A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

USER INTERFACE DESIGN Engenharia de Software Elaborado por: Pedro Fernandes, nº3322 Patrício Januário, nº3314 João Ferro Pelica, nº3428.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "USER INTERFACE DESIGN Engenharia de Software Elaborado por: Pedro Fernandes, nº3322 Patrício Januário, nº3314 João Ferro Pelica, nº3428."— Transcrição da apresentação:

1 USER INTERFACE DESIGN Engenharia de Software Elaborado por: Pedro Fernandes, nº3322 Patrício Januário, nº3314 João Ferro Pelica, nº3428

2 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes2 Introdução A Interacção Pessoa-Computador estuda a troca de informação entre as pessoas e os computadores. O seu objectivo é que esta troca seja o mais eficiente possível, ou seja, minimiza os erros, aumenta a satisfação, diminui a frustração e ao fim e ao cabo, faz mais produtivas as tarefas que envolvem as pessoas e os computadores.

3 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes3 Em que consiste? Analisar as tarefas e recolher as exigências da pessoa com o objectivo de criar uma interacção ideal entre a pessoa e o interface. Analisar as tarefas e recolher as exigências da pessoa com o objectivo de criar uma interacção ideal entre a pessoa e o interface.

4 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes4 Objectivos Principais pontos na comunicação entre o interface e o utilizador: Utilidade Utilidade Segurança Segurança Produtividade Produtividade Usabilidade Usabilidade Funcionalidade Funcionalidade Interactividade Interactividade Facilidade de uso Facilidade de uso Facilidade de aprendizagem Facilidade de aprendizagem

5 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes5 Aspectos Importantes: Meio envolvente Meio envolvente Características humanas Características humanas Características tecnológicas Características tecnológicas Processo de desenvolvimento Processo de desenvolvimento

6 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes6 Meio envolvente Meio social e de trabalho Meio social e de trabalho Áreas de aplicação Áreas de aplicação - Para cada necessidade, uma aplicação Interacção Homem-Máquina Interacção Homem-Máquina - Interagir com os sentidos (audição, visão tacto) - Tutorais - Documentação - Ajuda On-Line

7 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes7 Humanas Características Humanas Capacidades Cognitivas Capacidades Cognitivas Linguagem, Comunicação, Interacção Linguagem, Comunicação, Interacção Ergonomia Ergonomia

8 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes8 Características Humanas Capacidades Cognitivas Capacidades Cognitivas Linguagem, Comunicação, Interacção Linguagem, Comunicação, Interacção Ergonomia Ergonomia Cada ser Humano tem diferentes capacidades que o influenciam no uso com o computador: - Percepção - Aprendizagem - Acesso à informação - Memória Nível de experiência de cada utilizador Nível de experiência de cada utilizador

9 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes9 Características Humanas Capacidades Cognitivas Capacidades Cognitivas Linguagem, Comunicação, Interacção Linguagem, Comunicação, Interacção Ergonomia Ergonomia Linguagem simples e objectiva Linguagem simples e objectiva Imagens, sons … Imagens, sons … Mensagens destinadas ao utilizador Mensagens destinadas ao utilizador Organização no ecrã Organização no ecrã

10 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes10 Características Humanas Capacidades Cognitivas Capacidades Cognitivas Linguagem, Comunicação, Interacção Linguagem, Comunicação, Interacção Ergonomia Ergonomia Estuda como o design do produto afecta as pessoas: Estuda como o design do produto afecta as pessoas: -Estuda as capacidades humanas e suas imitações na obtenção de ferramentas mais adequadas para que no trabalho aumente a produtividade (QWL) Antropometria - Antropometria - Ciência que estuda as medidas do corpo.

11 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes11 Características Humanas Capacidades Cognitivas Capacidades Cognitivas Linguagem, Comunicação, Interacção Linguagem, Comunicação, Interacção Ergonomia Ergonomia Ambiente: Ambiente: - Luminosidade adequada - Temperatura ambiente - Nível de ruído - Colocação dos periféricos - Mobília confortável

12 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes12 Características Humanas Capacidades Cognitivas Capacidades Cognitivas Linguagem, Comunicação, Interacção Linguagem, Comunicação, Interacção Ergonomia Ergonomia Software: Software: - Prestável - Claro - Seguro - Coerente - Versátil - Expressivo

13 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes13 Características Tecnológicas Características Tecnológicas Hardware Deve-se ter em conta a funcionalidade pretendida e os utilizadores: - Teclado - Touch Screen - Trackers tridimensionais - Dispositivos de entrada por voz - Saída Visual (ecrã,…) - Vídeo Conferencia ( Web Cam, Telemóveis 3G )

