A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O pega – pega da natureza Correr e capturar o companheiro é a grande regra da brincadeira do pega – pega. O companheiro, por sua vez, tenta não ser capturado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O pega – pega da natureza Correr e capturar o companheiro é a grande regra da brincadeira do pega – pega. O companheiro, por sua vez, tenta não ser capturado."— Transcrição da apresentação:

1 O pega – pega da natureza Correr e capturar o companheiro é a grande regra da brincadeira do pega – pega. O companheiro, por sua vez, tenta não ser capturado. Na natureza os, animais estão o tempo todo buscando alimento e se defendem dos predadores, como se vivessem num grande jogo de pega – pega. Só que esse pega – pega não é brincadeira. É uma questão de vida ou morte! Para sobreviver e passar por todas as etapas de seu ciclo vital, os seres vivos precisam comer, mas se arriscam a ser comidos. #Slide 2#Slide 2

2 O caminho do alimento na natureza Diferente dos animais, as plantas fabricam seu próprio alimento. Usam, para isso, elementos do ambiente. É esse alimento que lhes fornece energia e também permite seu crescimento. Por essa razão, as plantas são chamadas de produtoras. Os demais seres vivos recebem o nome de consumidores, pois se nutrem de alimentos que não produzem. Todos os animais são consumidores, mas sua dieta geralmente varia, sendo formada por alimentos diferentes. #Slide 3#Slide 3

3 De acordo com seus hábitos alimentares, classificamos os seres vivos como: Produtores Consumidores Herbívoros: consomem vegetais Carnívoros: consomem animais Onívoros: Consomem vegetais e animais #Slide 4

4 Os produtores servem de alimento para os herbívoros e onívoros, os quais servem de alimento para os carnívoros. O organismo que serve de alimento para outro lhe fornece substâncias e energia, as quais passam a fazer parte do corpo do predador. Os predadores possuem mecanismos especiais, como língua, unhas, garras e dentes, entre outros, para capturar as presas. Estas, por sua vez, também procuram se defender dos predadores. Representamos essa seqüência da seguinte forma: Produtor Herbívoro Carnívoro #Slide 5

5 Usamos setas para representar o caminho do alimento entre os seres vivos. Construímos, assim, uma seqüência, mostrando quem serve de alimento a quem, ou seja, uma cadeia alimentar. Ao longo dessa cadeia, a energia presente no corpo dos vegetais, devido aos alimentos que fabricam, passa de um animal a outro. Ao se alimentar de um vegetal o animal recebe substâncias. Parte dessas substâncias, transformada em energia, é gasta pelo animal para buscar mais alimento, fugir dos perseguidores e se reproduzir, entre outras atividades. Outra parte dessas substâncias é utilizada para constituir o próprio corpo, fazendo-o crescer e transformando-o em alimento para outro animal. É isso que acontece ao longo da cadeia alimentar. #Slide 6#Slide 6

6 Tarefas 1)- Monte cadeias alimentares correspondentes aos seguintes seres vivos: caramujo, pardal, zebra, leoa, coruja e truta. 2)- Essas cadeias ocorrem no mesmo tipo de ambiente? 3)- Organize as cadeias alimentares: vaca, capim e homem; cobra, cenoura, coelho e gavião; sapo, grilo, capim, gavião e cobra; lesma, alface, gato e passarinho. #Slide 7

7 Quando a cadeia sofre desequilíbrio Se algum fator alterar algum elo de uma cadeia alimentar, toda ela sofrerá alterações. Por exemplo, imagine que uma plantação de milho seja atacada por uma doença que mate muitos pés de milho. O que aconteceria com os ratos? Ficariam sem comida. Os que não morressem de fome, passariam a buscar outro tipo e alimento. As corujas que comem ratos, sentiriam fome #Slide 8 #Slide 8

8 e poderiam atacar outras presas. Com isso, toda a cadeia seria alterada. Poderiam surgir ainda outros problemas: se os ratos migrassem para outras regiões, outras cadeias sofreriam mudanças. Exemplos desse tipo acontecem muito na natureza e podem ser responsáveis por grandes desequilíbrios ambientais. A morte de um tipo de organismo altera a vida de outros, e as conseqüências são imprevisíveis. #Slide 9

9 Leia agora um trecho de uma reportagem jornalística e depois resolva o que se pede. Bandos de capivaras destroem plantações A capivara virou praga em muitas propriedades da Alta Noroeste. Áreas agricultáveis estão sendo abandonadas. Alguns bandos, com centenas de animais, têm destruído lavouras de milho e pastagens de capim-colonião. As capivaras atacam as plantações em horas incertas, porém sempre depois do entardecer. Proibidas de serem abatidas pela lei de proteção aos animais silvestres, elas tornaram-se mais audaciosas e menos temerosas da presença humana. Seu predado #Slide 10

10 natural mais voraz, a onça-pintada, desapareceu há muito tempo, quando foram derrubadas as matas paulistas. Agora a capivara reina soberana nas áreas alagadas, rios e lagoas. Na fazenda Jacarezinho, em Valparaíso, elas passeiam na frente dos tratores e chegam aos quintais da colônia de trabalhadores para destruir hortaliças. Tarefa 1)- Construa a cadeia alimentar no qual a capivara participe em seu ambiente natural e, depois, a cadeia em que ela causa problemas às plantações. #Slide 11

