A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROMOÇÃO DA SAÚDE DANNIELLA DAVIDSON CASTRO. Hipócrates: equilíbrio entre indivíduo e ambiente Século XIV peste na Europa Cultura do horror no Ocidente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROMOÇÃO DA SAÚDE DANNIELLA DAVIDSON CASTRO. Hipócrates: equilíbrio entre indivíduo e ambiente Século XIV peste na Europa Cultura do horror no Ocidente."— Transcrição da apresentação:

1 PROMOÇÃO DA SAÚDE DANNIELLA DAVIDSON CASTRO

2

3 Hipócrates: equilíbrio entre indivíduo e ambiente Século XIV peste na Europa Cultura do horror no Ocidente Renascimento Avanços na física mecânica=homem como máquina Década de 70: saúde como ausência de doença Louis Pasteur teoria da unicausalidade Etiologia OMS HISTÓRICO

4 Século XVIII urbanização acelerada Industrialização Impacto na produtividade Impacto na qualidade de vida (desnutrição, alcoolismos, transtornos mentais, violência) HISTÓRICO

5 Saúde vem do alemão hale (saúde, vigor) e whole (completo, integral), ou seja, “integridade do corpo”. Nos campos de batalha da Idade Medieval, a perda da haleness, ou saúde, era devido a um grave ferimento. (Straub, 2005). Modelo Biomédico:”Saúde é o silêncio dos órgãos.” A OMS (Organização Mundial de Saúde) define a saúde como “um estado de completo bem- estar físico, mental e social e não simplesmente como a ausência de doenças ou enfermidades.” Saúde física+saúde psicológica+saúde social O CONCEITO DE SAÚDE

6 A OMS (Organização Mundial de Saúde) define a saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não simplesmente como a ausência de doenças ou enfermidades.” O CONCEITO DE SAÚDE

7 DOENÇA Anterior à concepção de saúde Mais imediatista Fenômeno sobrenatural Influência de demônios Teoria dos Miasmas Modelo religioso/místico Doença como pecado O enfermo era responsável pelo seu sofrimento

8 Fenômeno que inclui não apenas a participação individual, mas também a social. Doença (disease): Processo fisiopatológico, que determina o estado disfuncional do organismo; Enfermidade (ilness):Estado subjetivo do indivíduo quanto à doença; Anormalidade (sickness): disfunção DOENÇA

9 Papel de doente (Sick role): Afeta o relacionamento com os demais indivíduos normais.Inclui quatro aspectos: *Irresponsabilidade do paciente pelo seu estado; * Dependência em relação a outra instância social; *Afastamento em diversos graus dos outros papéis sociais; *Obrigação (compulsoriedade) de buscar saída para esta situação. DOENÇA

10 DETERMINANTES SOCIAIS EM SAÚDE

11

12 27/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/2015 O BINÔMIO SAÚDE-DOENÇA “O binômio saúde-doença é um gradiente de sanidade específico a cada indivíduo ou comunidade, de equilíbrio entre os ecossistemas físico, psicobiológico, socio-ecoômico-cultural e topológico.”(Savastano, 1980)

13 27/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/2015

14 SAÚDE-DOENÇA

15 SAÚDE E BEM-ESTAR

16 A adoção de comportamentos preventivos depende de quatro variáveis: Percepção de Vulnerabilidade em relação a determinado agravo; Percepção de Severidade, isto é, que o agravo pode trazer graves consequências à sua saúde; Percepção de Benefícios;isto é, o que os comportamentos preventivos podem ajudar; Barreiras percebidas: obstáculos, desconforto, impedimentos ou qualquer aspecto negativo que o impeça de adotar comportamentos de prevenção. MODELOS DE CRENÇAS EM SAÚDE

17 É um bem comum Não é um bem de troca É um direito social Um exercício da cidadania O QUE É ENTÃO A SAÚDE?

18 Conceito amplo Não visa doença específica Visa desenvolvimento de pessoas Entendimento e controle da saúde e bem estar Intersetorial PROMOÇÃO DA SAÚDE

19

20 São reconhecidos a partir da posição do observador Vários significados Questões metodológicas Possibilidades de ação Visão de mundo Dimensões inter-relacionadas Interface entre Estado e sociedade Entre o público e o particular Entre o individual e coletivo ESTRATÉGIAS DE PROMOÇÃO DA SAÚDE

21 O ecossistema do binômio saúde-doença mostra que: As equipes multiprofissionais são o elo para as soluções dos problemas Os problemas de saúde/doença não podem ser vistos unilateralmente IMPLICAÇÕES EM SAÚDE PÚBLICA

22 27/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/2015 STRAUB.R.Psicologia da Saúde.Artmed, SAVASTANO.H. Abordagem do binômio saúde-doença e do conceito de personalidade no ecossistema:implicações em saúde pública. Rev.Saúde pública, São Paulo,14:37- 42,1980. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

23 Dois mineiros, de cócoras, varas de pescar à mão, pitam e proseiam à beira do rio.De repente, vêem um menino debatendo-se nas águas. Um entreolhar meteórico, ato contínuo mergulham no rio e retiram o garoto. Retornam à sua prosa, agora entrecortada de momentos de cisma. A velha binga acende os cigarros de palha, jogados no canto da boca. Passa meia hora e novo menino aparece no meio do rio. Repetem o gesto, automaticamente, lançando-se na água e salvando o segundo menino. Retomam os postos e a conversa. Proseiam, como gastar o tempo, sobre a torpeza das árvores do cerrado. Rápido, um interrompe e observa: “É, cumpadre, hoje o rio num ta pra peixe” e o outro completa: “Isquisito tá mais pra minino”. Um barulho estranho faz com que levantem a vista e vejam, no meio do rio, um terceiro garoto, já quase desfalecido. Imediato, um deles se joga na água. O outro fica de pé, mas não se atira no rio. O que se jogou convoca: “Cumpadre vamo sarvá mais esse”. A resposta fulminante: “Esse ocê sarva sozinho qui eu vô pros lado da cabeceira do rio, pegá quem ta jugando esses minino nágua”. Moral da história: A Promoção da Saúde sempre vai até as causas, é sua vocação, seu objetivo, seu sentido. Fonte: Caso mineiro adaptado por E. V. Mendes, Núcleo Cidades Saudáveis, Esmig, 1999.

24 27/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/201527/3/2015 OBRIGADA.

25


Carregar ppt "PROMOÇÃO DA SAÚDE DANNIELLA DAVIDSON CASTRO. Hipócrates: equilíbrio entre indivíduo e ambiente Século XIV peste na Europa Cultura do horror no Ocidente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google