A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Propriedade periódica dos elementos 1 Grupo: Cinthya Oestreich Silva - 18695 Felipe Camargo Natale - 18703 Prof. Élcio Rogério Barrak.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Propriedade periódica dos elementos 1 Grupo: Cinthya Oestreich Silva - 18695 Felipe Camargo Natale - 18703 Prof. Élcio Rogério Barrak."— Transcrição da apresentação:

1 Propriedade periódica dos elementos 1 Grupo: Cinthya Oestreich Silva Felipe Camargo Natale Prof. Élcio Rogério Barrak

2 1. Desenvolvimento da Tabela Periódica 2. Carga nuclear efetiva 3. Tamanhos de átomos e íons 4. Energia de ionização 5. Afinidades eletrônicas 6. Metais, não-metais e metalóides 7. Tendências nos grupos dos metais ativos 8. Tendências nos grupos de alguns não-metais 2 Tópicos abordados:

3 3 Desenvolvimento da Tabela Periódica

4 4  Dimitri Ivanovich Mendeleyev (1834 –1907) Julius Lothar Meyer ( )

5  Mendeleyev e Meyer publicaram esquemas de classificação praticamente idênticos. Ambos notaram que as similaridades das propriedades físicas e químicas tornam a se repetir periodicamente quando os elementos são distribuídos em ordem crescente de massa atômica. 5 Desenvolvimento da Tabela Periódica

6  Henry Moseley ( ) 6 Desenvolvimento da Tabela Periódica

7  Em 1913, dois anos após Rutherford propor o modelo atômico do átomo, um físico inglês chamado Henry Moseley desenvolveu o conceito de números atômicos. 7 Desenvolvimento da Tabela Periódica

8  Muitas das propriedades de um átomo são determinadas pela quantidade de carga positiva "sentida" pelos elétrons exteriores deste átomo. Com exceção do hidrogênio, esta carga positiva é sempre menor que a carga nuclear total, pois a carga negativa dos elétrons nas camadas interiores neutraliza, ou "blinda", parcialmente a carga positiva do núcleo.átomoelétronshidrogênio 8 Carga nuclear efetiva

9 9 Os elétrons interiores blindam os exteriores parcialmente do núcleo, assim, os exteriores "sentem" só uma fração da carga nuclear total.

10  O tamanho de um átomo pode ser estimado pelo raio covalente, com base em medidas das distâncias que separam os átomos em seus compostos químicos. 10 Tamanhos de átomos e íons

11 11

12  Os tamanhos dos íons são baseados nas distâncias um do outro em compostos iônicos. Como o tamanho de um átomo, o tamanho de um íon depende de sua carga nuclear, do número de elétrons que ele possui e dos orbitais nos quais os elétrons de nível mais externo localizam-se. 12 Tamanhos de átomos e íons

13 13

14 14 Energias de ionização  A primeira energia de ionização de um átomo é a energia mínima necessária para remover um elétron do átomo na fase gasosa, formando um cátion.  A segunda energia de ionização é a energia necessária para remover um segundo elétron do átomo, e assim por diante.  As energias de ionização mostram aumento acentuado depois que todos os elétrons de valência foram removidos, por causa da maior carga nuclear efetiva sofrida pelos elétrons mais internos.

15  I1 < I2 < I3 … 15 Energias de ionização

16 16

17  Afinidade eletrônica: facilidade com que um átomo ganha um elétron, expressa pela liberação de energia.  A energia será mais negativa quanto maior a atração entre átomo e elétron. 17 Afinidades eletrônicas

18  Caminhando para os halogênios, os elementos possuem um elétron a menos para preencher o subnível p.  Gases nobres e a afinidade. Positiva.  5A 18

19 19

20  Tem brilho. Íons positivos.  Maleáveis e dúcteis  Condutores de calor e eletricidade`.  Muitos óxidos metálicos são sólidos iônicos básicos  Tendem a formar cátions em soluções aquosas  Óxido metálico + água = hidróxido metálico 20 Metais

21  Não têm brilho  Sólidos quebradiços, duros ou macios  Pobres condutores de calor e eletricidade  Muitos óxidos não metálicos são substâncias moleculares que fornam as soluções ácidas  Tendem a formar ânions ou oxiânions em soluções aquosas 21 Não-Metais

22  Óxidos não metálicos + água = ácido 22 Chuva Ácida

23  Propriedades intermediárias entre os metais e os não-metais.  Exemplo sílicio  Circuitos integrados e chips de computador 23 Metalóides

24  Sólidos metálicos maleáveis  Baixa densidade e baixo ponto de fusão  Reativos  Reações e chamas  Chamas coloridas 24 Metais Alcalinos

25  Mais duros, mais densos, fundidos a temperaturas mais altas  Menos reativos  Ca e MgO 25 Metais Alcalino-Terrosos

26  Hidrogênio  Grande energia de ionização  Metálico a pressões extremamente altas  Compartilha elétrons  Metais + hidrogênio = hidretos metálicos 26 Têndencias dos não-metais

27  Grupo do Oxigênio  Ganhar elétrons  Não-metais  Alótropos do oxigênio  Oxidação  Enxofre – sólido amarelo (sulfetos) 27

28  Halogênios  Formados de sal – grego  Fusão e ebulição aumentam com o número atômico  Afinidades eletrônicas negativas  F e C – exotérmico (água)  Halogênios + metais = haletos iônicos 28

29  Gases Nobres  Gases à temperatura ambiente  Monoatômicos  Subníveis s e p preenchidos  Energia de ionização  Não reativos 29

30 Química: A Ciência Central – Brown, Lemay, Bursten – 9ª edição 30 Referências Bibliográficas


Carregar ppt "Propriedade periódica dos elementos 1 Grupo: Cinthya Oestreich Silva - 18695 Felipe Camargo Natale - 18703 Prof. Élcio Rogério Barrak."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google