14 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes14 Características Tecnológicas Características Tecnológicas Software - Entrada de Comandos - Menus - Diálogos Questão/Resposta - Formulários - Manipulação directa

15 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes15 Características Tecnológicas Características Tecnológicas Software Boa qualidade: - Útil - Fácil de Utilizar - Eficaz na sua utilização - Satisfação e Conforto - Saúde e bem- estar - Mais Produtividade Leva a:

16 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes16 Características Tecnológicas Características Tecnológicas Software Má qualidade: Desconhecimento da actividade - Desconhecimento da actividade Desconhecimento do utilizador e das características humanas - Desconhecimento do utilizador e das características humanas Desinteresse pela lógica de utilização - Desinteresse pela lógica de utilização Aborrecimentos e frustrações - Aborrecimentos e frustrações - Stress Desperdício e abandono do sistema - Desperdício e abandono do sistema Leva a:

17 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes17 Processo de desenvolvimento Factores a levar em conta : Utilizadores:Tecnologias:Funcionais: Características individuais (idade, sexo, formação, cultura, experiência, etc...); Elementos de hardware disponíveis para a utilização e adequa-los aos factores anteriores; Suportes disponíveis para a equipa de desenho; Projectar o sistema antes do modelo final (Protótipos); Através da conversação e representação, o utilizador terá um sistema adequado a si e terá uma melhor percepção do sistema;

18 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes18 Processo de desenvolvimento Aspectos importantes: - Visualização - Multimédia - Interacção Homem-Máquina - Usabilidade - Informação do sistema - Ajuda on-line

19 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes19 Processo de desenvolvimento Visualização: -Gráficos melhoram o desempenho de trabalho -Gráficos alcançam os que não lêem e são facilmente memorizados -Visão é o nosso sentido dominante -Uma imagem supera as limitações do texto

20 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes20 Processo de desenvolvimento Multimédia: Como criar interfaces interactivos? -Bom design de interacção -Gifs animados -Vídeo clips e outras animações -Integrar objectos multimédia no software -Inovar o design, utilizando flash, etc…

21 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes21 Processo de desenvolvimento Homem-Máquina: -Psicologia Cognitiva -Factores Humanos (ergonomia) Usabilidade: -Desenvolver o Software mais fácil de usar para os utilizadores -É uma fase bastante importante no ciclo de desenvolvimento

22 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes22 Processo de desenvolvimento Técnicas: - Prover ajudas e janelas de aconselhamento - Prover video-clips e treino de maneira a integrar o utilizador com o sistema - Usar o XML que modulariza pequenas partes do conhecimento integra-o em aplicações

23 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes23 Processo de desenvolvimento Interacção no Processo de Desenvolvimento Interacção no Processo de Desenvolvimento O desenho de Interface consiste essencialmente em actualizações sucessivas resultantes das constantes avaliações e modificações, sendo uma consequência das apreciações dos utilizadores ou clientes. O desenho de Interface consiste essencialmente em actualizações sucessivas resultantes das constantes avaliações e modificações, sendo uma consequência das apreciações dos utilizadores ou clientes.

24 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes24 Processo de desenvolvimento Modelo Cascata Modelo Cascata

25 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes25 Processo de desenvolvimento Técnicas de desenvolvimento de software: -Estudo de documentos do cliente ou utilizador -Entrevistas (obtenção de dados) -Estudo estatístico (para software de distribuição) -Protótipo -Fase que permite uma antevisão do interface e do funcionamento do sistema -Partindo do protótipo desenvolvido comprova-se, ou não, a satisfação e o cumprimento das necessidades do cliente/utilizador

26 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes26 Palette demonstrativa do UID

27 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes27 Exemplos

28 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes28

29 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes29

30 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes30 Relação com a Engenharia de Software No âmbito da análise e do design podemos relacionar a Engenharia de Software e o UID, pois em ambas existe uma obtenção de requisitos (Engenharia de Requisitos). Finalizada a primeira fase do desenvolvimento, passamos à interacção entre o utilizador e o interface (Design).

31 João Pelica, Patrício Januário e Pedro Fernandes31 Referências ndex.htm ndex.htm


Carregar ppt "USER INTERFACE DESIGN Engenharia de Software Elaborado por: Pedro Fernandes, nº3322 Patrício Januário, nº3314 João Ferro Pelica, nº3428."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google