A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Zoot 1012 MELHORAMENTO ANIMAL I ZOOTECNIA Prof. Dr. Paulo Roberto Nogara Rorato.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Zoot 1012 MELHORAMENTO ANIMAL I ZOOTECNIA Prof. Dr. Paulo Roberto Nogara Rorato."— Transcrição da apresentação:

1 Zoot 1012 MELHORAMENTO ANIMAL I ZOOTECNIA Prof. Dr. Paulo Roberto Nogara Rorato

2 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.1 – SELEÇÃO

3 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.1 – SELEÇÃO

4 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.1 – SELEÇÃO

5 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.2 – FONTES DE INFORMAÇÃO Ancestrais Animal Parentes Irmãos Descendentes

6 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.3 – CRITÉRIOS DE SELEÇÃO Genealogia Família Parentes colaterais Irmãos Animal Progênie

7 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.4 – FATORES DE CORREÇÃO PARA DIFERENÇAS DE AMBIENTE Local e Condição de Criação Fazendas se localizam em locais diferentes Diferenças de Clima (temperatura, regime de chuvas...) Interferem na qualidade e quantidade do alimento disponível; Sistemas de criação; Nível cultural do criador; Mercado

8 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.4 – FATORES DE CORREÇÃO PARA DIFERENÇAS DE AMBIENTE – Idade Expressões fisiológica variam com a idade/maturidade (curva) Produção de leite Peso ao nascimento... (estação de monta) Tamanho de leitegado Peso e tamanho do ovo

9 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.4 – FATORES DE CORREÇÃO PARA DIFERENÇAS DE AMBIENTE – Ano-Época de nascimento Ano... Estação ou época Raça TamanhoPrecocidade Especialidade.....

10 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.4 – FATORES DE CORREÇÃO PARA DIFERENÇAS DE AMBIENTE

11 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES O uso de Modelos Estatísticos Y ijklmno = µ + S i + M j + A k + E m + T n + e ijklmno Onde: µ = média geral; S i = ef. do sexo do terneiro (i=1,2); M j = ef. do mês de nascimento (j=1,2,...,12 ou 9,10,11 ou...); A k = ef. do ano de nascimento (k= 2000, 2001,..., 2006); E m = ef. Da idade da mãe (m= dias, meses ou ano= 3,4,..., n); T n = ef. do touro (n=1, 2,...,n) e e ijklmno = erro experimental. Y ijkl = µ +GC i +E j + T k + e ijkl

12 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.5 –DIFERENCIAL DE SELEÇÃO, INTENSIDADE DE SELEÇÃO GANHO GENÉTICO POR GERAÇÃO, INTERVALO ENTRE GERAÇÕES P = G Diferencial de seleção – DS, S... (machos, fêmeas) Diferencial de seleção – DS, S... (machos, fêmeas) Intensidade de seleção – s, i... (machos, fêmeas) Ganho genético – GG, gg, Δg... (geração) Intervalo entre gerações Ganho genético anual

13 MpMs P DS

14 MpMs P M F1 Ms F1 P GG

15 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.6 – SELEÇÃO PARA VÁRIAS CARACTERÍSTICAS Método unitário ou tandem Características em seleção: PD = Peso a desmama (220 kg) PA = Peso aos 365 dias (380 kg) PS = Peso aos 550 dias (590 kg) EXEMPLO: Animal 1: PD = 220 kg; PA = 380 kg; PS = 580 kg Animal 2: PD = 230 kg; PA = 390 kg; PS = 585 kg Animal 3: PD = 210 kg; PA = 380 kg; PS = 590 kg Animal 4: PD = 220 kg; PA = 380 kg; PS = 580 kg Animal 4: PD = 225 kg; PA = 390 kg; PS = 580 kg Animal 5: PD = 220 kg; PA = 390 kg; PS = 600 kg

