A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

 Também conhecido como globo ocular, é responsável por um dos sentidos mais importantes para o ser humano: a visão;  São bolsas membranosas cheias de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: " Também conhecido como globo ocular, é responsável por um dos sentidos mais importantes para o ser humano: a visão;  São bolsas membranosas cheias de."— Transcrição da apresentação:

1

2  Também conhecido como globo ocular, é responsável por um dos sentidos mais importantes para o ser humano: a visão;  São bolsas membranosas cheias de líquido;  Situa-se dentro de uma cavidade óssea: órbita ocular;

3  Para a sua proteção, existem estruturas de extrema importância, sendo elas: › Pálpebras: protege o globo ocular do excesso de luminosidade e entrada de corpos estranhos (sujeira). Além disso, sempre que piscamos a pálpebra espalha uma substância lubrificante sobre os olhos; › Glândulas Lacrimais: produzem a lágrima que lubrifica, limpa e umedece os olhos evitando seu ressecamento;

4

5

6 esclerótica:  Esclera ou esclerótica: é uma cobertura protetora que confere rigidez, resistência e elasticidade. É dele que provém o branco característico do globo ocular. córnea  A córnea é uma membrana transparente. Tem como funções permitir a entrada de raios de luz no olho e a formação de uma imagem nítida na retina. humor aquoso  O humor aquoso é um líquido transparente, que preenche o espaço entre a córnea e a íris.  Cristalino: Lente Biconvexa (convergente e divergente), sua função é garantir a nitidez da imagem.

7 íris  A íris é a parte colorida do olho, situada logo após a córnea e pode ser de diferentes cores: azul, verde, castanho (determinação genética). Com um orifício central chamado de PUPILA. pupila  A pupila é a orifício central da íris e sua função é regular a quantidade de luz que penetra no interior do olho, modificando o seu tamanho como um diafragma: › Lugares Claros: pupila contrai (Diminuindo a entrada de luminosidade); › Lugares Escuros: pupila dilata (Permitindo uma maior entrada de luz, assim aproveitando o máximo de luminosidade ambiente);

8 retina  A retina é uma camada nervosa, localizada na porção interna do olho. Onde se encontram células fotorreceptoras (células que recebem a luz): › Cones: › Cones: responsáveis pela visão central e pelas cores; › Bastonetes: › Bastonetes: responsáveis pela visão periférica e noturna. Sua função é transformar os estímulos luminosos em estímulos nervosos que são enviados para o cérebro pelo nervo óptico. No cérebro essa mensagem é traduzida em visão.

9

10

11  Tipo de Estímulo : Luminoso (para enxergar necessitamos de LUZ)  Recepção: na visão as células receptoras de luminosidade são os cones e bastonetes (localizados na Retina).  Conversão: as células receptoras, os cones e bastonetes, convertem a luz em um impulso nervoso (impulso elétrico).  Condução: quem conduz o impulso nervoso é o nervo óptico (O impulso será conduzido até o cérebro).  Interpretação: no cérebro o impulso nervoso será interpretado em imagem (tudo o que enxergamos)! Resumindo:

12  A sensibilidade auditiva proporciona não só o reconhecimento objetivo dos sons ambientais (chuva, sons de instrumentos musicais, etc.), mas participa efetivamente no processo de comunicação entre os indivíduos e, deste modo, constitui um importante elemento da linguagem.

13  A perda da sensibilidade auditiva ou a surdez dificulta este aspecto da relação humana, pois o nosso principal meio de comunicação é através da linguagem falada.  O próprio mecanismo de aprendizado da linguagem falada depende da audição.

14  A orelha possui três partes principais: orelha externa, orelha média, e a orelha interna.

15  Orelha Externa › Pavilhão auricular (orelha) - coleta e encaminha o som para dentro do canal auditivo. › Canal auditivo (canal auditivo externo) - direciona o som para o ouvido. OBS: O Tímpano (membrana timpânica) – transforma sons em vibrações – divide orelha externa e orelha média.

16  Orelha Média › Tuba auditiva ou trompa de Eustáquio - se comunica com a faringe (trocas gasosas), igualando a pressão entre meio externo e orelha média, evitando o rompimento do tímpano › Martelo, bigorna e estribo - esta cadeia de três pequenos ossos (ossículos) transferem as vibrações para a orelha interna.

17  Orelha Interna ou Labirinto › Cóclea - contém líquido e "células ciliadas" extremamente sensíveis. Esses cílios das células são semelhantes a pelos e movem-se quando estimulados por vibrações sonoras. › Sistema ou aparelho vestibular - canais semicirculares, sáculo e utrículo e informam o SNC sobre a posição e movimentos da cabeça › Nervo auditivo – envia sinais da cóclea ao cérebro

18 1. A entrada de sons no canal auditivo faz com que a membrana timpânica se mova. 2. A membrana timpânica vibra com o som. 3. As vibrações sonoras se movem através dos ossículos para a cóclea. 4. Vibrações sonoras fazem o líquido na cóclea se mover. 5. O movimento do fluído causa contração das células ciliadas. As células ciliadas criam sinais neurais que são captados pelo nervo auditivo. As células ciliadas de uma extremidade da cóclea enviam informações de som de baixa frequência e, células ciliadas do outro extremo enviam informações de som de alta frequência. 6. O nervo auditivo envia sinais ao cérebro que interpretará como sons.

19

20  Tipo de Estímulo : Mecânico (Vibrações produzidas no tímpano)  Recepção: Células ciliadas (localizados na Cóclea).  Conversão: as células receptoras, ciliadas, convertem a vibração em um impulso nervoso (impulso elétrico).  Condução: quem conduz o impulso nervoso é o nervo auditivo (O impulso será conduzido até o cérebro).  Interpretação: no cérebro o impulso nervoso será interpretado em som (tudo o que ouvimos)! Resumindo:


Carregar ppt " Também conhecido como globo ocular, é responsável por um dos sentidos mais importantes para o ser humano: a visão;  São bolsas membranosas cheias de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google