e pelo mundo. Todos – Vinde, Espírito Santo, e enchei o coração dos vossos fiéis! AN– Mostrai-nos a Vossa vontade e dai-nos a força para cumprir com prontidão e generosidade. Todos – Vinde, Espírito Santo, e enchei o coração dos vossos fiéis! Cântico: Mandai, Senhor, o Vosso Espírito

8 Oração Inicial Senhor, nosso Deus, que criastes o ser humano à vossa imagem e semelhança, é vosso desejo que vos conheçamos e amemos, para estarmos sempre em comunhão convosco e, assim, podermos acolher a vossa amizade como dom do vosso amor. Nós Vos bendizemos pelo dom da fé e porque nos ajudais a descobrir a vossa presença, pela contemplação da vossa Palavra e das belezas da Criação. Nós Vos pedimos um coração dócil e humilde, para que sempre nos abramos ao vosso amor e, descobrindo que fomos criados para a comunhão convosco, nos tornemos vossos amigos e colaboradores. Vós que sois Deus e viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Ámen.

9 Leitura Bíblica (Genesis 1, 26-31; 3, 8-13) 26 Depois, Deus disse: «Façamos o ser humano à nossa imagem, à nossa semelhança, para que domine sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos e sobre todos os répteis que rastejam pela terra.» 27 Deus criou o ser humano à sua imagem, criou-o à imagem de Deus; Ele os criou homem e mulher. 28 Abençoando-os, Deus disse-lhes: «Crescei, multiplicai--vos, enchei e submetei a terra. Dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todos os animais que se movem na terra.» 29 Deus disse: «Também vos dou todas as ervas com semente que existem à superfície da terra, assim como todas as árvores de fruto com semente, para que vos sirvam de alimento. 30 E a todos os animais da terra, a todas as aves dos céus e a todos os seres vivos que existem e se movem sobre a terra, igualmente dou por alimento toda a erva verde que a terra produzir.» E assim aconteceu. 31 Deus, vendo toda a sua obra, considerou-a muito boa. Assim, surgiu a tarde e, em seguida, a manhã: foi o sexto dia.

10 8 Ouviram, então, a voz do SENHOR Deus, que percorria o jardim pela brisa da tarde, e o homem e a sua mulher logo se esconderam do SENHOR Deus, por entre o arvoredo do jardim. 9 Mas o SENHOR Deus chamou o homem e disse-lhe: «Onde estás?» 10 Ele respondeu: «Ouvi a tua voz no jardim e, cheio de medo, escondi-me porque estou nu.» 11 O SENHOR Deus perguntou: «Quem te disse que estás nu? Comeste, porventura, da árvore da qual te proibi comer?» 12 O homem respondeu: «Foi a mulher que trouxeste para junto de mim que me ofereceu da árvore e eu comi.» 13 O SENHOR Deus perguntou à mulher: «Porque fizeste isso?» A mulher respondeu: «A serpente enganou-me e eu comi.» PALAVRA DO SENHOR

11 Comentário Esta passagem bíblica explica o desconforto que nos vem da fé. Por um lado, ela faz-nos sentir o chamamento à intimidade com Deus; por outro faz-nos sentir o quanto ainda estamos longe dEle. Como diz S. Agostinho: Criastes- nos para vós, Senhor, e o nosso coração não descansa enquanto não repousar em vós. Descobrir em nós este anseio de Deus é o caminho que nos abre à fé. Sim, é na docilidade aos apelos de Deus que nós podemos descobrir quem somos, porquê e para quê vivemos neste mundo. Como criaturas de Deus, somos fruto do seu amor e este mesmo amor nos chama a voltar para Ele, através de um caminho espiritual que implica toda a nossa vida e a nossa pessoa. A nossa relação com Deus, na fé, pode ser vista como um processo: um caminho de acolhimento da oferta que Ele nos faz de si mesmo e, ao mesmo tempo, um caminho de conversão a Ele, da nossa parte. A nossa relação com Deus estabelece-se necessariamente através dos sinais de vida que, mesmo no sofrimento e na morte, Ele nos oferece.

