A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Indicadores antropométricos Enfermagem e Puericultura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Indicadores antropométricos Enfermagem e Puericultura."— Transcrição da apresentação:

1 Indicadores antropométricos Enfermagem e Puericultura

2 Definições básicas As falhas nas demais classificações fez com que difundissem novos padrões de normalidade e de outros critérios diagnósticos do estado nutricional, a partir da utilização das medidas de percentis e desvios-padrão das medidas de P/I, P/A e A/I das populações referência. Os parâmetros de normalidade utilizados tradicionalmente na área de saúde, utilizam a média como norma ou como valor normal.

3 A partir da normalidade são definidos os limites da normalidade ou pontos de corte da variável ou processo que se pretende avaliar. Tal diagnóstico ou avaliação é operacionalizado, como vimos, a partir da adequação percentual entre o valor observado e o valor padrão (média ou mediana).

4 Esse procedimento garante apenas fazer referência ao valor médio ou mediano de uma série de variações de dados de peso e altura de uma população homogênea de crianças consideradas normais, mas não nos possibilita a comparação ou a referência a todos os valores ou variações individiuais dos dados de peso e altura que podem aparecer dentro de uma população normal ou dentro de uma curva de distribuição normal.

5 Exemplo nº 1 Supondo que a distribuição do peso, ao nascer de 08 crianças, ordenadas do menor para o maior peso, seja a seguinte: nº 1 = 2,5 kg peso mínimo Nº 2 = 2,5 kg Nº 3 = 2,8 kg Nº 4 = 2,9 kg peso médio norma Nº 5 = 3,1 kg Nº 6 = 3,2 kg Nº 7 = 3,3 kg Nº 8 = 3,4 kg peso máximo

6 O peso médio será a somatória das variações (ou valores) do peso das 8 crianças dividida pelo total de crianças observadas (n). Neste sentido, o peso médio será: Peso Médio (X) = ____ = ____ = 2,9 Σn N 23,7 8

7 Operacionalização o critério Adequação percentual em relação a média ou peso médio, de acordo com a classificação de Gomez. Nº 1 e 2 - % P/I = ______ = 86,2 % desnutrição leve (DI) Nº 3 - % P/I = _____ = ??? Nº 4 - % P/I = ______ = ???? 2,5*100 2,9 2,8*100 2,9 2,9*100 2,9

8 Nº 5 - % P/I = _____ = ??????/ Nº 6 - % P/I = _____ = ??????/ Nº 7 - % P/I = _____ = ??????/ Nº 8 - % P/I = _____ = ??????/ 3,1*100 2,9 3,2*100 2,9 3,3*100 2,9 3,4*100 2,9

9 Método da distribuição percentil No Brasil, as primeiras referências à utilização das medidas de percentis e desvio-padrão começaram a ser difundidas a partir de 1982 (Marcondes, 1984; MPAS, 1983; Monteiro, 1984a). Percentis são medidas estatísticas que dividem uma série de observações (dados ou valores ordenados do menor par o maior), em 100 partes iguais. Quartis dividem a série em 4 partes iguais de decis dividem a série em 10 partes iguais (Guedes, 1988).

10 O padrão de normalidade NCHS (WHO, 1979), que já conhecemos, apresenta os valores percentis para os três indicadores que estamos estudando dentro da seguinte distribuição: 3, 5, 10, 20, 30, 40, 50, 60, 70, 80, 90, 95 e 97. Os dados de peso das 8 crianças, apresentadas no exemplo 1, são os valores normais para meninos com 0 mês de idade do padrão NCHS.

11 Classificação a partir dos percentis Marcondes (1984) propõe para o indicador peso/idade (classificação segundo gravidade da desnutrição) e a seguinte classificação: P/I entre percentil 25 e 2,5 = Desnutrição leve P/I abaixo do percentil 2,5 = Desnutrição grave

12 O Ministério da Saúde propõe para P/I o ponto de corte inferior para desnutrição o percentil 10; para normalidade entre 10 a 90 e para obesidade acima de 90. Outra forma de classificar a gravidade da desnutrição proposta seria (Coitinho, 1988). P/I menor que percentil 3 = caso severo P/I entre percentil 3 e 10 = caso moderado P/I maior que percentil 10 a 90 = normal

13 E para os indicadores P/A e A/I de forma combinada é recomendada a classificação de Waterlow (1977). DESNUTRIÇÃO CRÔNICA DESNUTRIÇÃO PREGRESSA A/I <3 DESNUTRIÇÃO AGUDA OU ATUAL NORMAL A/I 3 P/A <3P/A 3

14 Exemplo 2 Criança do sexo masculino nascida em 15/05/2004 em 15/02/2005 pesava 6,2 kg e media 71,0 cm. Qual o seu estado nutricional? 1º passo – calcular a idade em meses (ou em anos e meses). 2º passo – localizar na tabela NCHS o percentil em que se encontra a criança, de acordo com sexo e idade, para três indicadores: P/I, P/A e A/I.

15 Na distribuição de P/I NCHS, uma criança do sexo masculino com 9 meses de idade que pesa 6,2 kg, se encontra abaixo do percentil 3. Trata-se, portanto, de um caso de desnutrição grave ou severa. Pela classificação de Gomez, como vimos, a criança apresenta 67,39% de adequação percentual e é classificada como desnutrição moderada; Na distribuição de A/I NCHS, uma criança do sexo masculino com 9 meses de idade que mede 71,0 cm encontra-se entre o percentil 30 e 40, portanto A/I é maior que 3;

16 De acordo com a classificação de Waterlow (1977), trata-se de um caso de desnutrição aguda. Vantagem do método: maior especificidade, fácil compreensão e operacionalização, possibilita a comparação de curvas de distribuição, entre outras). Desvantagem do método: quando os valores das curvas de crescimento da população estão muito abaixo dos valores da população de referência, haveria uma grande concentração de valores abaixo do percentil 3, impedindo a caracterização percentil das crianças.

17 Método desvio-padrão É uma medida de variabilidade ou de dispersão de um grupo de dados (Guedes, 1988). O desvio-padrão indica aproximadamente quanto, em média, um determinado dado ou valor encontra-se distante da média do grupo de dados a que pertence (Victora, 1989). A utilização do desvio-padrão indicará aproximadamente quanto, em média, um determinada medida de peso/idade, peso/altura ou altura/idade, encontra-se distante da mediana padrão. Isto porque, tanto o NCHS, como Waterlow utilizam e recomendam a mediana como medida mais apropriada para cálculo do desvio-padrão (WHO, 1979). Entretanto, em estatística, utiliza-se para o cálculo do desvio-padrão a média (Guedes, 1988).

18


Carregar ppt "Indicadores antropométricos Enfermagem e Puericultura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google