A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Unidade de Pesquisa do Governo Federal

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Unidade de Pesquisa do Governo Federal"— Transcrição da apresentação:

1 Unidade de Pesquisa do Governo Federal
com o objetivo de gerar e disseminar conhecimento científico para a conservação e manejo sustentável dos recursos naturais da Amazônia

2 A influência do desflorestamento sobre condições ambientais
e socio-econômicas

3 Equipe de trabalho Ana Albernaz Eduardo Lauande Eduardo Venticinque
Dário Amaral Ima Vieira Jorge Pereira Leandro Ferreira Marcelo Thales Paulo Pimenta Peter Toledo Rafael Salomão Roberto Araújo Samuel Almeida Ulisses Galatti

4 Desmatamento na Amazônia Legal?
MONITORAMENTO DA FLORESTA AMAZÔNICA BRASILEIRA POR SATÉLITE : PROJETO DE ESTIMATIVA DE DESFLORESTAMENTO DA AMAZÔNIA (PRODES DIGITAL)

5 Formações florestais e abertas
da Amazônia Legal?

6 Fonte: MMA (2005)

7 Tendência ?????????

8 Fonte: INPE (2005) Regressão linear simples (r2=0.34; p=0023
Correlação de Pearson (r=0.58) Fonte: INPE (2005)

9 Análises realizadas O desflorestamento dentro das unidades de conservação e terras indígenas na Amazônia Legal. A relação da malária e o desflorestamento. A evolução do desflorestamento em dois tipos de cenários de colonização na Amazônia Legal. A relação da qualidade de vida e o desflorestamento.

10 Análise dos dados Variável dependente: desflorestamento (6 séries) – Log transformados Fatores: Categorias: Proteção integral, Uso Sustentável e Terras Indígenas. Jurisdição (federal ou estadual). Unidade da federação. Análise de variância multifatorial

11

12

13

14 Unidades de Conservação e Terras Indígenas na Amazônia Legal?

15 Sobreposicao de UC e TI

16 Análise dos dados Não foram usadas neste estudo as unidades de conservação de proteção integral ou uso sustentável criadas a partir de 2004.

17

18

19 Unidades de Conservação e Terras Indígenas na Amazônia Legal?
Retirado as sobreposições

20 Desflorestamento dentro ou fora das Unidades de Conservação e Terras Indígenas na Amazônia Legal?

21 R E S U L T A D O S

22 Com APA Desflorestamento até 1997 Sem APA

23

24

25 Desflorestamento até 1997 com APA

26 Desflorestamento até 1997 sem APA

27 Com APA Incremento Sem APA

28 Incremento sem APA

29 Incremento Sem APA

30 Incremento com APA

31 Incremento com APA

32 Incremento com APA

33 Vetores direcionais do desflorestamento na Amazônia Legal
Fonte: Venticinque e Ferreira (2005)

34 Conclusões Existe diferença significativa na proporção de desflorestamento dentro das categorias de Unidades de Conservação e Terras Indígenas na Amazônia Legal. A proporção de desflorestamento é menor nas Unidades de Conservação de Proteção Integral em comparação com as Unidades de Uso Sustentável e as Terras Indígenas. A criação e implementação de um mosaico de áreas protegidas e um dos instrumentos que devem ser priorizados para a contenção do desflorestamento na na Amazônia Legal.

35 Conclusões A criação de Áreas de Proteção Ambiental (APA) como uma estratégia para conter o avanço do desflorestamento não e interessante, pois esta categoria de UC e bastante frágil e deve ser tomada como única maneira viável para conter o processo de ocupação desordenada do uso do território. O sistema federal de Unidades de Conservação e mais eficiente em conter o processo de desflorestamento na Amazônia Legal, principalmente nos estados do Para, onde o sistema de UC de Uso Sustentável e composto somente por APAs e em Rondonia, devido a grande pressão existente nas Ucs estaduais.

36 Análises realizadas O desflorestamento dentro das unidades de conservação e terras indígenas na Amazônia Legal. A relação da malária e o desflorestamento. A evolução do desflorestamento em dois tipos de cenários de colonização na Amazônia Legal. A relação da qualidade de vida e o desflorestamento.

37

38 Relação Geral

39 Relação exponencial Floresta Desmatamento

40 y= (2.718 (-0,057 X) + (-0,679)) / 1 + (2.718 (-0.057 X) + (-0.679) )
0.60 ESTRADAS 0.48 0.36 Probabilidade de desmatamento 0.24 0.12 0.00 40 80 100 Distância da estrada (km)