12 A fé permite experimentar, com Deus, uma relação de paternidade, de filiação e de doação no amor. Nós falamos de Deus, não no sentido de uma realidade obscura, incompreensível, e até mesmo – se mal compreendida – contrária à razão, mas como Vida que se comunica e se revela progressivamente ao ser humano, para o inserir na sua plenitude. Depois do pecado, no texto do Génesis, Deus pergunta ao homem: Onde estás? Deus deseja o encontro e a intimidade, através do acolhimento e do diálogo. Nada acontece entre Deus e o ser humano antes que este dê uma resposta livre e positiva aos apelos de Deus. A fé no Deus da vida é sempre uma procura genuína e constante do verdadeiro rosto de Deus, tão desfigurado no nosso mundo, através dos seus vestígios, presentes em toda a parte. O caminho da fé tem início em Deus, que é sempre o primeiro a tomar a iniciativa de se dirigir ao ser humano. Esta iniciativa está patente no envio de Jesus, seu próprio Filho. É desta iniciativa gratuita de Deus que nasce o diálogo em que Deus se dá a conhecer e o ser humano pode entrar na Sua intimidade e comunhão de vida. Assim nos diz a carta aos Hebreus, 1, 1-3: Muitas vezes e de muitos modos, falou Deus aos nossos pais, nos tempos antigos, por meio dos profetas. Nestes dias, que são os últimos, Deus falou-nos por meio do Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e por meio de quem fez o mundo; este Filho é resplendor da sua glória e imagem fiel da sua substância.

13 Pistas para o diálogo de grupo Deus criou-nos para a comunhão de vida com Ele e nunca desiste de vir ao nosso encontro. Mesmo quando nos desviamos do Seu amor, Ele nos procura: Onde estás? Porque te escondes de mim? Já sentiste isto na tua vida? Como? A nossa vida é uma experiência de encontros e desencontros com Deus. Como notas e explicas esta experiência em ti?

14 Leitura Missionária

15 Preces - Rezemos por aqueles que pensam que a pregação da Igreja deve acentuar o medo do inferno e do castigo de Deus para as pessoas corrigirem mais depressa os seus erros, para que o Espírito de Jesus lhes revele o caminho da Nova Aliança, que é o caminho do amor, da verdade e do compromisso. Todos: Ouvi-nos, Senhor - Para que a contemplação da bondade de Deus, manifestada na cruz de Seu Filho, nos convença do bem que Ele nos quer e nos leve a obedecer-lhe, não como quem é obrigado, mas como resposta generosa à Sua atenção para connosco. Todos: Ouvi-nos, Senhor

16 - Os valores que Deus nos propõe não são fáceis de viver. Ele coloca sempre a fasquia bem alta, para nos estimular. Por isso falhamos muito. Rezemos para que as nossas falhas não nos levem a afastar-nos dele mas, ao contrário, nos levem a pedir o seu empurrãozinho, para nos superarmos pouco a pouco. Todos: Ouvi-nos, Senhor - Para que possamos olhar Jesus como o treinador que o Pai nos mandou, para nos animar a superar as nossas derrotas, com a força da sua ressurreição e para que sejamos fiéis aos treinos, meditando o Evangelho e participando nos sacramentos. Todos: Ouvi-nos, Senhor Outras intenções… Pai Nosso

17 Oração pelo mundo AN– Senhor, Vós sois grande e misericordioso, digno de louvor em tudo o que fazeis. Todos – Digno de louvor e de glória para sempre e em todos os povos! AN– Vós destruís o poder de Satanás, que estraga o mundo e faz os homens e os povos inimigos uns dos outros. Vós sois grande e poderoso na Misericórdia! Todos – Digno de louvor e de glória para sempre e em todos os povos!

18 AN– Enviastes os vossos servos e servas para testemunhar e anunciar a todos o Vosso grande poder salvador! Todos – Digno de louvor e de glória para sempre e em todos os povos! AN– Do coração aberto do Vosso Filho Jesus, enviastes o Espírito Santo, que renova os corações e o mundo! Todos – Mandai, Senhor, o Vosso Espírito e renovai a Terra!

19 AN– Ele é o Fogo que devora aquilo que, no mundo, é contrário ao Vosso Reino! Todos – Mandai, Senhor, o Vosso Espírito e renovai a Terra! AN– Ele é o Calor da santidade e da vida eterna, que se espalha pelo ministério dos vossos enviados! Todos – Mandai, Senhor, o Vosso Espírito e renovai a Terra!

