A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reatividade animal e REATEST ® Mestranda: Priscilla Regina Tamioso Orientadora: ProfªDrª Laila T. D. Teixeira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reatividade animal e REATEST ® Mestranda: Priscilla Regina Tamioso Orientadora: ProfªDrª Laila T. D. Teixeira."— Transcrição da apresentação:

1 Reatividade animal e REATEST ® Mestranda: Priscilla Regina Tamioso Orientadora: ProfªDrª Laila T. D. Teixeira

2 Reatividade: introdução e definição; Avaliação da reatividade: Testes, medidas fisiológicas e REATEST ® ; Atividade. Sumário

3 É possível medi-la? Como é um animal reativo? O que é a reatividade? Que fatores a influenciam?

4 Definição (WILSON et al., 1994) ; Forte base genética, impacto econômico e na qualidade de vida dos animais (PARANHOS DA COSTA, 2001; BARBOSA SILVEIRA et al., 2006 ). Reatividade

5 Fonte: ETCO

6 Definição (WILSON et al., 1994) ; Forte base genética, impacto econômico e na qualidade de vida dos animais (PARANHOS DA COSTA, 2001; BARBOSA SILVEIRA et al., 2006 ). Reatividade

7 Definição (WILSON et al., 1994); Forte base genética, impacto econômico e na qualidade de vida dos animais (PARANHOS DA COSTA, 2001; BARBOSA SILVEIRA et al., 2006 ). Reatividade É possível realizar seleção!

8 Definição (WILSON et al., 1994); Forte base genética, impacto econômico e na qualidade de vida dos animais (PARANHOS DA COSTA, 2001; BARBOSA SILVEIRA et al., 2006 ). Reatividade

9 Definição (WILSON et al., 1994); Forte base genética, impacto econômico e na qualidade de vida dos animais (PARANHOS DA COSTA, 2001; BARBOSA SILVEIRA et al., 2006 ). Reatividade Mais reativo, menor ganho de peso

10 Definição (WILSON et al., 1994); Forte base genética, impacto econômico e na qualidade de vida dos animais (PARANHOS DA COSTA, 2001; BARBOSA SILVEIRA et al., 2006 ). Reatividade

11 Definição (WILSON et al., 1994); Forte base genética, impacto econômico e na qualidade de vida dos animais (PARANHOS DA COSTA, 2001; BARBOSA SILVEIRA et al., 2006 ). Reatividade Estresse crônico = sofrimento

12 Calmos Nervosos Número de ovinos Facilidade de tosquia* 50% 17% Dificuldade de tosquia* 19% 47% Número total de cortes* 11.5± ±0.6 Porcentagem de animais com: Um ou menos cortes grandes ( >5 cm) Um ou menos cortes médios (3-5 cm) Cinco ou menos cortes pequenos (<3 cm)* 74% 59% 21% 10% 20% 6% Tabela 1. Vantagens no bem-estar e manejo ao selecionar ovinos mais calmos, durante a tosquia *Diferença significativa entre ovinos calmos e nervosos; p<0,05. Adaptado de BLACHE & FERGUSON (2004)

13 Inserção em diversas áreas; Difícil avaliação; Ovinos: poucos trabalhos; Testes, medidas fisiológicas e REATEST ® (em conjunto). Reatividade

14 Avaliação da Reatividade

15 Escala de escore composto (EC): Reatividade na balança; Recolhidos e mantidos em curral a espera; Interferência; Observação: 20 segundos*. Testes


Carregar ppt "Reatividade animal e REATEST ® Mestranda: Priscilla Regina Tamioso Orientadora: ProfªDrª Laila T. D. Teixeira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google