41

42 Errado Desflorestamento dentro ou fora de APs
Os Unidades de Papel já são suficientes em reduzir o desflorestamento. Desta forma, sua implementação não é prioridade? CERTO Desflorestamento dentro ou fora de APs Efetividade das Áreas Protegidas em conter o desflorestamento 1.0 1.0 Fora das APs 0.8 0.8 Dentro das APs 0.6 0.6 ALEM DE CRIAR TEMOS QUE IMPLEMENTAR O SISTEMA EXISTENTE % de desfloratamento 0.4 0.4 Limitação na fiscalização devido a falta de implementação Errado 0.2 0.2 0.0 0.0 10 10 20 20 30 30 40 40 50 50 Distância da estrada (km) Distância da estrada (km)

43

44 Probabilidade de desflorestamento em função da distância de estradas
Rondônia Pará 1.0 1.0 1.0 1.0 0.8 0.8 0.8 0.8 0.6 0.6 0.6 0.6 Probabiliade de desflorestamento Probabiliade de desflorestamento 0.4 0.4 0.4 0.4 0.2 0.2 0.2 0.2 0.0 0.0 0.0 0.0 10 10 20 20 30 30 40 40 50 50 20 20 40 40 60 60 80 80 100 100 Distância da estrada (km) Distância da estrada (km) Distância da estrada (km) Distância da estrada (km) Mato Grosso 1.0 1.0 Probabilidade de desflorestamento em função da distância de estradas dentro (azul) e fora (vermelho) das áreas protegidas nos estados de Rondônia, Pará e Mato Grosso. 0.8 0.8 0.6 0.6 Probabiliade de desflorestamento 0.4 0.4 0.2 0.2 0.0 0.0 20 20 40 40 60 60 80 80 100 100 Distância da estrada (km) Distância da estrada (km)

45 Conclusões Os padrões de desflorestamento em relação a distancia das estradas tem padrões exponenciais com grande proporção de desflorestamento nos primeiros quilômetros e uma drástica redução com o aumento da distancia das estradas. Este padrão e sempre menor dentro das áreas protegidas do que fora delas, refutando o argumento de que as áreas protegidas da amazônia legal são menos desflorestadas porque estão situadas longe das estradas.

46 Análises realizadas O desflorestamento dentro das unidades de conservação e terras indígenas na Amazônia Legal. A relação da malária e o desflorestamento. A evolução do desflorestamento em dois tipos de cenários de colonização na Amazônia Legal. A relação da qualidade de vida e o desflorestamento.

47 Desflorestamento e Malária
10 12 14 16 18 20 22 Log da Área desmatada em 2003 -3 -2 -1 1 2 3 4 5 6 Log IPA 2003 O Incremento em desmatamento de 2003 teve efeito sobre a prevalência de malária O efeito não foi muito forte, mas foi significativo (r2=0.123, p<0.001) Outros fatores, como o aumento de postos de atendimento, estão sendo estudados IPA é a infestação por mil habitantes. É o índice adotado pelo governo para avaliar grau de risco, sendo consideradas áreas de alto risco quando o índice ultrapassa 40. As variáveis foram convertidas em log para normalizar as distribuições.

48 Análises realizadas O desflorestamento dentro das unidades de conservação e terras indígenas na Amazônia Legal. A relação da malária e o desflorestamento. A evolução do desflorestamento em dois tipos de cenários de colonização na Amazônia Legal. O desflorestamento dentro das unidades de conservação e terras indígenas na Amazônia Legal. A relação da malária e o desflorestamento. A evolução do desflorestamento em dois tipos de cenários de colonização na Amazônia Legal. A relação da qualidade de vida e o desflorestamento.

49 Desflorestamento e Qualidade de Vida
Não há uma relação forte entre IDH e proporção de area desmatada Há uma leve queda do IDH com o aumento de área desmatada (r2=0.055, p<0,001) O IDH foi obtido no Atlas do Desenvolvimento Humano do Brasil <http://www.pnud.org.br/atlas/ranking/IDH-M%2091%2000%20Ranking%20decrescente%20(pelos%20dados%20de%202000).htm>, acesso em junho/2005. O desmate foi avaliado como consolidado até 2000, que é o ano para o qual foi gerado o índice. Fonte:

50 Tendência ?????????

51 Tendencia

52 Complexos e Heterogêneos Simples e homogêneos
COMO MANTER FUNÇÕES AMBIENTAIS E O DESENVOVIMENTO ECONÔMICO Quais são as atividades/tecnologias sustentáveis? Sistemas Suporte de Vida Biodiversidade e Serviços Ambientais Sistemas Urbano Industriais Agro-ecossistemas Complexos e Heterogêneos Simples e homogêneos Modificado de Salatiel (2001)

53 Qual é a estrutura de um território sustentável?
Áreas protegidas (Unidades de conservação e Terras Indígenas) em lugares estratégicos; Corredores ecológicos conectando as áreas protegidas via APPs e RLs; Áreas para atividades econômicas em lugares estratégicos e apropriados. Fonte: Conservação Internacional (2004)

54 Modelo de ocupação da Amazônia de forma permitir um desenvolvimento socioambiental:
Fonte: modificado de WWF-Brasil


Carregar ppt "Unidade de Pesquisa do Governo Federal"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google