20 AN– Ele é o Sopro criador dos novos céus e da nova terra, activo nos acontecimentos do mundo, na palavra e no serviço humilde dos vossos mensageiros! Todos – Mandai, Senhor, o Vosso Espírito e renovai a Terra! AN– Ele é o Espírito de Amor, que nos reúne como família de Jesus e faz de nós um só coração e uma só alma, no testemunho e no serviço do Evangelho! Todos – Mandai, Senhor, o Vosso Espírito e renovai a Terra!

21 AN– Pedimos o Vosso Espírito para os que Vos conhecem como Pai e a Cristo como Senhor e também para os que não crêem, não adoram, não esperam e não Vos amam! Todos – Sim, ó Pai, em nome de Jesus, mandai o Vosso Espírito e renovai a Terra. Só Vós sois Santo! Só Vós o Senhor! Só Vós o Altíssimo, louvado e adorado em toda a Terra, com o Vosso Filho, no Espírito Santo. Ámen!

22 Entrega do Cenáculo AN– Reunidos com Maria, para implorar o dom do Espírito Santo para a Igreja e para o mundo, entreguemo-nos a Jesus e confiemos-Lhe os Cenáculos. Todos – Senhor Jesus, pelas mãos de Maria, Mãe e Educadora dos Apóstolos, junto com as missionárias e os missionários santos, nós Vos confiamos os Cenáculos de Oração Missionária.

23 AN– Fazei deles fogueiras do Vosso Espírito, no seio da Igreja. Palpite neles o amor filial e apostólico do Vosso Coração do Bom Pastor. Todos – Inflamai-nos a todos com as labaredas do Espírito, que jorra do Vosso Coração aberto, crucificado e ressuscitado, presente na Eucaristia. Fazei que, juntos, comuniquemos amor, fé e esperança, à nossa volta e até aos confins do mundo.

24 AN– Uni-nos a Vós e dai-nos o Espírito, que faça de nós uma oferenda permanente ao Pai. Todos – Fazei-nos crescer convosco, na obediência ao Pai. Dai-nos um coração semelhante ao Vosso. Fazei de nós pessoas disponíveis para todo o serviço a Vós e aos irmãos, particularmente aos mais carenciados de amor, de esperança e de evangelização. AN– Fazei, Senhor, dos Cenáculos de Oração Missionária comunidades fraternas de testemunhas do Evangelho da Vossa graça.

25 Todos – Que neles e com eles, um perene Dia de Pentecostes relance na Igreja e na nossa comunidade um novo impulso de santidade e missão. AN– Para que a oblação de todos os povos, por Vós apresentada, ó Jesus… Todos - …seja santificada pelo Espírito e aceite com alegria pelo Pai. Porque a Vós pertence a honra, a glória e o louvor, pelos séculos sem fim. Ámen!

26 III PARTE COMPROMISSOS E ACTIVIDADES Ofertório Ofertório Acta Acta Revisão dos compromissos Revisão dos compromissos Programação de actividades Programação de actividades

27 Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do Céu e da Terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, luz da luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação desceu dos Céus. E encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria. e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras; e subiu aos Céus, onde está sentado à direita do Pai. De novo há-de vir em sua glória para julgar os vivos e os mortos; e o seu Reino não terá fim. Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas. Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo para a remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos e vida do mundo que há-de vir. Amém.

28 Oração Conclusiva Senhor, Deus da vida, da verdade e do amor. Vós escolhestes revelar a plenitude do Vosso amor na vida, morte e ressurreição do Vosso Filho Jesus. É pela presença do Vosso Espírito, que vós mesmo enviastes em Seu nome, que nós descobrimos que é em Vós e só em Vós, que nós vivemos, nos movemos e existimos. Dai-nos o dom da fé, para termos sempre um coração atento, dócil e disponível às propostas da vossa amizade para connosco. Ámen.

29 Cântico Final

30 Bênção e Despedida AN– Pela intercessão de nossa senhora, Rainha das Missões e Estrela da Evangelização, abençoe-nos Deus todo-poderoso, Pai Filho e Espírito Santo. T – Ámen AN– Vamos em Paz e que o Senhor com Maria nos acompanhe. T – Graças a Deus.


Carregar ppt "Cenáculos de Oração Missionária COM de…. Introdução AN – Caríssimos amigos, o tema dos Cenáculos de Oração Missionária para este ano é a fé e as suas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google