16 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.6 – SELEÇÃO PARA VÁRIAS CARACTERÍSTICAS Método dos níveis de rejeição Características em seleção: Peso a desmama (220 kg) Peso aos 365 dias (380 kg) Peso aos 550 dias (590 kg) EXEMPLO: Animal 1: PD = 220 kg; PA = 380 kg; PS = 580 kg Animal 2: PD = 230 kg; PA = 390 kg; PS = 585 kg Animal 3: PD = 210 kg; PA = 380 kg; PS = 590 kg Animal 4: PD = 220 kg; PA = 380 kg; PS = 580 kg Animal 4: PD = 225 kg; PA = 390 kg; PS = 580 kg Animal 5: PD = 220 kg; PA = 390 kg; PS = 600 kg

17 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.6 – SELEÇÃO PARA VÁRIAS CARACTERÍSTICAS Método dos pontos: Indice de seleção Determinação de um índice de seleção: I = b1 P1 + b2 P bn Pn ou I = aX + a1 X1 – a2 X2 Onde: P1, P2,..., Pn são os valores fenotípicos do indivíduo (ou dos parentes do indivíduo) para as características de 1 a n; b1, b2,..., bn são os pesos relativos as informações sobre os n caracteres considerados; X são os valores fenotípicos das características; a são os coeficientes de regressão; Obtêm-se as variáveis P diretamente dos registros de produção, mas as variáveis b devem ser estimadas.

18 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES 7.6 – SELEÇÃO PARA VÁRIAS CARACTERÍSTICAS Método dos pontos: Indice de seleção As informações necessárias para estimar os valores de b são: A variância fenotípica (VP) e a variância genética aditiva (VA) para cada característica, sendo que: VA= h 2. VP As covariâncias fenotípicas (CovP) e genéticas (CovA) entre os caracteres; Os valores econômicos relativos (ai). b1 VP bn CovP1 n = a1 VA an CovA1 n b1 CovP1 n bn VPn = a1 CovA1 n an VAn A solução deste sistema proporciona a estimativa dos valores de b. A solução deste sistema proporciona a estimativa dos valores de b.

19 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES Método dos pontos: Indice de seleção EXEMPOLO: PV suínos aos 180 dias de idade (característica X1) Classificação por tipo (característica X2) VF(X1)b1 + CovF(X1X2)b2 = VA(X1)a1 + CovA(X1X2)a2 CovF(X1X2)b1+ VF(X2)b2 = CovA(X1X2)a1+ VA(X2)a2 VF(X1) = var. fenot. PV 180 dias VA(X1) = var. genet. PV 180 dias VF(X2) = var. fenot. do tipo VA(X2) = var. genet. Do tipo CovF(X1X2) = cov.fenot. do peso e do tipo CovA(X1X2) = Cov. Genet. Adit. Do peso e do tipo

20 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES Método dos pontos: Indice de seleção EXEMPOLO: (cont.) a1 = valor econômico do PV aos 180 dias a2 = valor econômico do tipo b1 = coef. De regressão para o peso aos 180 dias b2 = coef. De regressão para tipo Valores hipotéticos para as equações 1 e 2: Variâncias: PV aos 180 dias – VA(X1)=20,00; VP(X1)=50,00 TIPO – VA(X2)=14,00; VF(X2)=44,00 TIPO – VA(X2)=14,00; VF(X2)=44,00 Covariâncias: CovA(X1X2)=3,00; CovF(X1X2)=5,00 Valores econômicos: a1= 20,00; a2 = 4,00

21 UNIDADE VII IDENTIFICAÇÃO DOS ANIMAIS GENETICAMENTE SUPERIORES Método dos pontos: Indice de seleção EXEMPOLO: (cont.) I = 8,07X1 + 1,72X2, Simplificando: I = X1 + 0,21X2 APLICAÇÃO: Suínos – Características: Area de olho de lombo-AOL (X1) – a cada acréscimo de uma unidade na AOL correspoonde a R$15,00 em a1; Comprimento de Carcaça-CC (X2) - a cada acréscimo de uma unidade no CC correspoonde a R$10,00 em a2 VA(X1)=4,25; VF(X1)=8,32; VA(X2)=6,42; VF(X2)=9,25 COVA(X1X2)=0,32; COVF(X1X2)=0,63

22

23


Carregar ppt "Zoot 1012 MELHORAMENTO ANIMAL I ZOOTECNIA Prof. Dr. Paulo Roberto Nogara Rorato."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google