11 2)- Que problemas as capivaras passaram a ocasionar? Por quê? 3)- Segundo o texto, as capivaras são proibidas de serem abatidas pela lei de proteção aos animais silvestres. Você concorda com essa lei? Justifique sua opinião. #Slide 12

12 Todos os seres vivos se relacionam com os elementos do ambiente: o ar, a água e o solo. Todos dependem das condições do ambiente, ou seja, do clima, da luz, da temperatura, dos ventos, do solo, etc. Qualquer alteração que sofram pode provocar uma mudança em todo o conjunto. As plantas e os animais precisam de oxigênio do ar para respirar. A água é também essencial para a vida como hábitat – caso dos peixes – ou como alimento. O solo é importante porque faz parte de um ambiente em que vivem muitos seres vivos. Além disso, ele fornece às plantas algumas substâncias necessárias para que elas produzam alimento. #Slide 13

13 Todos os elementos do ambiente que têm relação com os seres vivos são denominados fatores abióticos. Eles podem fornecer diferentes condições de vida se variarem de um ambiente para outro. Assim, podemos ter um solo mais ou menos úmido, com mais ou menos nutrientes, que recebe intensidades diferentes de luz; um lago que tenha mais ou menos quantidade de ar dissolvida na água, profundidade maior ou menor etc. Já os fatores bióticos são os diretamente relacionados aos seres vivos,e também influenciam no ambiente. Dessa forma uma planta que morre, outra que nasce, um fruto apodrecendo no solo, um pedaço de tronco de árvore em decomposição são fatores bióticos #Slide 14#Slide 14

14 que influenciam no ambiente, pois alteram a umidade, a qualidade de nutrientes etc., ou seja, o ambiente físico e químico. Todos os organismos mantêm alguma relação uns com os outros. Se acontecer alguma coisa às plantas, por exemplo, em um ambiente natural, todos os outros organismos serão afetados, pois as cadeias alimentares sofrerão alterações. Sabendo quem serve de alimento a quem e quais os fatores influenciam a vida dos seres vivos, poderemos compreender o equilíbrio ecológico e aprender a conviver melhor com a natureza. #Slide 15 #Slide 15 #Slide 16

15 Que nome se dá ao processo representado na figura ao lado? Descreva-o: #Slide 16

16 Agora leia os próximos slides, e veja se era isso que tinha imaginado? #Slide 17

17 A fotossíntese é um processo onde ocorre absorção de luz. É através dela que os vegetais produzem alimentos, o combustível indispensável para a vida da planta, do homem e de outros animais. As folhas possuem células denominadas fotossintetizadoras, que contém clorofila e são muito sensíveis à luz. Quando a luz incide em uma molécula de clorofila, esta absorve parte da energia luminosa que permite a reação do gás carbônico com água, produzindo carboidratos e liberando oxigênio. #Slide 18

18 A água é retirada do solo pela raiz e sobe como seiva pelos vasos. O gás carbônico é retirado da atmosfera e absorvido pelas folhas. A energia luminosa vem da luz solar. A clorofila tem ação catalizadora na reação. Isto é, não se desgasta nem é consumida, apenas ativa a reação. A absorção da energia luminosa e sua transformação em energia química permite o crescimento das plantas, seu florescimento e a produção de frutos. A clorofila é o pigmento mais importante no processo fotossintético das plantas, na captação da radiação luminosa e na transformação dessa forma de energia em energia química. Nas plantas, as moléculas de clorofila se agrupam de maneira ordenada, formando estruturas que compõe unidades fotossintéticas denominadas cloroplastos. A fotossíntese é importantíssima para o homem. É na fotossíntese realizada pelas plantas que ocorre o primeiro e principal processo de transformação de energia no ambiente terrestre. Ao ingerirmos o alimento proveniente das plantas, parte das substâncias entram na constituição celular e outra parte fornece a energia necessária às nossas atividades como o crescimento, a reprodução, etc. O petróleo e o carvão, utilizados pelo homem como fonte de energia, nunca teriam existido sem a fotossíntese de plantas que viveram em outras eras. #Slide 19

19 O pulmão do mundo Até pouco tempo, acreditava-se que a região amazônica era a grande responsável pela manutenção dos níveis de oxigênio da terra, sendo popularmente chamada de pulmão da terra. Porém, recentes pesquisas descobriram a existência de um novo pulmão: as algas marinhas. Apesar de se apresentar nas cores verdes, azuis, marrons, amarelas e vermelhas, todas as algas possuem clorofila e fazem fotossíntese. Como são muito numerosas, que se atribui a sua fotossíntese a maior parte de oxigênio existente no planeta. #Slide 20

20 Aqui temos um exemplo de teia alimentar. O que significa cada uma das setas? Onde é o inicio da teia alimentar? #Slide 21

21 Elabore uma cadeia alimentar com, no mínimo, 5 componentes.Tem que haver início, meio e fim. #Slide 22

22 visite o site; #Slide 23

23 As respostas das atividades deverão ser postadas até o dia 28 de março. ATENÇÂO !


Carregar ppt "O pega – pega da natureza Correr e capturar o companheiro é a grande regra da brincadeira do pega – pega. O companheiro, por sua vez, tenta não ser capturado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google